• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Leorides Severo Duarte Guerra
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Pang, Wang Yuan (Presidente)
Blay, Sérgio Luís
Loch, Alexandre Andrade
Tess, Beatriz Helena Carvalho
Título em português
Perfil psicopatológico de pacientes com obesidade candidatos à cirurgia bariátrica: análise de classes latentes e fatores associados
Palavras-chave em português
Análise de classe latente
Cirurgia bariátrica
Comorbidade
Obesidade
Psicopatologia
Transtornos mentais
Resumo em português
Antecedentes: A obesidade e os transtornos mentais são grandes desafios da medicina. A obesidade tornou-se uma epidemia mundial e os transtornos mentais têm sido cada vez mais diagnosticados. Estudos recentes mostraram frequências elevadas de transtornos mentais em pacientes candidatos à cirurgia bariátrica. Este cenário sugeriu que os transtornos psiquiátricos podem ser persistentes, coocorrentes e que haja uma possível formação de agrupamentos de sintomas psicopatológicos entre esses pacientes. Objetivo: O objetivo deste trabalho foi: 1) investigar a persistência e a coocorrência dos transtornos psiquiátricos em pacientes com obesidade pré-cirúrgicos; 2) identificar subgrupos psicopatológicos, clinicamente distintos e diferenciados por gêneros, em uma amostra de pacientes com obesidade candidatos à cirurgia bariátrica. Método: O estudo teve como base a dissertação "Frequência de transtornos mentais entre pacientes obesos candidatos a cirurgia bariátrica, por meio de entrevista clínica estruturada para transtornos do DSM (SCID-I/P)", apresentada ao programa de pós-graduação da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Estudo observacional transversal em pacientes com obesidade grau III que aguardavam a cirurgia bariátrica, no Hospital das Clínicas de São Paulo. Os sujeitos foram recrutados consecutivamente da lista de espera do Ambulatório de Cirurgia Bariátrica - HC-FMUSP e submetidos à entrevista semiestruturada para diagnóstico psiquiátrico: Structured Clinical Interview for DSM-IV Axis I Diagnosis (SCID I/P). O tamanho da amostra foi de 393 pacientes; composta por 79,1% de mulheres; média de idade 43 anos e média de IMC: 47,8 kg/m². O curso dos transtornos psiquiátricos foi analisado pela persistência, por meio de razão de prevalência (RP): transtornos atuais/transtornos ao longo da vida (1M/LT); para as comorbidades utilizou-se a análise de correlação tetracórica. Os possíveis agrupamentos psicopatológicos, foram detectados pelo método da análise de classes latentes, baseado na ocorrência de transtornos mentais ao longo da vida, diferenciados por gênero. Análise de regressão logística mostrou a influência de fatores sociodemográficos na formação das classes psicopatológicas. Resultados: A maior parte da amostra apresentou dois ou mais transtornos psiquiátricos concomitantes ao longo da vida. Os transtornos de ansiedade foram as condições mais persistentes (a maior razão de prevalência entre transtornos atuais e/ou ao longo da vida) e correlacionaram-se significativamente com transtornos bipolares, depressivos e alimentares. Os transtornos bipolares foram os mais coocorrentes, associaram-se ao uso de substâncias, transtornos alimentares e de ansiedade. Em relação à análise de classe latente, para ambos os sexos, foram detectados três agrupamentos psicopatológicos. Entre as mulheres, as classes latentes foram: (1) "oligossintomático": 42% das pacientes apresentaram baixa probabilidade de transtornos psiquiátricos; (2) "bipolar com comorbidades", em 33%; e (3) "ansiedade/depressão", com 25%. Entre os homens: (1) "bipolar com comorbidades" foi encontrado em 47% dos pacientes; (2) "oligossintomático", com 40%; e (3) "ansiedade/depressão", com 13%. Para ambos os sexos, a probabilidade de apresentar transtornos alimentares foi maior nas classes "bipolar com comorbidades" e "ansiedade/depressão". Transtornos por uso de substâncias foram proeminentes entre os homens "bipolares". Em comparação com a classe "oligossintomática", a probabilidade de maior IMC foi observada entre os homens "bipolares" e pior desempenho no trabalho entre os homens com "ansiedade/depressão". Conclusões: Transtornos psiquiátricos são condições frequentes e duradouras entre pacientes à procura de cirurgia bariátrica. Transtornos de ansiedade, humor e alimentares são características persistentes e concomitantes em pacientes em busca de tratamento para obesidade. Homens e mulheres com obesidade grave, pré-cirúrgicos foram distribuídos em três perfis de comorbidades e revelaram padrões psicopatológicos análogos. A classe "bipolar com comorbidades" apresentou coocorrência com transtornos alimentares e uso de substâncias. Esses agrupamentos naturais de transtornos psiquiátricos entre pacientes bariátricos sugerem abordagens terapêuticas específicas e diferenciadas por gênero durante todo o percurso do procedimento cirúrgico
