• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2018.tde-17082018-091711
Documento
Autor
Nome completo
Patricia Cotting Homem de Mello
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Alves, Tania Corrêa de Toledo Ferraz (Presidente)
Almeida, Maria Helena Morgani de
Mattos, Emanuela Bezerra Torres
Serafim, Antonio de Padua
Título em português
Tradução, adaptação transcultural e validação do inventário das tarefas rotineiras - estendido (RTI-E) em idosos com doença de Alzheimer
Palavras-chave em português
Atividades cotidianas
Avaliação
Doença de Alzheimer
Estudos de validação
Saúde do idoso
Terapia ocupacional
Resumo em português
Introdução: O envelhecimento populacional traz desafios, como os prejuízos de funcionalidade em tarefas rotineiras, decorrentes de condições crônicas de saúde, como a demência da doença de Alzheimer (DA). Para elaborar propostas de intervenção adequadas ao portador de DA e a sua família, a funcionalidade deve ser avaliada. O Routine Task Inventory - Expanded (RTI-E) é uma avaliação que permite avaliar o desempenho em ABVD, AIVD, Comunicação e Preparo para o Trabalho a partir da perspectiva do paciente, do cuidador e do terapeuta. Objetivo: Traduzir, adaptar transculturalmente, medir a fidedignidade e a validade da versão brasileira do RTI-E para avaliar a funcionalidade em idosos com DA. Métodos: Realizou-se a tradução e adaptação transcultural do instrumento. Utilizou-se o coeficiente ? de Chronbach para avaliar a consistência interna. A fidedignidade entre avaliadores do RTI-E foi obtida por CCI. A validade de conteúdo foi obtida por validade convergente (correlacionando a avaliações cognitivas e funcionais) e divergente (correlação com HAM-D). A validade de critério foi obtida por validade concorrente. Resultados: Foram avaliados 85 sujeitos, divididos em 42 sujeitos grupo DA (CDR=1 ou 2) e 43 sujeitos grupo controle (CDR=0) e seus pares. Obteve-se a tradução e adaptação transcultural do RTI-E, aprovada pela autora. O RTI-E demonstrou consistência interna elevada em cada escala analisada, sendo o valor mais alto em AIVD obtida por relato do cuidador (?=0,966) e alta fidedignidade entre avaliadores. O instrumento mostrou validade convergente em relação a medidas cognitivas, sendo a maior correlação encontrada em AIVD, relato cuidador (r=0,912, comparado a CAMCOG e r=0,911, comparado a MEEM). Em relação a medidas funcionais, a correlação foi muito forte em relato do cuidador (AIVD X Lawton [r= 0,917]) e em observação do terapeuta (AIVD X DAFS-Br [r=0,911]). As escalas por autorrelato mostram correlações fracas ou insignificantes. O RTI-E mostrou-se capaz de discriminar sujeitos com DA e sem DA, calculando-se áreas sob a curva ROC. Obteve-se pontos de corte variando conforme cada escala. A maior precisão (98,82%) foi encontrada em AIVD, relato cuidador, com sensibilidade 100% e especificidade 97,67%, para ponto de corte 5,26, porém, observando-se todos os valores, nota-se que o RTI-E mostra-se um instrumento mais específico do que sensível. Conclusão: Obteve-se uma versão final adaptada ao nosso meio, aprovada pela autora. O instrumento mostrou-se válido e fidedigno para avaliar a funcionalidade de idosos com DA, oferencendo informações importantes para planejamento de intervenções
Título em inglês
Translation, cross-cultural adaptation and validity of the routine task inventory - expanded (RTI-E) in elderly people with Alzheimer's disease
Palavras-chave em inglês
Activities of daily living
Alzheimer´s disease
Evaluation
Health of the elderly
Occupational therapy
Validation studies
Resumo em inglês
Background: Population aging presents challenges, such as functional impairment in routine tasks, due to chronic health conditions, like dementia of Alzheimer's disease (AD). In order to design appropriate intervention programs for the AD and his / her family, functionality should be evaluated. The Routine Task Inventory - Expanded (RTI-E) is an assessment that allows evaluating the performance in AVD, IADL, Communication and Working Readiness from the perspective of the patient, the caregiver and the therapist. Objective: To translate, cross-culturally adapt, measure the reliability and validity of the Brazilian version of RTI-E to evaluate the functionality in the elderly with AD dementia compared to the elderly without cognitive impairment. Methods: Translation and cross-cultural adaptation of the instrument was carried out, aiming to maintain semantic and conceptual equivalence to the original. The Chronbach's ? coefficient was used to evaluate the internal consistency and interrater reliability was obtained by ICC. Content validity was obtained by convergent validity (correlation with cognitive and functional assessments) and divergent (correlation with HAM-D). Criterion validity was obtained by concurrent validity. Results: There were 85 subjects, divided into 42 subjects, AD group (CDR = 1 or 2) and 43 control group subjects (CDR = 0) and their peers. Translated and cross-culturally adapted version of the RTI-E, approved by the author, was achieved. The RTI-E demonstrated high internal consistency in each analyzed scale, being the highest value in AIVD obtained by a caregiver report (alpha = 0.966) and high interrater reliability. The instrument showed convergent validity in relation to cognitive measures, the highest correlation was found in AIVD, caregiver report (r = 0.912, compared to CAMCOG and r = 0.911, compared to MMSE). About functional measures, the correlation was very strong in caregiver's report (AIVD X Lawton [r = 0.917]) and in therapist's observation (AIVD X DAFS-Br [r = 0.911]). Self-report scales showed weak or insignificant correlations. RTI-E was able to discriminate between subjects with AD and controls. Cut-off points were obtained varying according to each scale. The highest precision (98.82%) was found in AIVD, a caregiver report, with 100% sensitivity and 97.67% specificity, for cut-off point 5,26. However, observing all values, RTI-E shows to be more specific than sensitive. Conclusion: A final version adapted to our culture, approved by the author was obtained. The instrument was valid and reliable to evaluate the functionality of the elderly with AD, offering important information for planning interventions
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-08-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.