• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2008.tde-31102008-171742
Documento
Autor
Nome completo
Lilian de Avila Lima Souza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Schainberg, Claudia Goldenstein (Presidente)
Ciconelli, Rozana Mesquita
Silva, Clovis Artur Almeida da
Título em português
Elaboração e aplicação de um questionário de avaliação sexual em adolescentes e jovens do sexo masculino com artrite idiopática juvenil poliarticular
Palavras-chave em português
Aconselhamento sexual
Adolescente
Artrite reumatóide juvenil/reabilitação
Comportamento sexual
Homens
Questionários
Resumo em português
INTRODUÇÃO: Doenças reumáticas, como a artrite idiopática juvenil (AIJ) podem afetar significativamente a vida sexual do indivíduo. A inflamação e a fadiga associadas com artrite crônica podem levar à disfunção articular, contraturas musculares, diminuição da força muscular e uma variedade de deformidades que podem comprometer a sexualidade. Desta forma, o objetivo deste estudo foi elaborar, desenvolver e aplicar um questionário auto-aplicativo com o intuito de avaliar a vida sexual de uma população homogênea de pacientes do sexo masculinos com AIJ poliarticular e fator reumatóide negativo. PACIENTES E MÉTODOS: Um questionário autoaplicativo de avaliação sexual masculina (QASM) foi desenvolvido por um painel de experts e aplicado a todos os pacientes e controles, relativo a aspectos funcionais e comportamentais da sexualidade e satisfação sexual masculina. Foram avaliados pacientes do sexo masculino com AIJ poliarticular com fator reumatóide negativo conforme os critérios do ILAR de 2004 e doença inativa. A inatividade da doença foi definida como inflamação em pelo menos uma articulação e velocidade de hemossedimentação elevado nos últimos três meses. Como grupo controle foram avaliados 120 adolescentes e jovens do sexo masculino pareados por idade e classe sócioeconômica. O HAQ foi aplicado em todos os pacientes. Teste t-student, quiquadrado, exato de Fisher e não paramétrico de Mann-Whitney foram utilizados e P<0,05 foi considerado significante. RESULTADOS: Trinta e dois pacientes com AIJ poliarticular, FR-, com média de idade de 20,8 ± 3,8 anos e tempo médio de duração da doença igual a 15,4 ± 3,6 anos foram avaliados. A prática de masturbação foi similar nos pacientes e controles (87,5% vs. 91%, p>0,999) e dor articular foi observada em apenas 2 pacientes com AIJ (7%). Relação sexual regular (no mínimo 1x/semana) foi mencionada por 78% dos pacientes com AIJ e por 62% dos controles (p=86). Dor articular durante a relação sexual foi significativamente mais freqüente nos 48% dos pacientes vs. 3% dos controles (p<0,001), sendo nos pacientes em quadris (n=3), joelhos (n=5) e ambos quadris e joelhos (n=4) e nos punhos de 2 controles. Reforçando este achado, a média de pontuação do HAQ foi maior nos pacientes com dor articular durante a relação sexual (1,82 ± 0,27 vs. 1,43 ± 0,32; p=0,007) e durante a masturbação (2 + 0,17 vs. 1,58 + 0,3; p=0,019). Notavelmente, desejo e satisfação sexuais estavam preservados em todos os pacientes e controles. CONCLUSÃO: Nos nossos pacientes com AIJ poliarticular FR -, o QASM foi aplicável e mostrou que a sexualidade está preservada, apesar do longo tempo de doença, morbidade, disfunção e dor articular
Título em inglês
Development and application of a sexual evaluation questionnaire to male adolescents and youths with juvenile idiopathic arthritis
Palavras-chave em inglês
Adolescent
Arthritis juvenile rheumatoid/rehabilitation
Men
Questionnaries
Sex counseling
Sexual behavior
Resumo em inglês
INTRODUCTION: Rheumatic diseases such as juvenile idiopathic arthritis (JIA) may significantly affect a person´s sexual life. Both inflammation and fatigue associated with persistent arthritis may lead to joint impairment, muscular contractures, reduced muscular strength and a variety deformities which may affect the sexuality. Therefore, the aim of this study was to elaborate, develop and apply a self-admisnistered questionnarie in order to evaluate sexual life of a homogeneous population of male patients with rheumatoid factor (RF) negative polyarticular JIA. PATIENTS AND METHODS: A self applied questionnarie of male sexual evaluation (MSEQ) was developed by a group of experts and was applied to all the patients and control group, relating to functional and behavior aspects of male sexuality and sexual satisfaction. A cohort of male patients with RF negative polyarticular JIA according to 2004 ILAR revised criteria and inactive disease was studied. The inactive disease was considered as absence of any synovitis associated to low ESR for at least three months. As control group 120 male adolescents and youths subjects age-matched with same socioeconomic status were evaluated. HAQ was applied to all patients.Tstudent, chi-square, Fishers exact and non-parametric Mann-Whitney tests were perfomed and p<0.05 was significant. RESULTS: Thirty two (32) patients with polyarticular JIA, FR-, mean age 20.8 + 3.8 yrs (16-26 yrs), mean disease duration = 15.4 ± 3.6 yrs (13-20 yrs) were assessed. Masturbation practice was similar among patients and controls (87,5% vs. 91%, p>0,999) although joint pain was solely observed in 2 JIA individuals (7%). Regular sexual intercourse (at least 1x/week) was mentioned by 78% JIA patients and 62% controls (p=0.86). Joint pain during intercourse was more frequent in 48% patients vs. 3% controls (P<0.001), in patients on hips (n=3), knees (n=5), both hips and knees (n=4), and in the controls on wrist (n=2) . Reforcing this findings, the mean HAQ score was higher on 12 patients with joint pain during intercourse and during masturbation comparing to 13 without joint pain (1.77 ± 0.31 vs. 1.2 ± 0.14; p<0.05). Notabily desire and sexual satisfaction were preserved in all the patients and control group. CONCLUSION:In this cohort of male patients with RF- polyarticular JIA, MSEQ was applicable and showed that sexual life is preserved, despite long term disease, morbidity, dysfunction and joint pain
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LilianALSouza.pdf (254.83 Kbytes)
Data de Publicação
2008-11-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.