• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2002.tde-31082009-085309
Documento
Autor
Nome completo
Pablo Gonzalez Blasco
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2002
Orientador
Banca examinadora
Azevedo Neto, Raymundo Soares de (Presidente)
Arruda, Paulo Correa Vaz de
Gallian, Dante Marcello Claramonte
Martins, Milton de Arruda
Stella, Regina Celes de Rosa
Título em português
Educação médica, medicina de família e humanismo: expectativas, dilemas e motivações do estudante de medicina analisadas a partir da discussão sobre produções cinematográficas
Palavras-chave em português
Cinema
Educação médica
Estudantes de medicina
Humanismo
Medicina de família e comunidade
Motivação
Resumo em português
O presente trabalho é um estudo da utilidade que o Cinema oferece como recurso na Educação Médica inserido num contexto humanístico, na sistemática acadêmica da Medicina de Família. O autor desenvolve, na primeira parte da obra, uma extensa fundamentação da pesquisa através de uma reflexão sobre as diversas realidades que rodeiam o médico que, sendo também educador, propõe-se ensinar atitudes e valores humanísticos aos alunos. O itinerário reflexivo percorre as várias situações onde se descreve o encontro com o Paciente, com o Aluno, com a Medicina de Família e, finalmente, com o Humanismo, para chegar até o Cinema como manifestação particular das humanidades e possível recurso educacional. As extensas referências bibliográficas, às que se somam as experiências biográficas e motivações do autor, levantam questionamentos e interrogações que fundamentam e justificam ume pesquisa de ordem filosófico e humanísta, como a apresentada neste trabalho. Sublinha-se, neste ponto, que o Humanismo deve ser para o médico fonte de conhecimentos, uma verdadeira ferramenta de trabalho. O corpo da pesquisa segue uma abordagem de natureza qualitativa perspectiva que é também explicada e justificada na obra- e tem como objetivo avaliar a possível utilidade do Cinema como recurso educacional. O cenário da pesquisa instala-se em diversos contextos educacionais, utilizando vídeos editados com cenas de filmes comerciais que são projetados a grupos de alunos, acompanhados de comentários do professor, seguindo-se uma discussão do grupo participante. A análise de resultados revela várias categorias de temáticas emergentes, constando-se, em primeiro lugar, como através desta experiência é possível criar um espaço apropriado para a discussão das expectativas, dilemas e motivações do aluno, permitindo uma compreensão do universo no qual o estudante está imerso. Nota-se também que o contato com o cinema facilita a expressão afetiva do aluno, inserido como está numa cultura que prioriza a emoção, a imagem concreta, as histórias de vida e os exemplos pontuais que decorrem de situações determinadas. Através desta experiência eduacional instala-se uma linguagem de comunicação onde o professor pode transmitir valores e fomentar atitudes, e o aluno consegue representar as realidades vividas, simbolizando-as no cinema. Deste modo, a experiência com o cinema propicia trabalhar as motivações do estudante a partir da sua dimensão afetiva, fomentando atitudes e promovendo nele o hábito da reflexão, que são a base de uma educação humanista e elementos essenciais para o seu processo de formação como médico e como pessoa.
Título em inglês
Medical education, family medicine and humanism: medical students' expectatives, dilemmas and motivations analysed through movies discussions
Palavras-chave em inglês
Education medical
Family practice
Humanism
Motion pictures as topic
Motivacion
Students medical
Resumo em inglês
The purpose of this academic work is to study the value of using cinema (movies), set in the context of Family Medicine, as a humanistic resource in medical education. In the first part, the author grounds the research by reflecting on the several realities that surround physician-educators who want to teach students about attitudes and humanistic values. The reflexive itinerary of this work addresses several sets of relationships - here called encounters - by describing the encounter with the patient, the encounter with the students, the encounter with the discipline of family medicine, and lastly the encounter with humanism, finally reaching cinema in particular as a possible educational resource. In each encounter the authors summarizes his own experiences using a reflective approach, enlarged upon them using the bibliography, and develops several questions and inquiries for justifying a research project such as this one, displayed from a philosophical and humanistic perspective. Humanism as a source of acquaintance and as a daily work tool for doctors is stressed at this point. The research design is utilizes a qualitative perspective, which is also justified, and attempts to appraise the usefulness of movies as educational resource. The research scenario includes several educational contexts in which movies scenes are edited as clips and shown to the students along with the facultys commentary, followed by discussions among the group. Results analysis discloses various categories of emerging subjects. First, this experience works to create room in which students expectations, dilemmas and motivation can be discussed, more comprehensively addressing the universe in which students are immersed. Exposing students to this cinema experience facilitates their affective expression, since they are raised in a culture which prioritizes emotions, images, life stories and role models coming from specific situations. A real means of communication is established and through it faculty can teach about values and foster attitudes, and the students are able to represent their own reality, symbolized for them in the movies realities. The educational cinema experience herein related helps students to deal with the aspects of their motivation that emerges from the affective domain, is useful in promoting new attitudes and reflection, and nurturing essential features related to their development process as doctors and human beings.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-09-02
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • BLASCO, Pablo G, et al. Cinema for educating global doctors : From emotions to reflection, approaching the complexity of the Human Being. Primary Care, 2010, vol. 10, p. 45-47.
