• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2006.tde-18042006-144855
Documento
Autor
Nome completo
Sheila Cavalcante Caetano
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Lafer, Beny (Presidente)
Bressan, Rodrigo Affonseca
Busatto Filho, Geraldo
Gorenstein, Clarice
Lacerda, Acioly Luiz Tavares de
Título em português
"Avaliação volumétrica e neuroquímica do córtex pré-frontal dorsolateral esquerdo de pacientes pediátricos com transtorno depressivo maior: um estudo utilizando espectroscopia por ressonância magnética de próton"
Palavras-chave em português
Córtex pré-frontal
Criança
Espectroscopia de ressonância magnética
Hipocampo
Transtorno depressivo
Resumo em português
A Ressonância Magnética e a Espectroscopia por Ressonância Magnética de Hidrogênio têm sido empregadas em estudos anatômicos e neuroquímicos do Transtorno Depressivo Maior (TDM). Dezenove crianças com TDM e 24 controles saudáveis foram avaliados em um magneto de 1,5 Tesla (Philips Intera 8.1.1.). Em comparação aos controles saudáveis, crianças com TDM apresentaram: menores volumes de hipocampo esquerdo; e no voxel único em CPFDL esquerdo: menores níveis dos compostos de colina, e maiores níveis de mio-inositol em CPFDL esquerdo. Menores níveis dos compostos de colina podem refletir uma diminuição da renovação de membranas. Maiores níveis de mio-inositol podem representar uma alteração no sistema de segundos mensageiros intracelulares
Título em inglês
Volumetric and neurochemical evaluation of the left dorsolateral prefrontal cortex in pediatric patients with major depressive disorder: a study using Proton Magnetic Resonance Spectroscopy
Palavras-chave em inglês
Child
Depressive disorder
Hippocampus
Magnetic resonance spectroscopy
Prefrontal cortex
Resumo em inglês
Magnetic resonance imaging and proton magnetic resonance spectroscopy have been applied to anatomical and neurochemical studies of Major Depressive Disorder (MDD). Nineteen children with MDD and 24 healthy controls were evaluated on a 1.5 Tesla (Philips Intera 8.1.1.) MRI. Compared to healthy controls, children with MDD presented: smaller left hippocampal volumes; and lower levels of choline-containing-compounds and higher myo-inositol levels in the left DLPFC. Lower levels of choline-containing-compounds in pediatric patients with MDD may reflect lower cell membrane turn-over. Higher myo-inositol levels in MDD may represent a disturbed secondary messengers system
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
sheilaccaetano.pdf (817.09 Kbytes)
Data de Publicação
2006-05-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.