Título em inglês
Psychopathological profile of patients with obesity candidate to bariatric surgery: latent class analysis and associated factors
Palavras-chave em inglês
Bariatric surgery
Comorbidity
Latent class analyses
Obesity
Psychiatric disorders
Psychopathology
Resumo em inglês
Background: Obesity and mental disorders have become major challenges to medicine. Obesity gained worldwide epidemic proportions and the mental disorder has been increasingly diagnosed. Recent study indicated high frequency of mental disorders in patients candidates to bariatric surgery, this panorama suggests that psychiatric disorders can be persistent and co-occurring. These conditions indicates the possibility of subgroups psychopathological between obese patients seeking to bariatric surgery. Objective: The objective of this study is: 1) to investigate the persistence and cooccurrence of psychiatric disorders and, 2) identify clinically distinct psychopathological subgroups among a sample of obese patients candidates for bariatric surgery. Method: The study is based on a study "Frequency of mental disorders among obese candidates for bariatric surgery, using a structured clinical interview for DSM Disorders (SCID-I/P)" presented to the post-graduate program of the Department and Institute of Psychiatry - University of São Paulo. This is a cross-sectional observational study in patients with obesity level III, awaiting bariatric surgery at the Hospital das Clínicas de São Paulo. The subjects were submitted to semi-structured interview for psychiatric diagnosis: Structured Clinical Interview for DSM-IV Axis I Diagnosis (SCID). Were consecutively recruited from the waiting list of the Bariatric Surgery Clinic-HCFMUSP. The sample size was 393 patients 79.1% women; age mean 43 years and mean of BMI 47,8% kg/m². The persistence of group of disorders was defined by prevalence ratio (PR) to denote the one month-to-lifetime (1M/LT). The co-occurrence of psychiatric disorders was investigated by the tetracoric correlation analysis. The possible psychopathological profiles were detected by the method of latent class analysis, based on the occurrence of lifetime psychiatric disorders, differentiated by gender. Logistic regression analysis showed the influence of socio-demographic factors on the formation of psychopathological classes. Results: Most of the sample presented two or more co-occurrence lifetime psychiatric disorders. While mood and eating disorders were frequent conditions, anxiety disorders were the most persistent conditions (the highest one month-to-lifetime prevalence ratio) and were significantly correlated with bipolar, depressive and eating disorders. In relation the latent class analysis, for both genders, the 3-class psychopathological clustering was the best-fitting solution. Among women, the latent classes were: (1) "oligosymptomatic", where in 42% of patients showed low probability of psychiatric disorders; (2) "bipolar with comorbidities", in 33%; and (3) "anxiety/depression", in 25%. Among men, (1) "bipolar with comorbidities" was found in 47% of patients; (2) "oligosymptomatic", in 40%; and (3) "anxiety/depression", in 13%. For both genders, the likelihood of eating disorders was higher in both "bipolar with comorbidities" and anxiety/depression" classes. Substance use disorders was prominent among "bipolar" men. In comparison with "oligosymptomatic" class, the likelihood of higher BMI was observed among "bipolar" men and poorer work attainment among men with "anxiety/depression". Conclusion: Psychiatric disorders are frequent and enduring conditions among patients looking for bariatric surgery. Comorbid anxiety, mood, and eating disorders are remarkable features in treatment-seeking patients with obesity. Three comorbidity profiles were detected in pre-surgical period, in men and women with severe obesity. The class of "bipolar with comorbidities" most likely presented comorbidity with eating and substance use disorder. This natural clustering of psychiatric disorders among bariatric patients suggests gender-related therapeutic approaches
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.