• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2007.tde-28052007-152832
Documento
Autor
Nome completo
Cassiana Rosa Galvão Giribela
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Melo, Nilson Roberto de (Presidente)
Colombo, Fernanda Marciano Consolim
Lopes, Ceci Mendes Carvalho
Título em português
Avaliação da função endotelial venosa em mulheres saudáveis em uso de anticoncepcional hormonal combinado oral
Palavras-chave em português
Anticoncepcionais combinados orais
Endotélio
Resumo em português
Aumento no risco de tromboembolismo venoso têm sido descrito em usuárias de anticoncepcionais hormonais combinados orais de terceira geração. Como a disfunção endotelial é reconhecida como o primeiro passo para o desenvolvimento da doença cardiovascular e de trombose, nosso objetivo foi analisar a função endotelial venosa em mulheres saudáveis em uso do anticoncepcional hormonal combinado oral contendo 15 ug etinilestradiol associados a 60 ug gestodeno. Avaliou-se a função endotelial venosa em 21 mulheres saudáveis pela técnica da complacência venosa da veia do dorso da mão, em estudo prospectivo caso-controle. Em 12 delas estudou-se a função endotelial venosa no momento basal e ao final do 4º mês do uso do anticoncepcional (grupo-caso). Em outras nove, usuárias de dispositivo intra-uterino T de cobre (grupo-controle), a função endotelial venosa foi avaliada no mesmo intervalo. Construíram-se curvas doses-resposta para acetilcolina e nitroprussiato de sódio após a pré-constrição da veia com fenilefrina. No grupo de usuárias de anticoncepcional hormonal houve diminuição da venodilatação máxima em resposta à acetilcolina e ao nitroprussiato de sódio, porém, essa mudança não foi estatisticamente significante (p > 0,05). No grupo-controle não se detectaram mudanças significantes na venodilatação máxima entre o momento basal e o 4° mês. Assim, nosso estudo não mostrou mudanças significantes na função endotelial venosa em mulheres saudáveis em uso de anticoncepcional hormonal combinado oral em relação às não usuárias, avaliadas pela técnica da complacência venosa de uma veia do dorso da mão.
Título em inglês
Effect of a low dose oral contraceptive on venous endothelial function in healthy women
Palavras-chave em inglês
Contraceptives oral hormonal
Endothelium
Resumo em inglês
An increase in the incidence of venous thromboembolic events has been reported among users of third generation oral contraceptives. As endothelial dysfunction is recognized as an initial step in the development of cardiovascular disease and venous thromboembolism, our goal was to evaluate the effect of an oral contraceptive (15 ug ethinyl estradiol/ 60 ug gestodene) on the venous endothelial function of healthy women. Twenty one women were evaluated by the dorsal hand vein technique. In twelve women venous endothelial function was studied at baseline and after 4 months of oral contraceptives use. Nine users of intrauterine device (control group) had their venous endothelial function evaluated twice, in a similar time interval. After preconstriction of the vein with phenylephrine, dose-response curves for acetylcholine and sodium nitroprusside were constructed. In the oral contraceptive group, the maximum venodilation response to acetylcholine and sodium nitroprusside decreased after a four months but this change was not statistically significant (p > 0,05). In the control group no significant changes were detected in maximum venodilation responses in a 4-month study interval. Therefore in our study, the use of oral contraceptives was not associated with significant changes in venous endothelial function accessed by the dorsal hand vein technique.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-06-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.