• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2008.tde-28052008-141006
Documento
Autor
Nome completo
Andreia Watanabe
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Koch, Vera Hermina Kalika (Presidente)
Barros, Rui Toledo
Nogueira, Paulo Cesar Koch
Título em português
Análise crítica da prescrição de diálise peritoneal crônica em pacientes pediátricos
Palavras-chave em português
Crescimento
Diálise peritoneal
Falência renal crônica
Prognóstico
Taxa de depuração metabólica
Uréia/análise
Resumo em português
Introdução: Diálise peritoneal (DP) é modalidade de terapia renal substitutiva útil em crianças em estágio final de doença renal. O estado nutricional e o crescimento são considerados como marcadores prognósticos na adequação em diálise pediátrica, que dependem da sua prescrição, do controle da volemia e pressão arterial e do manejo dos distúrbios metabólicos e eletrolíticos. Objetivo: Descrever a prescrição da DP e parâmetros de adequação dos pacientes seguidos na Unidade de Nefrologia Pediátrica do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP; analisar os resultados hemodinâmicos e antropométricos iniciais e finais; comparar os parâmetros observados na adequação da DP com aqueles sugeridos pela literatura em DP Crônica pediátrica. Métodos: Análise retrospectiva baseada na avaliação de prontuário durante o período entre janeiro de 1998 e maio de 2005, incluindo pacientes em DP por mais de 6 meses. Dados antropométricos, pressão arterial sistêmica, volume de infusão, pressão intra-abdominal (PIA), Teste do Equilíbrio Peritoneal (PET) e Kt/V semanal de uréia e mudanças de prescrição dialítica peritoneal foram analisadas. Resultados: foram analisados dados de 30 pacientes pediátricos, 17/30 (56,7%) sexo masculino. Uropatia foi a etiologia de doença renal crônica em 66,7% dos pacientes. A membrana peritoneal foi caracterizada como alto transportador em 5/18 pacientes, médio/alto transportador em 9/18 pacientes, médio/baixo transportador em 1/18 pacientes e baixo transportador em 3/18 pacientes. O Kt/V de uréia semanal foi > 2,1 em todos os pacientes em que este índice foi coletado. Pressão arterial sistêmica acima do p95 foi observada em 5/30 pacientes. Quatro dos cinco pacientes com hipertensão arterial apresentavam glomerulopatia como etiologia de doença renal crônica. O índice de massa corpórea e o índice de peso para estatura iniciais e finais foram preservados na maioria dos pacientes. Conclusão: Manejo clínico ótimo parece ser mais importante para adequação de DP pediátrica que índices de adequação baseados em estimativa de remoção de pequenos solutos.
Título em inglês
Critical analysis of chronic peritoneal dialysis prescription in pediatric patients.
Palavras-chave em inglês
Chronic kidney failure
Growth
Metabolic clearance rate
Peritoneal dialysis
Prognosis/urea analysis
Resumo em inglês
I ntroduction: Peritoneal dialysis (PD) is an useful modality of renal replacement therapy in pediatric end-stage renal disease. Growth and nutritional state are considered outcome markers of adequacy in pediatric dialysis, which depends on the dialysis prescription, volume and blood pressure control and management of metabolic and electrolyte disorders. Objective: To describe the PD prescription and adequacy parameters of patients followed by the Pediatric Nephrology Unit of "Instituto da Criança" of "Hospital das Clínicas" of University of São Paulo; to analyze initial and final anthropometric and hemodynamic results; to compare the observed PD adequacy parameters with those suggested by the pediatric chronic PD literature. Methods: Retrospective analysis based on patients' files evaluation covering the period between January 1998 and May 2005 and including patients on PD for more than 6 months. Data on anthropometry, systemic blood pressure, infusion volume, intraperitoneal pressure (IPP), peritoneal equilibration test (PET), weekly Kt/V urea and changes in peritoneal dialysis prescription were analyzed. Results: Data from 30 pediatric patients were analyzed, 17/30 (56,7%) boys. Uropathy was the etiology of chronic renal disease in 66,7% patients. The infusion volume was > 1000 ml/m2 in 9 patients. The peritoneal membrane was characterized as a high transporter in 5/18 patients, high/average transporter in 9/18 patients, low/average transporter in 1/18 patients and low transporter in 3/18 patients. The weekly Kt/V urea was >2,1 in all patients for whom this parameter was collected. Systemic blood pressure was above p95 in 5/30 despite antihypertensive medication. Four of 5 patients with high blood pressure had chronic renal failure related to glomerulopathy. The initial and final body mass index and weight to height index were preserved in most of the patients. Conclusion: Optimal clinical management seems to be more important for pediatric PD adequacy than adequacy indexes based on estimation of small solute removal.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
andreiawatanabe.pdf (503.74 Kbytes)
Data de Publicação
2008-06-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.