• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2009.tde-16062009-161313
Documento
Autor
Nome completo
Daniele Fontes Ferreira Bernardes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Gomez, Maria Valeria Schmidt Goffi (Presidente)
Lazarini, Paulo Roberto
Marchesan, Irene Queiroz
Título em português
A contribuição da análise eletromiográfica de superfície para a definição da fase de evolução da paralisia facial periférica: fase flácida ou fase de seqüelas
Palavras-chave em português
Avaliação
Eletromiografia
Paralisia facial
Resumo em português
OBJETIVO: Avaliar o padrão eletromiográfico em hemiface normal e hemiface afetada nos casos de paralisia facial, em seus dois extremos de evolução; musculatura sem aporte neural e musculatura após a regeneração neural aberrante. MATERIAL E MÉTODO: Foram selecionados indivíduos com paralisia facial periférica unilateral de qualquer etiologia, Idade entre 18 e 69 anos, de ambos os sexos, sem histórico de paralisias faciais prévias ou congênita e sem lesões faciais que interfirissem no contato dos eletrodos. Trinta e quatro indivíduos preencheram os critérios. O grupo controle foi constituído de 20 indivíduos voluntários sem história de paralisia facial, traumas de face ou anomalias craniofaciais. A avaliação da atividade elétrica dos músculos da face foi realizada por meio de registro eletromiográfico, usando equipamento MIOTEC com software MIOTOOL 400, de 04 canais, filtro Passa Baixa, com eletrodos de superfície descartáveis do tipo: Ag-AgCI mini med Kendal. Para a avaliação eletromiográfica foram solicitados os seguintes movimentos: elevação da testa, fechamento de olhos, protrusão labial e retração labial. Além disso, foram registradas as atividades eletromiográficas em outros canais correspondentes aos outros grupos musculares durante a atividade primária a fim de identificar a presença de sincinesias, sendo a atividade dos lábios durante fechamento forçado dos olhos, a atividade dos olhos durante protrusão labial e a atividade dos olhos durante retração labial. A análise estatística foi realizada utilizando-se o software Statistical Package for Social Sciences (SPSS) for Mac versão 16.0 (SPSS Inc, Chicago, IL). Foi considerada como atividade eletromiográfica de cada segmento das hemifaces avaliadas (testa, olho e lábio) durante cada movimento (franzimento a testa, fechamento ocular, protrusão labial e retração labial) o valor médio obtido durante os 8 segundos de registro (em V). O índice da atividade eletromiográfica (IEMG) foi calculado através da divisão da atividade eletromiográfica do lado acometido pela atividade do lado normal para o grupo em estudo e através da divisão da atividade eletromiográfica do lado esquerdo pelo lado direito no grupo controle. RESULTADOS: Houve diferença estatisticamente significante entre os grupos em todos os movimentos analisados. Nas sincinesias no lábio durante o fechamento ocular a totalidade de indivíduos será identificada corretamente (com 100% de verdadeiros positivo e 0% de falsos negativos) utilizando-se o valor de IEMG de 1,62 como ponto de corte. Para a identificação da sincinesia no olho durante a protrusão labial o valor do IEMG no ponto de corte que apresenta ao maior sensibilidade (93,3%) e especificidade (95,9%) é 1,79. CONCLUSÃO: O padrão da atividade eletromiográfica mostrou ser estatisticamente diferente entre os grupos em fase flácida e fase de seqüelas; a relação entre as duas hemifaces é rebaixada nos pacientes em fase flácida e pode tanto mostrar valores normais, elevados ou rebaixados em indivíduos em fase de seqüelas; o IEMG mostrou ser de alta sensibilidade e especificidade na identificação das sincinesias
Título em inglês
The contribution of electromyographic analysis of the area for the definition of the stage of development of peripheral facial paralysis: flaccid or sequelae stage
Palavras-chave em inglês
Electromyography
Evaluation
Facial paralysis
Resumo em inglês
OBJECTIVE: To evaluate the electromyographic profile in the normal and the affected faces in cases of facial paralysis, in its two extremes of evolution; musculature without neural input and musculature after regeneration neural aberrant. METHODS: Subjects with peripheral facial paralysis unilateral of any etiology, with age ranging from 18 to 69 years, of both sexes, without a history of prior facial paralysis or without congenital facial lesions that would interfere with the contact of electrodes selected. Thirty-four subjects met the criteria. The control group was composed of 20 volunteers without history of facial paralysis, trauma or face craniofacial anomalies. The electromyographic assessment of the facial muscle was performed by means of a MIOTEC equipment with software MIOTOOL 400, 04 channels, low-pass filter, with disposable surface electrodes type: Ag-AgCI mini med Kendal. For the evaluation electromyographic were requested the following movements: lifting the forehead, closure of eyes, protrusion labial and labial retraction. In addition, Eletromyographic activities were recorded in other channels corresponding to the other groups during the primary activity in order to identify the presence of synkinesis, the activity of the lips during strong eye closure, the activity of the eyes during protrusion labial and the activity of eyes during labial retraction. The statistical analysis was performed usingsoftware Statistical Package for Social Sciences (SPSS) version is Mac 16.0 (SPSS Inc, Chicago, IL). The mean value of the RMS during 8 seconds of register (in V) was considered as the electromyographic activity of each segment of hemifaces evaluated (forehead, eye and lip) during each movement. The electromyographic index IEMG was obtained from the division of electromyographic activity (on) of the left side by the right side in the control group. RESULTS: There was a statistically significant difference between the groups in all movements analyzed. The lip synkinesiss during the eye closure in all patients must be correctly identified (with 100% true positive and 0% false negative) using (a) the IEMG value of 1.62 as cutoff point. In order to detect synkinesis in the eye or eye synkinesis during lip protrusion the IEMG at the cutoff point is 1,79 with (a) 93.3% of sensivity and 95,9% of specificity . CONCLUSION: The pattern of electromyographic activity showed to be statistically different between the flaccid and the sequelae groups; the relationship between the two hemifaces is below normal levels in patients at the flaccid stage whereas in patients at the stage of sequelae it can either show normal values, above or below normal levels; the IEMG showed to be of high sensitivity and specificity in the identification of synkinesis
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DanieleBernardes.pdf (1.33 Mbytes)
Data de Publicação
2009-06-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.