• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2009.tde-16062009-155639
Documento
Autor
Nome completo
Danielle Rossini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Tavares, Hermano (Presidente)
Cordas, Taki Athanassios
Oliveira, Maria Paula de Magalhães Tavares de
Título em português
Modelo de avaliação de eficácia terapêutica em jogadores patológicos: a contribuição da neuropsicologia
Palavras-chave em português
Impulso/psicologia
Jogo de azar/psicologia
Neuropsicologia/métodos
Questionários
Resultado de tratamento
Resumo em português
Avaliou-se como o tratamento de jogadores patológicos (JP) impacta processos mentais através de medidas neuropsicológicas associadas à impulsividade (tarefas tradicionais, computadorizadas e comportamentais) e a relação destas com variáveis tradicionais de tratamento (fissura, distorções cognitivas e comportamento de jogo). Compararam-se os resultados pré e pós-tratamento de 72 JP (56% homens) em tratamento ambulatorial. Observaram-se melhoras significativas em medidas neuropsicológicas de amplitude atencional, controle inibitório e adiamento de gratificação, bem como em medidas de auto-relato de comportamento de jogo, fissura, distorções cognitivas, afetividade negativa e impulsividade. Estas variáveis foram introduzidas em um modelo de análise de componentes principais (ACP) e os três fatores obtidos foram comparados entre respondedores e não respondedores a tratamento. Mostraram-se capazes de distinguí-los os fatores Distorções Cognitivas/Afetos Negativos e Fissura/Controle Inibitório, mas não o fator Inquietação Motora; indicando quais medidas clínicas e aspectos neuropsicológicos podem contribuir para avaliação da eficácia terapêutica, auxiliando na distinção entre JP recuperados e não recuperados. Descritores: neuropsicologia/métodos, jogo de azar/psicologia, impulso/psicologia, questionários, resultado de tratamento
Título em inglês
An assessment model of treatment for pathological gambling: a neuropsychological contribution
Palavras-chave em inglês
Gambling/psychology
Impulsivity/psychology
Neuropsychology/methods
Scales
Treatment outcome
Resumo em inglês
It was assessed how pathological gamblers (PG) treatment impact mental processes investigated by neuropsychological measures associated to impulsivity (traditional, computer and behavioral tasks) and their relation with traditional treatment variables (craving, cognitive distortions and gambling behaviour). The data of 72 PG (56% of man) undergoing outpatient treatment were analyzed. Statistically significative differences were observed in neuropsychological measures as attentional span, inhibitory control and reward delay, as well in self report scores as craving, cognitive distortions, negative affect and impulsivity, indicating positive changes. The variance of all data that varied significantly along gambling treatment were introduced to a principal component analysis (PCA). The three factors obtained were compared between recovered and non recovered gamblers. Recovered and non-recovered differed by the Cognitive Distortions/Negative Affect and Craving/Inhibitory Control, but not by Motor Restlessness factor; indicating that clinical measures and neuropsychological aspects could contribute to the assessment of therapeutic efficacy, helping to distinguish between recovered and non recovered PG
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DanielleRossini.pdf (1.29 Mbytes)
Data de Publicação
2009-06-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.