• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2018.tde-15082018-091618
Documento
Autor
Nome completo
Petrovane Morais de Tôrres
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Delgado, Artur Figueiredo (Presidente)
Ferreira, Juliana Caires de Oliveira Achili
Taminato, Monica
Troster, Eduardo Juan
Título em português
Administração de terapia nutricional em crianças gravemente doentes: fatores que prejudicam a oferta de nutrientes
Palavras-chave em português
Criança hospitalizada
Enfermagem
Nutrição enteral
Nutrição parenteral
Pediatria
Terapia nutricional
Unidades de terapia intensiva
Resumo em português
1) Introdução: A subnutrição em pacientes hospitalizados é comum, independente das condições econômicas do país. Os pacientes gravemente doentes são altamente predispostos a desenvolver subnutrição. E a descontinuidade da administração da terapia nutricional (TN) em unidade de terapia intensiva pediátrica (UTIP) está associada a vários fatores como: distúrbios digestórios, interrupções para procedimentos diagnósticos/terapêuticos, bem como pausa para administração de medicamentos. Objetivo: Identificar as possíveis causas da infusão incompleta da terapia nutricional no paciente gravemente doente. Métodos: Estudo prospectivo, realizado entre abril de 2015 a abril de 2017, foi avaliado sequencialmente a oferta de terapia nutricional enteral e/ou terapia nutricional parenteral com ênfase no volume efetivamente não administrado e as possíveis causas de oferta incompleta da TN. Resultados: Foram avaliados 120 pacientes com média de Z-escore para peso/estatura (-0,5) e desvio padrão (4.12) que apresentaram perdas significativas de terapia nutricional enteral (TNE) e/ou parenteral (TNP) no primeiro e terceiro dias de administração. A principal causa de perda foi a interrupção por procedimentos ou complicações do paciente na unidade de terapia intensiva pediátrica (UTIP). Conclusões: 1) Ocorreu administração incompleta de TN no primeiro e terceiro dias de avaliação em crianças gravemente doentes. 2) Procedimentos e complicações digestivas foram causas importantes de administração incompleta de TNE. 3) Pausa para administração de medicamentos repercutiu na administração incompleta da TNP. 4) O estudo enfatizou a necessidade de envolvimento de todos os profissionais no processo para garantir o aporte de macro e micronutrientes durante a administração da TN
Título em inglês
Administration of nutrition therapy to severely ill children: factors that impair adequate intake of nutrients
Palavras-chave em inglês
Child hospitalized
Enteral nutrition
Intensive care units
Nursing
Nutrition therapy
Parenteral nutrition
Pediatric
Resumo em inglês
Introduction: Undernutrition is common among hospitalized patients regardless of the economic conditions of a given country. Severely ill patients are predisposed to experience undernutrition. And the discontinuity of nutrition therapy (NT) in the pediatric intensive care setting is associated with several factors, such as gastrointestinal disorders, interruptions for diagnostic/therapeutic procedures, and pauses for the administration of medications. Aim: To identify possible causes of incomplete infusion of nutritional therapy (NT) for severely ill patients. Methods: A prospective study, conducted between April 2015 and April 2017, was sequentially evaluated the offer of enteral nutrition therapy (ENT) and/or parenteral nutrition therapy (PNT) with emphasis on the volume not effectively administered and the possible causes of incomplete offer of (TN). Results: One hundred twenty patients with a mean Z-score for weight/height of 0.5 (standard deviation, 4.12) who presented significant losses of ENT and PNT nutrition on the first and third days of administration. The main cause of losses was interruptions due to procedures or complications of the patient in the pediatric intensive care unit (PICU). Conclusion: 1) Incomplete TN administration occurred on the first and third day of evaluation in critically ill children. 2) Digestive procedures and complications were important causes of incomplete administration of TNE. 3) Pause for administration of drugs has repercussions on incomplete administration of NPT. 4) The study emphasized the need to involve all professionals in the process to ensure macro and micronutrient inputs during TN administration
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-08-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.