• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.5.2018.tde-13062018-104951
Documento
Autor
Nombre completo
Bruno Sergio Ferreira Massa
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2018
Director
Tribunal
Guarniero, Roberto (Presidente)
Malavolta, Eduardo Angeli
Godoy Junior, Rui Maciel de
Matos, Marcos Antonio Almeida
Título en portugués
O uso da radiografia inlet no controle radiográfico do quadril na displasia do desenvolvimento do quadril
Palabras clave en portugués
Doenças do desenvolvimento ósseo
Período pós-operatório
Quadril
Radiografia
Resumen en portugués
Introdução: A displasia do desenvolvimento do quadril (DDQ) acomete de 1,5 a 2,5, em cada 1000 nascidos vivos. O tratamento pode variar desde o uso do suspensório até a redução cruenta, associada ou não a osteotomias da bacia e do fêmur. A avalição da redução, após as reduções incruentas ou cruentas, é feita por meio de radiografias uniplanares e complementada com imagens de tomografia ou de ressonância magnética. Uma incidência radiográfica, geralmente não usada para essa finalidade, pode ajudar nessa avaliação: a radiografia Inlet. Este estudo tem como objetivo avaliar a eficácia da radiografia Inlet, em comparação com a tomografia, método utilizado atualmente em nosso serviço para essa avaliação. Secundariamente, busca avaliar a reprodutibilidade da avaliação, através de correlações intra e inter observadores. Métodos: Foram avaliados pacientes com diagnóstico de DDQ, operados entre 2013 e 2015. Todos os pacientes foram submetidos à incidência radiográfica Inlet pós-operatória e a tomografia. Foram realizadas avaliações cegas, em imagens distribuídas randomicamente intra e entre avaliadores, correlacionadas pelo índice Kappa (IC 95%). Foi também realizado um consenso entre os avaliadores que foi comparado com os resultados da tomografia. Essa correlação foi avaliada pelo índice Kappa ponderado (IC 95%) e assim foram obtidas as medidas diagnósticas: sensibilidade, especificidade, valor preditivo positivo (VPP), valor preditivo negativo (VPN), likelihood positivo (LR+) e likelihood negativo (LR). Resultados: Foram obtidas 25 radiografias de um total de 22 pacientes, que foram incluídas neste estudo. A idade média de tratamento foi de 2,95 anos e variou entre um e cinco anos, com maior prevalência no sexo feminino e maior incidência no lado esquerdo. As avaliações intra e inter-observadores tiveram valores semelhantes e com índice Kappa alto, 0,834 (IC 95%). A correlação entre o consenso e a tomografia mostrou alta concordância Kappa = 0,834 (IC95%), com 100% de sensibilidade, especificidade de 95,5% e valor preditivo negativo de 100 (83,9-100). Conclusão: A incidência radiográfica Inlet se mostrou um método viável e confiável, em comparação com a tomografia computadorizada para a avaliação pós-operatória da redução, na displasia do desenvolvimento do quadril
Título en inglés
Inlet radiographs in the assessment of reduction after the surgical treatment of developmental dysplasia of the hip
Palabras clave en inglés
Bone diseases developmental
Hip
Postoperative period
Radiography
Resumen en inglés
Introduction: Development dysplasia of the Hip (DDH) affects 1.5 to 2.5 per 1000 live births. The treatment varies according to the age and can range from the use of the suspensory to open reduction associated with pelvic osteotomies and, or femur osteotomies. The evaluation of the reduction after the surgeries is done by means of uniplanar radiographs and complemented with tomography or magnetic resonance images. A complementary radiograph not used for this purpose may help in this evaluation: Inlet radiography. This study aims to evaluate the effectiveness of the Inlet radiography in comparison to the Tomography method currently used in our service for this evaluation. Secondarily, it seeks to evaluate the reproducibility of the evaluation through intra and inter-observer correlations. Methods: Patients with a diagnosis of DDQ operated between 2013 and 2015 were evaluated. All patients underwent postoperative inlet radiography and tomography. Blind evaluations were performed on images randomly distributed intra and between evaluators correlated by Kappa index (95% CI). A consensus was also reached among the evaluators and this was compared with the results of tomography as a gold method. This correlation was evaluated by the weighted Kappa index (95% CI) and the diagnostic measures, sensitivity, specificity, positive predictive value (PPV), negative predictive value (NPV), positive likelihood (LR +) and negative likelihood (LR) were obtained. Results: A total of 25 radiographs obtained from 22 patients were included in the study. The mean age of treatment was 2.95 years and ranged from one to five years, with a higher prevalence in females and a higher incidence on the left side. Intra and interobserver evaluations obtained similar values and high Kappa = 0.834 (95% CI). The correlation between consensus and tomography showed high Kappa agreement = 0.834 (95% CI), with 100% sensitivity, 95.5% specificity and negative predictive value of 100 (83.9-100). Conclusion: Inlet radiography proved to be a viable and reliable method compared with CT for postoperative evaluation of hip reduction in Developmental Hip Dysplasia
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2018-06-13
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2019. Todos los derechos reservados.