  • BLASCO, Pablo G, et al. Cinema para o Estudante de Medicina. Um recurso afetivo/efetivo na educação humanística. Revista Brasileira de Educação Médica, 2005, vol. 29, n. 2, p. 119-128.
  • BLASCO, Pablo G, et al. Como enseñar bioética en el pregrado? Reflexiones sobre experiencias docentes. Atención Primaria, 2009, vol. 41, p. 103-108.
  • BLASCO, Pablo G, et al. Educating through Movies: How Hollywood Fosters Reflection. Creative Education, 2011, vol. 2, p. 174-180.
  • BLASCO, Pablo G, et al. Teaching Through Movies in a Multicultural Scenario : Overcoming Cultural Barriers through emotions and reflection. Family Medicine, 2012, vol. 42, p. 22-24.
  • BLASCO, Pablo G, et al. Using movie clips to foster learners´ reflection: Improving Education in the Affective Domain. Family Medicine, 2006, vol. 38, n. 2, p. 94-96.
  • BLASCO, Pablo G, MORETO, Graziela, and LEVITES, Marcelo. Teaching Humanities through Opera: Leading Medical Students to Reflective Attitudes. Family Medicine, 2005, vol. 37, n. 1, p. 18-20.
  • BLASCO, Pablo G. E possível humanizar a Medicina? Reflexões a propósito do uso do Cinema na Educação Médica. O Mundo da Saúde, 2010, vol. 34, p. 357-367.
  • BLASCO, Pablo G. Literature and Movies for Medical Students. Family Medicine, 2001, vol. 33, n. 6, p. 426-428.
  • BLASCO, Pablo González, and MORETO, Graziela. Teaching Empathy through Movies : Reaching Learners’ Affective Domain in Medical Education [doi:10.5539/jel.v1n1p22]. Journal of Education and Learning [online], 2012, vol. 1, n. 1.
  • BLASCO, Pablo, et al. El Cine en la Formacion Etica del Medico: Un recurso pedagógico que facilita el apredizaje. Persona y Bioetica, 2009, vol. 13, p. 114-127.
  • BLASCO, Pablo, et al. Medicina de Familia y Cine: un recurso humanístico para educar la afectividad. Atención Primaria, 2005, vol. 36, n. 10, p. 566-572.
  • BLASCO, Pablo. Review of Henri Colt, Silvia Quadrelli, and Lester Friedman, eds., The Picture of Health: : Medical Ethics and the Movies: Getting Familiar with the Cinema Education Methodology. American Journal of Bioethics, 2011, vol. 11, p. 39-41.
  • GONZáLEZ-BLASCO, Mariluz, et al. Cinema y Educacion: Como mejorar las habilidades pedagogicas. : Fomentando la reflexión de profesores y alumnos. Archivos en Medicina Familiar, 2010, vol. 12, p. 137-149.
  • BLASCO , PABLO GONZALEZ. Interviewing Skills. In Matthew Alexander; Patricia Le. Cinemeducation: a comprehensive guide to using film in medical education. Oxford : Radcliffe Publishing, 2005. p. 125-128.
  • BLASCO, Pablo G, and MORETO, Graziela. I Feel Your Pain: Empathy in Medicine. In ALEXANDER, Matthew. Cinemeducation: Using Film and Other Visual Media in Graduate and Medical Education. Editor. 1 ed.. London : Radcliffe Publishing Ltd, 2012. chap. 44. p. 527-541. 1.
  • BLASCO, PABLO GONZALEZ. Educação da Afetividade Através do Cinema. 1 ed.. SÃO PAULO : IEF / SOBRAMFA, 2006.
  • BLASCO, PABLO GONZALEZ. Humanizando a Medicina: Uma Metodologia com o Cinema. SÃO PAULO : SÃO CAMILO, 2011.
  • BLASCO, PABLO GONZALEZ. Medicina de Família e Cinema: Recursos Humanísticos na Educação Médica. 1 ed.. SÃO PAULO : CASA DO PSICOLOGO, 2002.
  • BLASCO, PABLO GONZALEZ. A Educação da Afetividade por meio do Cinema. In Luiza Elena L Ribeiro do Valle. Temas Interdisciplinares na Clinica. RIO DE JANEIRO : WAK Editora, 2008. p. 129-145.
  • BLASCO, PABLO GONZALEZ. Ethics and Human Values. In Matthew Alexander; Patricia Le. Cinemaeducation: A comprehensive guide to using film in medical education. Oxford : Radcliffe Publishing Ltd, 2005. p. 141-144.
  • BLASCO, PABLO GONZALEZ. Leadership, teamwokr and organizational dynamics. In Matthew Alexander; Patricia Le. Cinemeducation: a comprehensive guide to using film in medical education. Oxford : Radcliffe Publishing, 2005. p. 189-192.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.