• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2007.tde-16022009-154026
Documento
Autor
Nome completo
Carolina Kimie Moriyama
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Tinucci, Tais (Presidente)
Barros, Rui Toledo
Bicalho, Helena Maria Sampaio
Título em português
Impacto isolado e associado da terapia hormonal e exercício físico na qualidade de vida em mulheres no climatério pós-menopausa
Palavras-chave em português
Estrogênios/uso terapêutico
Exercício
Histerectomia
Menopausa
Qualidade de vida
Resumo em português
Objetivo: O propósito desse estudo foi avaliar os impactos isolados e associados da terapia hormonal (estradiol valerate 1 mg orally/day) e do exercício físico (exercício aeróbico moderado, 3h/semana) na qualidade de vida (QV), qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS), e sintomas climatéricos entre mulheres histerectomizadas na pós-menopausa. Métodos:Foi um estudo longitudinal, duplocego, placebo-controlado realizado com 44 mulheres histerectomizadas na pósmenopausa. Os 4 grupos estudados de acordo com a terapia e os exercícios foram: exercício físico e terapia hormonal (TFTH, n=9); sedentárias e terapia hormonal (SEDTH, n=14); exercício físico e placebo (TFPLA; n=11) e sedentárias e placebo (SEDPLA, n= 10). A QVRS foi avaliada pela versão brasileira do SF-36, a QV pelo WHOQOL-BREF e os sintomas pelo IMK, no início e no sexto mês de estudo. Resultados: Houve um decréscimo nos sintomas em todos os grupos, mas apenas os grupos que realizaram EF obtiveram aumentos na QV e na QVRS. A ANOVA demonstrou diferenças significativas nos componentes, capacidade funcional (P=0.001) e dor (P=0.012) do SF-36, e nos domínios, físico (P=0,013), psicológico (P<0,001) e relações sociais (P=0,028) após seis meses de estudo entre os grupos que realizaram exercícios em comparação aos sedentários independente da TH. Não foram demonstrados efeitos da TH, nem da associação entre exercícios e TH sobre os escores da QV e da QVRS. Conclusão: Exercícios físicos podem reduzir os sintomas da menopausa, melhorar a QV e a QVRS, independente da TH
Título em inglês
Isolated and associated effects of hormone therapy and physical exercise on quality of life in climacteric postmenopausal women
Palavras-chave em inglês
Estrogen therapy
Hysterectomy
Menopause
Physical exercises
Quality of life
Resumo em inglês
Objective: The purpose of this study was to evaluate the isolated and associated effects of estrogen therapy (estradiol valerate 1 mg orally/day) and physical exercises (moderate aerobic exercise, 3h/weekly) on quality of life (QOL), health related quality of life (HRQOL) and menopausal symptoms among women who had undergone hysterectomy. Design: It was a six-months, randomized, double-blind, placebocontrolled clinical trial with 44 postmenopausal women who had undergone hysterectomy. The interventions were: physical exercise and hormone therapy (PEHT, n=9); sedentary and hormone therapy (SEDHT, n=14); physical exercise and placebo (PEPLA; n=11), sedentary and placebo (SEDPLA, n= 10). HRQOL was assessed by a Brazilian standard version of SF-36, QOL by WHOQOL-BREF and symptoms by Kupperman Scale, at baseline and after 6 months. Results: There was a decrease of symptoms in all groups, but only groups which performed physical exercises showed increases in QOL and in HRQOL. ANOVA showed that changes in physical functioning (P=0.001), bodily pain (P=0.012), physical domain (P=0,013), psychological domain (P<0,001), and social relationship (P=0,028) scores over the six months period differed significantly between exercisers and sedentaries, regardless of hormone therapy. There were no effects of hormone therapy, and no significant association between physical exercise and hormone therapy in HRQOL. Conclusions: Physical exercises can reduce menopausal symptoms and enhance QOL and HRQOL, independently of taking or not hormone therapy
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Carolinakmoriyama.pdf (1.09 Mbytes)
Data de Publicação
2009-03-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.