• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Renata Miossi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Shinjo, Samuel Katsuyuki (Presidente)
Kayser, Cristiane
Pereira, Rosa Maria Rodrigues
Sallum, Adriana Maluf Elias
Título em português
Capilaroscopia periungueal em pacientes com dermatomiosite recém-diagnosticada: estudo transversal e prospectivo
Palavras-chave em português
Capilares
Capilaroscopia periungueal
Citocinas
Dermatomiosite
Miosite
Resumo em português
Objetivos. Analisar prospectivamente os dados de capilaroscopiaperiungueal (CPU) em pacientes com dermatomiosite recém-diagnosticada (DM) e correlacioná-los com citocinas angiogênicas séricas e características clínicas e laboratoriais. Métodos. Vinte e três pacientes com DM com < 12 meses de sintomas foram incluídos no estudo. Para avaliar os níveis de citocinas séricas, os pacientes foram pareados 23 voluntários saudáveis por idade, sexo e etnia. As características da CPU e os parâmetros da atividade da DM foram analisados. Resultados. Foram observados níveis aumentados de angiogenina (ANG) e de fator de crescimento de endotélio vascular-1 (VEGF1) séricos de forma significativa em pacientes com DM em comparação com os controles saudáveis. Os níveis de ANG sérica correlacionaram-se positiva e negativamente, respectivamente, com a densidade capilar e as áreas avasculares. Além disso, a densidade capilar correlacionou-se inversamente com o número de capilares ectasiados, capilares gigantes e áreas avasculares. O número de capilares ectasiados correlacionou-se positivamente com a Escala Visual Analógica (EVA) do paciente e do médico, a presença de eritema facial, capilares gigantes e micro-hemorragias. Os capilares gigantes apresentaram correlação positiva com EVA do médico e da atividade cutânea, capilares ectasiados, áreas avasculares, micro-hemorragias e capilares em forma de arbustos e correlação negativa com a densidade capilar. Micro-hemorragias correlacionaram-se positivamente com o sinal de "V do decote" e EVA do médico. O VEGF1 sérico não mostrou relação com os parâmetros da CPU ou com características clínicas e laboratoriais relacionadas a DM. Além disso, 15 dos 23 pacientes foram avaliados prospectivamente após 3,21 anos. Todos os pacientes tiveram resposta clínica com melhora significativa em todos os parâmetros da CPU, exceto em relação a capilares ectasiados e número de capilares em forma de arbustos. Conclusões. A CPU pode ser uma ferramenta útil para avaliar a atividade da doença em DM de início recente e a sua correlação com a ANG sérica sugere a participação desta citocina na neoangiogênese da doença
Título em inglês
Nailfold capillary changes in the adult newly onsetdermatomyositis: a prospective cross-sectional study
Palavras-chave em inglês
Capillaries
Cytokines
Dermatomyositis
Myositis
Nailfold capillaroscopy
Resumo em inglês
Objectives. To prospectively analyze nailfold capillaroscopy (NC) findings in new-onset dermatomyositis (DM) and to correlate NC findings with serum angiogenic cytokines and DM clinical and laboratory features. Methods. Twenty-three patients with DM who experienced < 12 months of symptoms were included in the study. To assess serum cytokine levels, 23 age-, sexand ethnicity-matched healthy volunteers were used. NC characteristics and DM activity parameters were analyzed. Results. Significantly higher serum angiogenin (ANG) and vascular endothelial growth factor-1 (VEGF1) levels were observed in DM patients than in controls. Capillary density and avascular areas correlated positively and negatively, respectively, with serum levels of ANG. Moreover, the capillary density correlated inversely with the number of enlarged and giant capillaries and avascular areas. The number of enlarged capillaries correlated positively with patient and physician VAS, the presence of a facial rash, giant capillaries and microhemorrhages. Giant capillaries had a positive correlation with physician and cutaneous VAS, enlarged capillaries, avascular areas, microhemorrhages and bushy capillaries and a negative correlation with capillary density. Microhemorrhages correlated positively with the "V-neck" sign and physician VAS. VEGF1 showed no relationship with the NC parameters with DMrelated clinical and laboratory features. Additionally, 15 out of 23 patients were assessed prospectively after 3.21 years. All patients had a major clinical response with significant improvement in all NC parameters, except for enlarged and bushy capillaries. Conclusions. The NC may be a useful tool to assess disease activity in recent-onset DM, and it can also reinforce the role of ANG in the angiogenesis of this myopathy
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
RenataMiossi.pdf (1.28 Mbytes)
Data de Publicação
2019-04-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.