• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2007.tde-01062007-110600
Documento
Autor
Nome completo
Viviane de Carvalho Teles da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Sennes, Luiz Ubirajara (Presidente)
Camargo, Zuleica Antonia de
Ferreira, Léslie Piccolotto
Miziara, Ivan Dieb
Tsuji, Domingos Hiroshi
Título em português
Avaliação de fala de pacientes submetidos à glossectomia após adaptação de prótese rebaixadora de palato
Palavras-chave em português
Glossectomia
Inteligibilidade de fala e acústica da fala
Prótese maxilofacial
Resumo em português
O objetivo principal deste estudo foi avaliar a influência da adaptação da prótese rebaixadora de palato na inteligibilidade e na ressonância de fala, e nas características acústicas espectrográficas dos três primeiros formantes das vogais orais do português brasileiro de pacientes submetidos à glossectomia. Participaram 36 pacientes, 33 do sexo masculino e 3 do sexo feminino, com idades entre 30 e 80 anos (Média=53,91±10,53 anos), sendo 14 submetidos à glossectomia total, 12 à glossectomia total e mandibulectomia parcial, 6 à hemiglossectomia e, 4 à glossectomia subtotal. Amostras de fala (conversa espontânea e repetição de 18 sílabas) de pacientes com e sem prótese foram randomizadas e a ressonância e inteligibilidade de fala foram julgadas por 2 fonoaudiólogos. Também foi realizada a análise espectrográfica dos formantes das 7 vogais do português brasileiro com e sem prótese, extraindo-se as médias dos três primeiros formantes. Houve melhora significante na inteligibilidade de fala e de sílabas após adaptação da prótese rebaixadora de palato (p < 0,001). Não houve diferença estatística nos julgamentos da ressonância com e sem prótese. Existiu diferença significante na situação com e sem prótese para o primeiro formante nas vogais /a/, /e/, /u/ (p < 0,001) e tendência estatística na vogal /o/ (p = 0,09); para segundo formante nas vogais /o/, / /, /u/ (p < 0,001), e tendência estatística nas vogais /e/ (p = 0,058) e /i/ (p = 0,080) e para o terceiro formante nas vogais /a/ e / / (p < 0,001). A prótese rebaixadora de palato melhorou a inteligibilidade da fala espontânea e das sílabas dos pacientes glossectomizados. Também aumentou os valores de F2 e F3 para todas as vogais e, de F1 para as vogais /o/, / /, /u/. Isto gerou uma aproximação dos valores dos formantes da maioria das vogais junto aos valores de normalidade.
Título em inglês
Speech evaluation after palatal augmentation in glossectomy patients
Palavras-chave em inglês
Glossectomy
Maxillofacial prosthesis
Speech intelligibility and speech acoustics
Resumo em inglês
The main objective of this study was to assess the influence of the palatal augmentation prostheses on speech intelligibility, ressonance and acoustic spectrographic characteristics of the first three formants of oral vowels in Brazilian Portuguese, in patients submitted to glossectomy. Thirty-six (33 men and 3 women), aged 30 to 80 years (mean = 53.9 ±10.5 years) underwent glossectomy (14 = total glossectomy; 12 = total glossectomy associated partial mandibulectomy; 6=hemiglossectomy, and 4 = subtotal glossectomy) constituted the study sample. Speech samples (spontaneous conversation and repetition of 18 syllables) from the patients with and without prosthesis were randomly distributed and the resonance and speech intelligibility were judged by 2 speech language pathologist. A spectrographic assessment of formants of the 7 vowels of Brazilian Portuguese, with and without prosthesis, was performed. The mean values of the first three formants were extracted. There was a statistically significant improvement of the spontaneous speech intelligibility and of the average number of correctly identified syllables with the use of the prosthesis (p<0.05). The speech resonance results have not demonstrated a significant reduction in hypernasality with the palatal augmentation prostheses in place. Statistically significant differences occurred in F1 values for the vowels /a/, /e/, /u/, for F2, there was a significant difference in the vowels /o/, / /, /u/; and for F3, there was a significant difference in the vowels /a/, / / (p < 0.001). Palatal augmentation prosthesis improved intelligibility of spontaneous speech and syllables in glossectomized patients. It also increased F2 and F3 values for all vowels and F1 values for the vowels /o/, / /, /u/. This effect has brought the values of many vowel formants closer to normality.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-07-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.