• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2006.tde-08012007-151912
Documento
Autor
Nome completo
Rogério Shigueo Morihisa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Scivoletto, Sandra (Presidente)
Malbergier, André
Nicastri, Sergio
Título em português
Estudo de comorbidades psiquiátricas entre adolescentes com transtornos por uso de substâncias psicoativas atendidos em um hospital universitário
Palavras-chave em português
Diagnóstico duplo (psiquiatria)
Estudantes
Prevalência
Saúde do adolescente
Transtorno da conduta
Transtornos relacionados ao uso de substâncias
Resumo em português
Muitos estudos demonstram a associação entre o abuso de drogas em adolescentes e sintomas de baixa auto-estima, depressão, comportamento anti-social, rebeldia, agressividade, criminalidade, delinqüência, evasão e baixo rendimento escolar. Em adolescentes, os transtornos por uso de substâncias psicoativas freqüentemente co-ocorrem com outros transtornos psiquiátricos, sendo o transtorno de conduta e os transtornos de conduta na vida - três ou mais sintomas de transtorno de conduta na vida - as comorbidades mais freqüentemente associadas ao transtorno por uso de substâncias em adolescentes. O objetivo deste estudo é descrever as características dos adolescentes usuários de drogas em tratamento quanto ao padrão de consumo de drogas, conseqüências do uso e comorbidades psiquiátricas presentes, bem como analisar o diagnóstico de transtorno de conduta na vida segundo gênero, idade de início do uso de drogas e tipos de drogas consumidas. Foram avaliados 187 adolescentes. As variáveis estudadas foram: idade de início do uso de drogas e da procura de tratamento, companhia do primeiro uso, tipos de drogas consumidas, envolvimento em atos ilícitos, problemas com a polícia, atraso escolar, comorbidades e transtorno de conduta na vida. O sexo masculino foi mais prevalente do que o feminino (76,5% e 23,5%, respectivamente). A idade média na admissão foi de 15,4 ± 1,4 anos e a idade de primeiro uso foi de 13,7 ± 1,7 anos. A primeira droga ilícita consumida foi a maconha. Aproximadamente 59% deles já haviam praticado algum tipo de roubo alguma vez na vida. Ainda mais, 38,6% dos adolescentes já haviam sido presos e 32,3% possuía história pregressa de tráfico de drogas, 39,0% apresentaram diagnóstico de transtorno por uso de múltiplas substâncias, 24,1% tinham comorbidade com depressão e 9,6% com transtorno de conduta. Quando se inclui os critérios diagnósticos para transtorno de conduta na vida, a prevalência do diagnóstico de transtorno de conduta na população estudada aumenta para 65,2% (intervalo de confiança de 58,4% - 72,0%, com coeficiente de confiança de 95%), sendo que os meninos apresentam uma prevalência maior que as meninas. As médias de idade de início de drogas entre estes adolescentes, bem como os tipos de drogas consumidas não diferem das idades médias da amostra total de todos os adolescentes. Em termos gerais, tabaco, álcool, maconha e cocaína são usados antes do primeiro roubo, do primeiro tráfico e da primeira prisão. Os dados sugerem a necessidade de realizar uma avaliação neuropsiquiátrica detalhada e abrangente antes de considerar o jovem como simplesmente portador de um transtorno de conduta, pois os sintomas deste transtorno podem estar presentes em muitas síndromes psiquiátricas.
Título em inglês
Study of psychiatric comorbidities among outpatients adolescents with substance use disorders assisted at an university-based hospital
Palavras-chave em inglês
Conduct disorder
Diagnosis dual (psychiatry)
Prevalence
Students
Substance-related disorders
Teen health
Resumo em inglês
Many studies demonstrate relationship among substance misuse in adolescents and symptoms of low self-esteem, depression, antisocial behavior, rebelliousness, aggressiveness, crime, delinquency, school evasion and low school income. In adolescents, substance use disorders frequently co-occur with other psychiatric disorders, with conduct disorders and inlifetimel, conduct disorders ? three or more lifetime symptoms of conduct disorders ? the most prevalent co morbidities associated with substance use disorders. The objective of this study to describe the characteristics of adolescents substance abusers in treatment considering the pattern of drug abuse, consequences of this use, prevalence of psychiatric co morbidities, as well as analyzing lifetime conduct disorder by gender, age at the first drug use, and types of drugs used. One hundred eight seven adolescents had been evaluated. The following variables were accessed: age at the first drug use and they looked for treatment, with whom they first used drugs, drugs ever consumed, illegal behaviors, court problems, scholar delay, co-morbidities and lifetime conduct disorder. Male were more prevalent than female (76.5% and 23.5%, respectively). The mean age at the admission to the program was 15,4 ± 1,4 the mean age at the first time they used illegal drug was 13,7 ± 1,7 years. The first illicit drug consumed was marijuana. Approximately 59% of them had a lifetime history of robbery, 38.6% of the adolescents had a lifetime history of detention and 32.3% had a lifetime prevalence of drug traffic. In addition, 39.0% was diagnosed with multiple substance use disorder, 24.1% had comorbidy depression and 9.6% had comorbidy conduct disorder. Considering the diagnoses of lifetime conduct disorder, the prevalence of conduct disorders increases for 65,2% (confidence interval: 58,4% - 72,0%, with confidence coefficient of 95%), with boys presenting upper tax than girls. The mean age of first drug use among adolescents, as well as the types drugs abused weren?t statistically different of the mean age of the total sample. In general, first tobacco, alcohol, marijuana and cocaine use preceded the first robbery episode, first drug traffic episode and the first detention. These data suggest the necessity of carefully neuropsychiatric evaluation before considering young with conduct disorder, therefore the symptoms of this disorder can be found in many psychiatric syndromes.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-01-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.