• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2015.tde-04082015-111805
Documento
Autor
Nome completo
Fabio Janson Angelini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Albuquerque, Roberto Freire da Mota e (Presidente)
Oliveira, Victor Marques de
Rezende, Márcia Uchôa de
Camargo, Osmar Pedro Arbix
Hernandez, Arnaldo Jose
Título em português
Uso do fixador externo articulado no tratamento cirúrgico da instabilidade multiligamentar crônica do joelho
Palavras-chave em português
Contenções
Ensaio clínico
Fixadores externos
Ligamento cruzado posterior/cirurgia
Ligamento cruzado posterior/lesões
Luxação do joelho/cirurgia
Luxação do joelho/reabilitação
Resumo em português
INTRODUÇÃO: A instabilidade multiligamentar do joelho, normalmente, é provocada por um trauma que determina sua luxação, um evento pouco frequente, mas, que pode trazer sequelas devastadoras. Mesmo com o tratamento cirúrgico preconizado é alto o índice de complicações. A mobilização precoce no pósoperatório provoca afrouxamento dos ligamentos reconstruídos, o que leva à instabilidade residual. A imobilização melhora a estabilidade, mas provoca dor e rigidez. Este trabalho tem o objetivo de avaliar se o uso do fixador externo articulado proporciona melhora na mobilidade, estabilidade e na função subjetiva de pacientes submetidos à reconstrução ligamentar. MÉTODOS: Neste ensaio clínico randomizado com grupos paralelos, 33 pacientes do ambulatório do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo com mais que 3 semanas de lesão dos ligamentos cruzados anterior e posterior associado à lesão de ligamento colateral fibular e/ ou ligamento colateral tibial foram submetidos à cirurgia de reconstrução multiligamentar, após alocação cega aleatória ao grupo 0 - controle (18 pacientes), com órtese rígida ou ao grupo 1 - fixador externo articulado por 6 semanas (15 pacientes), no período entre novembro de 2010 e novembro de 2013. Após seguimento mínimo de um ano de pós-operatório, a estabilidade dos ligamentos reconstruídos foi avaliada ao exame físico, foram mensurados os déficits de extensão e de flexão residual em relação ao joelho contralateral não acometido e foi aplicado o questionário específico para sintomas do joelho de Lysholm. RESULTADOS: Não houve diferença na avaliação da estabilidade articular nem na extensão entre os grupos. No grupo 1, o déficit de flexão passiva foi menor (4,8º +- 5,4º contra 18,2 +- 14,8º, p < 0,05) com mais pacientes, obtendo déficit de flexão considerado normal, de até 5º (64% contra 18%, p < 0,05) e com classificação excelente ou boa no questionário de Lysholm (73% contra 35%, p < 0,05). CONCLUSÕES: Comparado ao protocolo de reabilitação com órtese rígida removível, o uso do fixador externo articulado no tratamento cirúrgico das lesões multiligamentares do joelho proporciona os mesmos resultados de estabilidade ligamentar, aumenta a amplitude de movimento final, com manutenção da extensão e redução do déficit de flexão e proporciona melhores resultados funcionais
Título em inglês
Articuled external fixator for treatment of the chronic multiple ligament-injured knee
Palavras-chave em inglês
Clinical trials
External fixators
Knee dislocation /rehabilitation
Knee dislocation/surgery
Posterior cruciate ligament/surgery
Posterior cruciate liagament/injury
Restraints
Resumo em inglês
INTRODUCTION: Multiligament knee instability is normally caused by a trauma which results in its dislocation, an infrequent event, but one which can have devastating aftereffects. Even with the recommended surgical treatment the rate of complications is high. Early post-operative mobilization provokes loosening of the reconstructed ligaments, which leads to residual instability. Immobilization improves the stability, but causes pain and stiffness. This study aims to assess whether the use of an articulated external fixator provides improvements in the mobility, stability and the subjective function of the patients submitted to ligament reconstruction. METHODS: In this randomized clinical trial with parallel groups, 33 patients of the outpatient clinic of the Institute of Orthopaedics and Traumatology of the Hospital das Clínicas of the University of Sao Paulo with more than 3 weeks of injury to the anterior cruciate ligaments and the posterior cruciate ligaments associated with injury to the fibular collateral ligament and/or medial collateral ligament, were submitted to multiligament reconstruction surgery, after blind random allocation to either: Group 0 - control (18 patients), with rigid bracing, or to Group 1 - articulated external fixator for 6 weeks (15 patients), in the period from November, 2010 to November 2013. The stability of the reconstructed ligaments were assessed after 1 year postoperatively by physical examination, the deficit of residual extension and flexion was measured in relation to the unaffected contralateral knee and the Lysholm knee scoring scale questionnaire was applied. RESULTS: There was no difference in the assessment of joint stability or of the extension between the groups. In group 1 the passive flexion deficit was less (4.8º +- 5.4º versus 18.2 +- 14.8º, p<0.05) with more patients obtaining a flexion deficit considered normal, or up to 5º (64% versus 18%, p<0.05) and with excellent or good classification in the Lysholm knee scoring scale questionnaire (73% versus 35%, p<0.05). CONCLUSIONS: Compared to the rehabilitation protocol with removable rigid bracing, the use of an articulated external fixator in the treatment of multiligament knee injuries provides equal results for ligament stability, increases the amplitude of the Range of Motion, maintains the extension and reduces the flexion deficit, and provides better functional result
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-08-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.