• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2009.tde-01092009-135137
Documento
Autor
Nome completo
Fernando Marcuz Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Eisig, Jaime Natan (Presidente)
Andrade Junior, Dahir Ramos de
Chehter, Luiz
Mattar, Rejane
Rodriguez, Tomás Navarro
Título em português
Reinfecção pelo Helicobacter pylori em pacientes brasileiros com úlcera péptica, em seguimento de 5 anos
Palavras-chave em português
Helicobacter pylori/epidemiologia
Helicobacter pylori/terapia
Incidência
Recidiva
Riscos
Úlcera péptica/terapia
Resumo em português
Introdução: A reinfecção pelo Helicobacter pylori em países em desenvolvimento parece ser maior do que nos países desenvolvidos. O retratamento da bactéria e o controle periódico de cura são necessários, quando elevadas taxas de reinfecção são verificadas. O objetivo do trabalho foi determinar a taxa anual de reinfecção, em pacientes brasileiros com úlcera péptica, num seguimento de cinco anos. Métodos: Pacientes com úlcera péptica, diagnosticada por endoscopia digestiva alta e infecção pelo Helicobacter pylori documentada por histologia, teste da urease, reação em cadeia da polimerase e teste respiratório, foram tratados para erradicação da bactéria. A cura da infecção foi verificada com os mesmos exames, três meses após o término do tratamento. Avaliação clínica e teste respiratório foram realizados aos seis e nove meses. Com um ano de seguimento, endoscopia, exame histológico, teste da urease, reação em cadeia da polimerase e teste respiratório foram novamente realizados. Até o quinto ano de seguimento, foram feitas consultas semestrais e testes respiratórios anuais. Na inclusão dos pacientes e nos reinfectados foram estudados 15 diferentes genes da bactéria. Resultados; Cento e quarenta e sete pacientes foram seguidos: 19 por um ano, oito por dois anos, quatro por três anos, cinco por quatro anos e 98 por cinco anos, num total de 557 pacientes/ano. Não ocorreu reinfecção no primeiro ano. No segundo ano, dois pacientes se reinfectaram, no terceiro quatro pacientes, no quarto três pacientes e no quinto um paciente, num total de 10 reinfecções. A taxa anual de reinfecção por pacientes/ano foi de 1,8%. Conclusão: O Brasil, um país em desenvolvimento com alta prevalência da infecção pelo Helicobacter pylori, apresenta uma taxa de reinfecção semelhante à dos países desenvolvidos
Título em inglês
Helicobacter pylori reinfection in brazilian patients with peptic ulcer disease, a five year follow-up
Palavras-chave em inglês
Helicobacter pylori/epidemiology
Helicobacter pylori/therapy
Incidence
Peptic ulcer disease/therapy
Recurrence
Risks
Resumo em inglês
Introduction: The Helicobacter pylori reinfection rate seems to be higher in developing countries, than in developed ones. If a high reinfection rate is verified, periodical exams and bacterial retreatment would be necessary. The objective of this study was to determine the annual reinfection rate of Helicobacter pylori, in Brazilian patients with peptic ulcer disease, in a five year follow-up. Methods: Patients, with peptic ulcer disease diagnosed by upper digestive endoscopy and Helicobacter pylori infection verified by histological examination, rapid urease test, polymerase chain reaction and urea breath test, were treated for bacterial eradication. The infection cure was determined by the same proceedings, three months after the treatments end. Clinical evaluation and urea breath test were performed at sixth and ninth months of the follow-up. At one year of the follow-up, upper digestive endoscopy, histological examination, rapid urea test, polymerase chain reaction and urea breath test were repeated. Up to the fifth year of follow-up semester clinical evaluation and annual urea breath test were performed. All the patients included in the study and all the reinfected patients were tested for fifteen different genes of the Helicobacter pylori. Results: One hundred and forty-seven patients were followed: nineteen patients for one year, eight patients for two years, four patients for three years, five patients for four years and ninety-eight patients for five years. The total of patients/years follow-up was 557. Reinfection did not occur in the first year of the follow-up. In the second year, two patients became reinfected; in the third year, four patients; in the fourth, three and in the fifth, one patient. The total of reinfected patients was 10. The annual reinfection rate was 1,8%. Conclusion: Brazil, a developing country, presents a high prevalence of Helicobacter pylori infection. Nonetheless, the reinfection rate is similar to the developed countries.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
FernandoMSilva.pdf (1.06 Mbytes)
Data de Publicação
2009-09-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.