• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2009.tde-15042009-160825
Documento
Autor
Nome completo
Rita de Cássia do Amaral
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
David Neto, Elias (Presidente)
Nahas, William Carlos
Sens, Yvoty Alves dos Santos
Título em português
Qualidade de vida do paciente transplantado renal submetido à ampliação vesical
Palavras-chave em português
Bexiga urinária/cirurgia
Qualidade de vida
Questionários
Transplante renal/psicologia
Resumo em português
INTRODUÇÃO: A avaliação da Qualidade de Vida tem se destacado de modo crescente em pesquisas clínicas de pacientes com transplante renal. O WHOQOLAbreviado é um dos instrumentos usados para avaliar a Qualidade de Vida em várias populações. O objetivo deste estudo foi avaliar e comparar a Qualidade de Vida nos pacientes transplantados renais submetidos à ampliação vesical e transplantados renais utilizando o WHOQOL-Abreviado e verificar a co-interferência de outros fatores sua Qualidade de Vida desses grupos. MÉTODOS: este é um estudo caso-controle e foi realizado na Unidade de Transplante Renal da Divisão de Clínica Urológica do Instituto Central da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, de julho a novembro de 2007. Foram incluídos no estudo todos os pacientes transplantados renais submetidos à Ampliação Vesical entre 1972 e 2004 com enxerto funcionante (Grupo Caso) e seus respectivos pares (Grupo Controle). Participaram 15 pacientes no Grupo Caso e 27 no Grupo Controle. Através do prontuário médico e de uma ficha de caracterização foram coletados os dados demográficos, sociais e econômicos. A Qualidade de Vida foi avaliada apenas uma vez durante a entrevista com a pesquisadora. RESULTADOS: Os grupos foram muito semelhantes entre si na maioria das variáveis analisadas. No Grupo Caso observou-se menor renda pessoal (p=0,013) e menor IMC (p=0,022). A avaliação da Qualidade de Vida foi semelhante em quase todos os domínios do WHOQOLAbreviado, a única diferença ocorreu no Domínio Relações Sociais, onde o Grupo Caso teve um escore menor que o Grupo Controle (p=0,058). Houve uma integração significativa entre o Domínio Relações Sociais e a faceta suporte (apoio) social (r=0,703; p=0,004). CONCLUSÃO: A Qualidade de Vida foi muito semelhante entre os dois grupos de transplantados renais. O Grupo Caso apresentou menor resultado no Domínio Relações Sociais, sendo que esse resultado parece estar diretamente ligado à particularidade da patologia urológica do grupo
Título em inglês
Quality of life of the renal transplant patients with bladder augmentation
Palavras-chave em inglês
Kidney transplant/psychology
Quality of life
Questionnaires
Urinary bladder/ surgery
Resumo em inglês
The evaluation of health-related Quality of Life is fundamental when searching for better treatment in renal transplantation. The WHOQOL-Bref is used questionnaire to assessment for many population. The purpose of this study was evaluated and compared the Quality of Life of renal transplant patients with bladder augmentation using WHOQOL-Bref and check the co-interference of other factors their Quality of Life of these groups. METHODS: This is case-control study, performed in a Unit of Renal Transplant of the Division of Urology of the Central Institute of the Hospital of the Clinics of the College of Medicine of the University of São Paulo. Were included in the study all patients of the renal transplant with bladder augmentation between 1972 and 2004 with functioning graft (Case Group) and their peers (Control Group). Fifteen Case Group and 27 Control Group patients were enrolled. Through the medical records and a form of characterization data were collected demographic, social and economic. The Quality of Life was assessed once an interview with one of the authors. RESULTS: Both groups were very similar in most of the analyzed domains. In Case Group if it was observed lower personal income (p = 0,013) and lower BMI (p = 0,022). The assessment of Quality of Life was similar in almost all areas of WHOQOL-Bref, the only difference occurred in Social Relations Domains, where the Case Group if had a score lower than the Control Group (p=0,058). There was a significant integration between the Social Relations Domains facet support social (r = 0,703 and p = 0,004). CONCLUSION: The Quality of Life was very similar between the two groups of renal transplant. The Case Group presented result in lower Social Relations Domains, and that outcome appears to be directly connected to the peculiarity of urological pathology of the group
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Ritacamaral.pdf (296.09 Kbytes)
Data de Publicação
2009-04-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.