• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2009.tde-10092009-095305
Documento
Autor
Nome completo
Patricia Nery de Souza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Schettino, Guilherme de Paula Pinto (Presidente)
Azevedo, Luciano César Pontes de
Carvalho, Carlos Roberto Ribeiro de
Deheinzelin, Daniel
Martins, Paulo Sérgio
Título em português
Impacto de um protocolo de desmame com o uso sistemático da ventilação não invasiva na duração da ventilação mecânica
Palavras-chave em português
Desmame/estatística & dados numérico
Protocolo/mortalidade
Ventilação mecânica
Resumo em português
I NTRODUÇÃO: O tempo de ventilação mecânica e a necessidade de reintubação foram associados na literatura com um aumento da mortalidade nesse pacientes. Protocolo de desmame foi sugerido para diminuir os dias de ventilação mecânica invasiva e os riscos inerentes a esta. No mesmo período o uso da ventilação não invasiva (VNI) foi proposto em estudos como parte do processo de desmame. Resultados positivos foram observados com esta intervenção em pacientes selecionados. Entretanto, o mesmo não foi observado quando esta era utilizada como tratamento de falência respiratória pós extubação. OBJETIVO: Avaliar a eficácia do protocolo de desmame elaborado o qual incluiu o uso da VNI imediatamente após a extubação em pacientes selecionados. MÉTODOS: Foi realizado um estudo prospectivo com controle histórico em pacientes adultos. Dados consecutivos de pacientes ventilados por um período ³ 48 horas que respeitassem os critérios de inclusão e exclusão do estudo foram coletados. O local do estudo foi uma UTI Médico/Cirúrgica com 22 leitos em um hospital terciário. RESULTADOS: Comparando os pacientes pré- protocolo (74) com os pós- protocolos (74) foi observado que os pacientes eram similares em suas características basais. No grupo protocolo foi evidenciada nos pacientes uma redução nos dias de suporte ventilatório invasivo (7[4; 11,3] vs. 6[4; 9], p=0.04) e uma probabilidade de se manter intubado nos dias de internação na UTI menor nesses pacientes (p=0.02). A taxa de reintubação, em 72 horas após a extubação, se manteve similar entre os grupos. A taxa de mortalidade foi menor (24,3% vs. 10,8, p=0,03) e a sobrevida foi maior no tempo de internação na UTI em dias (p=0,05). O modelo de regressão de Cox, ajustado para a gravidade na admissão da UTI, demonstrou uma relação do protocolo com a sobrevida (RR: 2,77; 95% intervalo de confiança, 1,14- 6,65; p=0,03) e a taxa de reintubação com a mortalidade dos pacientes (RR: 0,27; 95% intervalo de confiança, 0, 11- 0,65; p=0,01). CONCLUSÃO: O protocolo elaborado, o qual incluía o uso da VNI imediatamente após a extubação em pacientes selecionados, reduziu o tempo de suporte ventilatório sem aumentar a taxa de reintubação. O protocolo foi relacionado com a sobrevivência dos pacientes na UTI, sendo que o efeito oposto foi observado com a reintubação.
Título em inglês
Influence of a weaning protocol with the systematic use of the noninvasive ventilation in the length of the mechanical ventilation
Palavras-chave em inglês
Mechanical vetilation
Protocol/mortality
Weaning/statistics &numerical data
Resumo em inglês
CONTEXT: The length of mechanical ventilation and the need for reintubation were associated on the literature with a mortality increased in these patients. Weaning protocol was a recommendation to reduce the length of invasive ventilation and the risk associated with those. At the same time noninvasive ventilation (NPPV) proposed by studies as part of the weaning technique. Positive results were observes with these interventions in selected patients. However, it was not observes when NPPV was used to treat respiratory failure after extubation. AIM: Evaluate the efficacy of the weaning protocol that was developing with the use of NPPV immediately after extubation in selected patients. DESIGN, SETTINGS AND SUBJECTS: A before- after study was realized with adults patients. Data of consecutive patients mechanically ventilated for ³ 48 hours that respected the inclusion and exclusion criteria was collect. The local of the study was a medical/surgical ICU with 22 beds in a tertiary hospital. RESULTS: Comparing the pre protocol patients (74) with the post protocol patients (74) was observe in both phases the patients had similar baseline characteristics. On the protocol group was observe a reduction on the intubated days of the patients (7[4; 11, 3] vs. 6[4; 9], p=0.04) and a lower probability on these phase to maintained intubated on the length on ICU in days (p=0.02). The reintubation rate was similar on 72 hours after extubation on the groups. The mortality rate was lower (24,3% vs. 10,8, p=0,03) and the survivor was higher on the length on ICU in days (p=0,05). In a Cox model, adjusting on severity at ICU admission, the protocol was relation with the survivor on ICU (RR: 2,77; 95% confidence interval, 1,14- 6,65; p=0,03) and the reintubation rate with the no survivor patients(RR: 0,27; 95% confidence interval, 0, 11- 0,65; p=0,01). CONCLUSION: A weaning protocol, which includes NPPV immediately after extubation for selected patients, reduces the length of invasive ventilation support time without increasing the risk of weaning failure. The protocol was relation with the survivor on ICU and reintubation rate with no survivor.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
patriciansouza.pdf (856.76 Kbytes)
Data de Publicação
2009-09-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.