• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2004.tde-15092005-114632
Documento
Autor
Nome completo
Maria Conceição do Rosário Campos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Miguel Filho, Euripedes Constantino (Presidente)
Gonzalez, Christina Hajaj
Lafer, Beny
Leckman, James
Lotufo Neto, Francisco
Título em português
Estudo genético familiar de crianças e adolescentes com transtorno obsessivo-compulsivo (TOC).
Palavras-chave em português
Adolescência
Criança
Entrevistas
Grupos controle
Síndrome de Tourette/genética
Transtorno obsessivo-compulsivo/epidemiologia
Transtorno obsessivo-compulsivo/genética
Resumo em português
Este estudo avaliou 106 crianças e adolescents com TOC e 44 probandos controle. Estes probandos e seus 465 familiares de primeiro grau foram avaliados por entrevistadores treinados, usando entrevistas semi-estruturadas. Diagnósticos foram determinados pelo DSM-IV, pelo processo de estimativa de diagnóstico. Comparados aos "familiares controle", "familiares caso" tiveram risco significativamente aumentado para TOC (22.7% vs. 0.9%) e tiques (11.6% vs. 1.7%). Houve uma correlação significativa entre as idades de início do TOC nos probandos e seus familiares. Estes dados sugerem que o TOC de início precoce é um transtorno altamente familiar.
Título em inglês
A family study of early-onset obsessive-compulsive disorder.
Palavras-chave em inglês
Adolescent
Child
Control groups
Interviews
Obsessive-compulsive disorder/epidemiology
Obsessive-compulsive disorder/genetics
Tourette Syndrome/genetics
Resumo em inglês
The current study examined 106 children and adolescents with OCD and 44 control probands. These probands and their 465 first-degree relatives were assessed by trained interviewers, using standardized semi-structured interviews. Diagnoses were assigned according to DSM-IV criteria, through the best-estimate process. Compared to control relatives, case relatives had higher age-corrected recurrence risks of OCD (22.7% vs. 0.9%) and tics (11.6% vs. 1.7%). There was a significant correlation between the ages of onset of OCD in probands and their affected relatives. These data suggest that childhood onset OCD is a highly familial disorder.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TeseOutono.pdf (603.94 Kbytes)
Data de Publicação
2005-10-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.