• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2008.tde-13022009-134542
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo Riberto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Battistella, Linamara Rizzo (Presidente)
Chadi, Gerson
Imamura, Satiko Tomikawa
Sposito, Maria Matilde de Mello
Teixeira, Manoel Jacobsen
Título em português
Estimulação transcraniana com corrente contínua associada ao tratamento multidisciplinar da fibromialgia: um estudo duplo-cego, aleatorizado e controlado
Palavras-chave em português
Assistência integral a saúde
Dor/reabilitação
Fibromialgia/reabilitação
Neurofisiologia/instrumentação
Qualidade de vida
Terapia por estimulação elétrica/tendências
Resumo em português
A estimulação transcortical com corrente contínua (ETCC) é uma técnica de estimulação não-invasiva do córtex cerebral que tem mostrado efeitos positivos no controle da dor crônica. A hipótese principal deste estudo foi verificar se a associação da ETCC ao tratamento multidisciplinar de pacientes com fibromialgia aumentaria os resultados no controle da dor e melhora da qualidade de vida. O desenho do estudo foi um ensaio clínico controlado, aleatorizado, duplo-cego e de braços paralelos. Vinte e três mulheres com fibromialgia receberam o tratamento habitual de reabilitação com a intervenção multidisciplinar e medicamentos e foram divididas aleatoriamente em um grupo com ETCC anódica sobre o córtex motor esquerdo e catódica na região supra-orbital direita, com corrente contínua de 2mA, por 20 minutos. O outro grupo recebeu estimulação sham, na qual a mesma disposição de eletrodos foi usada sobre o couro cabeludo, porém a corrente foi interrompida após 1 minuto, permanecendo desligada nos 19 minutos restantes. As sessões ocorreram uma vez por semana por 10 semanas consecutivas, sempre antes de terapia multidisciplinar. A dor foi quantificada ao início e ao final do tratamento pela escala pela visual analógica (EVA) e pela dolorimetria de pressão sobre os pontos dolorosos da fibromialgia. A qualidade de vida foi avaliada pelo Questionário de impacto da fibromialgia (FIQ) e SF-36. Como possíveis fatores de confusão, foram avaliados o humor e a capacidade funcional por meio do Índice de depressão de Beck (IDB), Escala de Hamilton (HAM) e questionário HAQ. Não foram descritos efeitos adversos graves. Houve melhora significativa da pontuação do domínio Dor do questionário SF-36, com efeito significante apenas no grupo sob estimulação ativa (de 26,6 ± 12,9 para 45,6 ± 15,1 ao final do tratamento, p=0,006). Nenhum dos demais desfechos apresentou melhora estatisticamente significativa, exceto FIQ que teve evolução marginalmente significativa no grupo ativo (62,1 ± 11,5 para 49,2 ± 21,2; p=0,056) e HAQ que evoluiu de 1,51 ± 0,47 para 1,24 ± 0,4 (p=0,0005), todavia sem diferença entre os grupos. Estes resultados reproduzem parcialmente os achados anteriores de melhora da dor com estímulo nãoinvasivo sobre o córtex motor, mas com dimensões menores, em virtude, talvez, da baixa freqüência de estímulos. A falta de ganhos diferenciados nos grupo ativo em outras dimensões da funcionalidade sugere que a estimulação realizada tem efeito específico sobre a dor. Conclui-se que a associação da ETCC à intervenção multidisciplinar pode trazer ganhos somatórios no controle das queixas clínicas da fibromialgia
Título em inglês
Transcranial direct current stimulation associated to multidisciplinary treatment for fibromyalgia: a double-blinded, randomized controlled trial
Palavras-chave em inglês
Comprehensive health care
Electric stimulation therapy/tendencies
Fibromyalgia/rehabilitation
Neurophysiology/instrumentation
Pain/rehabilitation
Quality of life
Resumo em inglês
Transcranial direct current stimulation (tDCS) is a non-invasive technique of cortical brain stimulation which has shown some positive effects on chronic pain control. The main hypothesis of this study was to verify if the association of tDCS to the multidisciplinary approach in patients with fibromyalgia would increase the results for the control of pain and improve quality of life. The study design was a randomized, double-blinded, shamcontrolled clinical Trial of parallel arms. Twenty tree women with fibromyalgia received the usual treatment with the multidisciplinary approach and drugs, and were randomly allocated in a group with 2mA anodic tDCS for 20 minutes over the left primary motor cortex and the cathode was positioned over the right supra-orbital region. Another group with sham stimulation, with the same electrode positioning, had the electric current interrupted within 1 minute from of stimulation and remained off during the remaining 19 minutes. Stimulations occurred weekly for 10 weeks, always before the multidisciplinary intervention. Pain was rated at the begging of the treatment and after its end by the visual analogue scale (VAS) e pressure dolorimetry on fibromyalgia tender points. Quality of life was evaluated with the Fibromyalgia impact questionnaire (FIQ) and SF-36. As possible confounders, humor and functional capacity were evaluated with Beck depression index (BDI), Hamilton scale (HAM) and HAQ. There were no serious adverse effects. There was a significant improvement in the Pain domain of SF-36, with significant effect only in the group under active tDCS (from 26.6 ± 12.9 to 45.6 ± 15.1 in the end of the treatment, p=0.006). Any of the other outcomes showed statistically significant improvement, except for FIQ, which presented with a marginally significant improvement in the active group (62.1 ± 11.5 to 49.2 ± 21.2; p=0.056) and HAQ (1.51 ± 0.47 to 1.24 ± 0.4; p=0.0005), without any difference in both groups. These results partially reproduce previous findings of pain improvement with non-invasive stimulation of the motor cortex, however with smaller effects, maybe due to the use of a reduced weekly frequency of stimuli. The lack of differential gains in the active group in other dimensions of functioning suggests the used stimulation be specifically effective for pain. The conclusion is that the association of tDCS to the multidisciplinary approach may bring additional improvement in the control of pain in fibromyalgia
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Marceloriberto.pdf (478.55 Kbytes)
Data de Publicação
2009-03-19
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • RIBERTO, Marcelo, et al. Efficacy of transcranial direct current stimulation coupled with a muldisciplinary rehabilitation program for the treatment of fibromyalgia [doi:10.2174/1874312901105010045]. The Open Rheumatology Journal [online], 2011, vol. 5, p. 45-50.
  • VALLE, Angela Costa, et al. Efficacy of anodal transcranial direct current stimulation (tDCS) for the treatment of fibromyalgia: result of a randomized, sham-controled longitudinal clinical trial. Journal of Pain Management [online], 2009, vol. 2, n. 3, p. 353-362. [cited 2016-08-15]. Available from : <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3002117/>
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.