• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2014.tde-20012015-155617
Documento
Autor
Nome completo
Ana Maria da Silva Sousa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Francisco, Rossana Pulcineli Vieira (Presidente)
Abrão, Karen Cristine
Galletta, Marco Aurélio Knippel
Título em português
Influência da orientação telefônica sobre os resultados da automonitorização glicêmica de pacientes com diabetes mellitus gestacional
Palavras-chave em português
Automonitorização da glicemia
Diabetes gestacional
Ensaio clínico controlado aleatório/métodos
Equipe de assistência ao paciente
Questionários
Resumo em português
A Diabetes Mellitus Gestacional é definida como intolerância à glicose durante a gestação, excluídos os casos de diabetes pré-gestacional. A telemedicina tem sido citada como ferramenta útil para proporcionar melhor qualidade à saúde de portadores de doenças crônicas. Objetivo: analisar a influência da orientação telefônica feita por um profissional de saúde sobre os resultados da automonitorização glicêmica em pacientes com diabetes mellitus gestacional. Método: estudo randomizado controlado-cego, longitudinal, com gestantes diagnosticadas com diabetes gestacional, acompanhadas no Setor de Endocrinopatias e Gestação da Clínica Obstétrica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo atendidas no período de agosto de 2012 a maio de 2014. O diagnostico de DMG foi realizado por meio de glicemia de jejum e teste de tolerância à glicose de 75 gramas. As pacientes foram convidadas a participar da pesquisa após receberem instruções de uma equipe multiprofissional. Foram alocadas, de acordo com a randomização em dois grupos: Grupo 1 (receberiam ligação telefônica três dias após as orientações multiprofissionais, n=122) e grupo 2 (não receberiam ligação telefônica n= 122),. A enfermeira ligou para as pacientes e aplicou questionário sobre manuseio do aparelho para verificação da glicemia capilar, dieta, horário de aferições, desconforto e dificuldade em realizar a automonitorização glicêmica. Foram analisados os valores glicêmicos por meio das porcentagens de valores alterados, de hiperglicemia, de hipoglicemia e da média glicêmica nos sete primeiros dias após a participação no grupo multiprofissional. O número de aferições glicêmicas e as respostas ao questionário aplicado durante o contato telefônico também foram analisados. Resultados: Não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos quanto à cor, idade, presença de outras doenças clínicas maternas e quanto ao tipo de teste usado para diagnóstico de diabetes mellitus gestacional. Analisando os valores da glicemia capilar, o grupo que recebeu orientações telefônicas apresentou menor porcentagem de valores alterados (p= 0,001), menor frequência de hiperglicemia (p= 0,002) e maior número de aferições da glicemia capilar (p= 0,001). Conclusões: O contato telefônico influenciou significativamente o número de aferições da glicemia capilar e a frequência de resultados alterados, especialmente na hiperglicemia, sugerindo ser essa ferramenta útil na melhora da atenção a gestantes portadoras de diabetes gestacional
Título em inglês
Influence of telephone advice on the results of blood glucose monitoring in patients with gestational diabetes
Palavras-chave em inglês
Blood glucose self-monitoring
Diabetes gestational
Patient care team
Questionnaires
Randomized controlled trial/methods
Resumo em inglês
Gestational Diabetes Mellitus (GDM) is defined as glucose intolerance during pregnancy, excluding cases of pre-gestational diabetes. Telemedicine has been cited as useful tool to provide better quality health care for patients with chronic diseases. Objective: To analyze the influence of telephone advice, by a health care professional, on the results of blood glucose monitoring in patients with gestational diabetes. Method: A randomized controlled blind trial, in pregnant women diagnosed with gestational diabetes, attended in Setor de Endocrinopatias e Gestação da Clínica Obstétrica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo was carried out from August 2012 to May 2014 The diagnosis of GDM was made by means of fasting glucose and glucose tolerance test 75 grams. Patients were invited to participate in the study after receiving instructions from a multidisciplinary team. According to randomization, patients were allocated into two groups: Group 1 (receive phone call three days after multidisciplinary instructions, n = 122) and group 2 (not receive phone call, n = 122). The nurse called the patient and applied questionnaire on handling the device for checking blood glucose, diet, time of measurements, discomfort and difficulty in performing the blood glucose monitoring. Glycemic values were analyzed by means of the percentage of abnormal values, hyperglycemia, hypoglycemia and glycemic average in the first seven days after participation in the multidisciplinary group. The number of glucose measurements and the questionnaire answer questionnaire were also analyzed. Results: There was no statistically significant difference between groups regarding race, age, presence of other maternal medical illnesses and the type of test used to diagnose gestational diabetes. Analyzing the glycemic values , a group that received telephone guidelines showed lower percentage of abnormal values (p = 0.001), lower incidence of hyperglycemia (p = 0.002) and greater number of measurements of blood glucose (p = 0.001) Conclusion: The telephone contact significantly influenced the number of measurements of blood glucose and the frequency of abnormal results, especially in hyperglycemia, suggesting that this is useful tool in improving attention to pregnant women with gestational diabetes
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AnaMariadaSilvaSousa.pdf (901.19 Kbytes)
Data de Publicação
2015-01-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.