• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2006.tde-11122006-102216
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo Graziano Custodio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Takiuti, Nilton Hideto (Presidente)
Brizot, Maria de Lourdes
Prota, Francisco Eduardo
Título em português
Análise morfológica renal de ratas prenhes submetidas ao estresse
Palavras-chave em português
Estresse
Imobilização
Prenhez
Ratos
Rim/anatomia & histologia
Resumo em português
O presente trabalho avaliou os rins de ratas Wistar prenhes e não prenhes submetidas ao estresse e seus respectivos controles. O estresse crônico consistiu de estímulo sônico de 100 decibéis por trinta minutos, interrompido por noventa minutos, e superpopulação entre o sétimo e o décimo quarto dia de gestação e o estresse agudo foi representado pela imobilização durante trinta minutos, no décimo oitavo dia da prenhez ou período equivalente nas ratas não prenhes, dois dias antes do final do experimento. Todas as ratas foram sacrificadas no vigésimo dia do protocolo. Foram avaliados os rins de todas as ratas do estudo, assim como o peso das ratas no primeiro, sétimo, décimo quarto e vigésimo dia do experimento, a pressão arterial caudal no quinto e décimo oitavo dia de prenhez, ou período equivalente, e os pesos dos fetos e respectivas placentas. Não foram encontradas alterações à microscopia óptica nos rins das ratas submetidas ao estresse; entretanto foram observadas maiores medidas de pressão arterial caudal sistólica (154,4 ± 14,2 mmHg) e diastólica (89,0 ± 8,7 mmHg) no grupo prenhe estresse (p < 0,05) em relação ao grupo prenhe controle (129,1 ± 13,1 mmHg e 79,9 ± 18,1 mmHg, respectivamente) no décimo oitavo dia e menor peso dos fetos (2,54 ± 0,32g) e das placentas (0,53 ± 0,09 g) de ratas submetidas ao estresse crônico no vigésimo dia de prenhez (p < 0,001) quando comparados aos do grupo controle (2,95 ± 0,53g e 0,60 ± 0,08g, respectivamente). Desta maneira, o modelo analisado pode ser empregado para avaliar a restrição do crescimento intra-uterino de ratos causada pelo estresse crônico, provavelmente decorrente do aumento dos níveis pressóricos maternos durante a prenhez
Título em inglês
Renal morphological analysis of pregnant rats submitted to stress
Palavras-chave em inglês
Immobilization
Kidney/anatomy & histology
Pregnancy
Rats
Stress
Resumo em inglês
This study evaluated the kidneys from pregnant and non-pregnant Wistar rats exposed to chronic stress and its respective control groups. The chronic stress consisted of noise exposure (30 minutes of 100-dB each two hours interval) and super-population between the 7th and 14th day and the acute stress of thirty minutes immobilization in the 18th of pregnancy two days before the end of the experiment. All the rats were killed in the 20th day of protocol. The kidneys were studied and also the weight of the rats in the 1st, 7th, 14th and 20th day, the caudal artery blood pressure in the 5th and 18th day, and the fetus and placentas weight. There were not seen any alteration using light microscopy in the kidney of rats submitted to stress; although it was observed a significant increase in systolic (154.4 ± 14.2 mmHg) and diastolic (89.0 ± 8.7 mmHg) caudal blood pressure in the 18th day in the pregnant stress group (p < 0.05) in relation to the control group (129.1 ± 13.1 mmHg and 79.9 ± 18.1 mmHg, respectively) and a decrease in fetal (2.54 ± 0.32g) and placenta (0.53 ± 0.09g) weight in the 20th day in the pregnant stress group (p < 0.001) in relation to the control group (2.95 ± 0.53g and 0.60 ± 0.08g, respectively). The analyzed model may be employed to evaluate the intrauterine growth restriction in rats, caused by chronic stress, probably induced by hypertension during the pregnancy
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-12-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.