• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2003.tde-23092014-144523
Documento
Autor
Nome completo
Renato Ribeiro Gonçalves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2003
Orientador
Banca examinadora
Zumiotti, Arnaldo Valdir (Presidente)
Croci, Alberto Tesconi
Caetano, Edie Benedito
Título em português
Estudo anatômico das dimensões e do padrão vascular do retalho lateral do braço ampliado distalmente ao epicôndilo lateral
Palavras-chave em português
Braço/anatomia e histologia
Cadáver
Retalho cirúrgico
Resumo em português
Foram realizadas dissecções anatômicas de 45 membros superiores de cadáveres, com o objetivo de avaliar as dimensões e o padrão vascular da porção distal ao epicôndilo lateral do retalho lateral do braço. Todos os casos deste estudo eram do sexo masculino, com idade superior a 21 anos. Os casos foram divididos em grupos A, B, e C e submetidos a injeção de contraste diretamente na artéria colateral radial posterior. Nos cadáveres do Grupo A, foi injetado contraste a base de azul de metileno e serviu para avaliar o maior comprimento e largura de pele corada pelo contraste, tendo como local para início das medidas o epicôndilo lateral do úmero. No Grupo B foi utilizada a mesma metodologia do Grupo A, sendo acrescentado para cada cadáver em estudo, uma ficha com os dados antropométricos e serviu para avaliar a extensão de pele corada pelo contraste e correlacioná-la com os dados antropométricos individuais. Nos cadáveres do Grupo C foi utilizado contraste a base de látex e serviu para avaliar o padrão vascular da artéria colateral radial posterior encontrado distalmente ao epicôndilo lateral. Em todos os casos a pele foi corada pelo contraste distalmente ao epicôndilo lateral, com o comprimento variando de 4 cm a 12 cm, com média de 7,5 cm e a largura variando de 3 cm a 10 cm, com média de 6 cm. Houve em todas as dissecções um padrão plexiforme da artéria colateral radial posterior distalmente ao epicôndilo lateral. Ocorreu uma correlação entre os comprimentos do braço e do antebraço e as dimensões da área corada pelo contraste, distalmente ao epicôndilo lateral. O autor conclui que é possível a confecção do retalho lateral do braço na forma ampliada, incluindo a pele da região proximal do antebraço, sendo os limites de 7,5 cm de comprimento por 6 cm de largura, distalmente ao epicôndilo lateral, limites seguros para a confecção deste tipo de retalho. A artéria colateral radial posterior apresenta um padrão arterial plexiforme, distalmente ao epicôndilo lateral do úmero. Existe uma relação direta entre o comprimento do retalho lateral do braço ampliado distalmente ao epicôndilo lateral e os comprimentos do braço e do antebraço
Título em inglês
Anatomic study of the dimensions and the vascular pattern of distal part to lateral epicondyle of the extended lateral arm flap
Palavras-chave em inglês
Arm/anatomy and histology
Cadaver
Surgical flap
Resumo em inglês
Anatomical dissections of forty-five upper limbs of cadavers were made in order to evaluate the dimensions and the vascular pattern of distal part to lateral epicondyle of lateral arm flap. All cases of this study were male, with more than twenty-one years old. The cases were divided into groups A, B and C and they were submitted to a contrast injection directly on posterior radial collateral artery. Into cadavers of Group A it was injected contrast a basis of methylene blue to evaluate the longest length and width of coloured skin by contrast. The place for beginning of measures was the lateral epicondyle of humerus. In the group B, it was used the same methodology of group A, and a record card with anthropometric data of each cadaver. With them it was possible to evaluate the extension of coloured skin by contrast and correlate it with individual anthropometric data. In the cadavers of group C was used contrast a basis of latex in order to evaluate the vascular pattern of posterior radial collateral artery which was found distally to lateral epicondyle. In all cases the skin was coloured by contrast distally to lateral epicondyle, with the length changing from 4 cm to 12 cm, mean length was 7,5 cm and the width changing from 3 cm to 10 cm, mean width was 6 cm. In all dissections, there was a plexiform pattern of posterior radial collateral artery distally to lateral epicondyle. There was a correlation between the length of forearm and the dimensions of coloured area by contrast distally to lateral epicondyle. The author concluded that it is possible the confection of lateral arm flap in enlarged way, including the skin of proximal region of forearm, distally to lateral epicondyle, with distal limits 7,5 cm of length to 6 cm of width to lateral epicondyle, secure limits for confection of this flap. The posterior radial collateral artery presents a plexiform arterial pattern, distally to lateral epicondyle. There is a direct relation between the length of lateral arm flap enlarged distally to lateral epicondyle and the legths of arm and forearm
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
RenatoRibeiroGoncalves.pdf (1,014.11 Kbytes)
Data de Publicação
2014-09-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.