• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2009.tde-03062009-092152
Documento
Autor
Nome completo
Mariangela Tuzzolo Missaglia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Hallak, Jorge (Presidente)
Rodrigues, Joaquim Carlos
Silva Filho, Luiz Vicente Ribeiro Ferreira da
Título em português
Pesquisa de mutações no gene CFTR (Cystic Fribrosis Transmembrane Conductance Regulator) em homens brasileiros inférteis portadores de ausência congênita dos ductos deferentes (CAVD)
Palavras-chave em português
Azoospermia
Ducto deferente/anormalidades
Fibrose cística
Infertilidade masculina
Regulador de condutância transmembrana em fibrose cística (CFTR)
Resumo em português
A Fibrose Cística (FC) é a doença autossômica recessiva mais freqüente em caucasianos e está associada, em seu amplo espectro de apresentação clínica, a mais de 1500 mutações no gene CFTR (Cystic Fibrosis Transmembrane conductance regulator). O papel de CFTR é especialmente relevante no desenvolvimento da porção reprodutiva dos ductos mesonéfricos. Em 98% dos pacientes masculinos portadores da FC, mutações em CFTR são responsáveis pela ausência bilateral congênita dos ductos deferentes (CBAVD), associada à anomalias variáveis das vesículas seminais, ductos ejaculatórios e da porção distal dos epidídimos. A ausência uni ou bilateral congênita dos ductos deferentes (CAVD), na ausência de outros sinais clínicos de FC, é conhecida causa de infertilidade masculina, presente em 1%-2% de todos os homens inférteis, e em cerca de 10% dos azoospérmicos. A reprodução assistida utilizando a injeção intracitoplasmática de espermatozóides (ICSI) obtidos preferencialmente por aspiração microcirurgica de espermatozóides do epidídimo (MESA) permite a paternidade biológica a esses pacientes. Em função da alta morbi-mortalidade da FC e da alta freqüência de portadores assintomáticos, estimada em 1:25, é recomendável que seja realizado teste para identificação de mutações em CFTR em todos os pacientes com CAVD antes de serem submetidos à ICSI. Em populações de etnia homogênea, a mutação F508 é identificada em 90% dos pacientes com FC e em 70% a 85% dos pacientes com CAVD. No Brasil, onde diferenças étnicas refletem a heterogeneidade genética, a freqüência da mutação F508 varia entre 23% e 50% em paciente com FC indicando que outras mutações devam estar envolvidas. Este dado levou ao estudo completo do gene CFTR de 20 homens inférteis com CAVD visando a identificação das mutações mais prevalentes em nossa população. Foram identificadas mutações em 17 pacientes (85%): três DF508 representando 15% (3/20), uma G542X, uma 875+1G>A e 4 mutações ainda não descritas na literatura, a S753R, G149W identificada em dois irmãos, V580F e a 712-1G>T. A variação no trato polipirimidínico em IVS8 (alelo 5T), seja como segunda mutação ou presente em homozigose, está diretamente relacionada com a CAVD, com freqüências em população caucasiana masculina infértil variando entre 21% e 30%. No presente estudo, 15 (15/20=75%) pacientes apresentaram o alelo a variante alélica 5T sendo que em 8 pacientes essa variante alélica foi identificada em heterozigose composta com outra mutação. Anomalias renais foram identificadas em 6 pacientes, todos com CBAVD. O presente estudo pode correlacionar o fenótipo da CAVD a alterações no genótipo de CFTR em 100% dos pacientes investigados
Título em inglês
Screening of mutations in the CFTR (Cystic Fibrosis Transmembrane Conductance Regulator) gene of Brazilian infertile men with congenital absence of vas deferens (CAVD)
Palavras-chave em inglês
Azoospermia
Cystic fibrosis
Cystica fibrosis transmembrane conductance regulator (CFTR)
Infertility male
Vas deferens/abnormalities
Resumo em inglês
Cystic Fibrosis (CF) is the most common autosomal recessive disorder in caucasians and is associated, in an wide variety of different clinical manifestatons. More than 1500 mutations in the CFTR gene (Cystic Fibrosis regulator Transmembrane conductance) have been described and an even growing number of mutations are being currently studied worldwide. The role of CFTR gene is especially important in reproductive tissues of the mesonephric tract sensitive to the expression of the CFTR gene. The great majority of infertile males with CF (98%) have clinical manifestations and mutations in CFTR are responsible for the congenital bilateral absence of the vas deferens (CBAVD), associated to the abnormalities of the seminal vesicles, ejaculatory ducts and/or the distal portion of the epididymis. The congenital absence, uni or bilateral, of the vas deferens (CAVD), in the absence of other clinical signals of CF is a known cause of male infertility present in 1%-2% of all men investigated and in about 10% of men with obstructive azoospermia. Serious considerations should be drawn about the lack of proper diagnosis of infetile males with CFTR that seek reproductive clinics for assisted reproductive techniques (ARTs), as well as the lack of proper consideratins of the existance of this disease as a potential cause of male infetility among male are takers, like urologistas, andrologistas and gynecologists that rush for the misuse of ARTs. The introduction of Intracytoplasmic Sperm Injection (ICSI), has given new reproductive potetntial for these couples, but again as in the majority of cases it is obstructive azoospermia, couples should be advised about proper microsurgical sperm retrieval, preferentialy microsurgical epydidymal sperm aspiration (MESA). As a consequence of the potential high mortality rate of the CF descendents and the high frequency of carriers, estimated in 1:25,it is highly recommended that tests for correct identification of mutations in CFTR gene are carried out for all patients with CAVD before considered being submitted to ICSI. In populations of homogeneous ethnic origin, the mutation F508 is identified in 90% of the patients with CF and between 70% and 85% of the patients with CAVD. In Brazil, where ethnic differences reflect the genetic heterogeneity, the frequency of the mutation in F508 varies between 23% and 50%, indicating that other mutations must have a role. Our data looked carefully in the CFTR gene of 20 infertile men with CAVD aiming at the identification of the most prevalent mutations in our population. Mutations had been identified in 17 patients (85%): three DF508 representing 15% (3/20), one G542X, one 875+1G>A and 4 mutations not yet described in literature, S753R, G149W identified in two brothers, V580F and 712-1G>T. In the literature the allelic variant in IVS8 (allele 5T), either as a second mutation or in homozygosis, is directly related with the CAVD, with reported frequencies in the infertile caucasian male population varying between 21% and 30%. In the present study, 15 (15/20=75%) patients presented the CFTR mutation in the IVS8/5T: eight of them in heterozygosis composed with another mutation. Regarding genitourinary tract malformations, kidney anomalies were identified in 6 patients, all with CBAVD. In the present study we could correlationate the phenotype of the CAVD with the genotype alterations of CFTR gene in 100% of the investigated patients
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-06-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.