• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2007.tde-11032008-161934
Documento
Autor
Nome completo
Paulo Cesar Serafini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Baracat, Edmund Chada (Presidente)
Ferriani, Rui Alberto
Motta, Eduardo Leme Alves
Ribeiro, Ricardo Muniz
Silva, Ismael Dale Cotrim Guerreiro da
Título em português
Expressão protéica no endométrio durante a fase lútea do ciclo menstrual
Palavras-chave em português
Ciclo menstrual
Endométrio
Fase luteal
Imunohistoquímica
Peptídeos e proteínas de sinalização intercelular
Proteínas
Receptores dos fatores de crescimento
Resumo em português
Introdução: O objetivo foi avaliar a expressão de algumas proteínas no endométrio durante a fase lútea do ciclo menstrual de mulheres férteis e inférteis, por meio imunoistoquímica de micro-arranjos teciduais (TMA). Métodos: Analisou-se a expressão de dez proteínas em 52 amostras de endométrio obtidas nas fases lútea inicial, intermediária (janela de implantação) e final. Resultados: As proteínas, fator inibidor de leucemia (LIF), fator de crescimento insulinóide tipo 1 (IGF-1), receptor de progesterona (PR), claudina-4, receptor de fator de crescimento vascular endotelial 3 (VEGFR-3) e citoqueratina 7 (CK-7) mostraram-se expressas no endométrio nas fases lútea inicial, intermediária e final. A proteína morfogenética óssea 4 (BMP-4) expressou-se no endométrio nas fases lútea inicial e intermediária. As proteínas citoqueratina 17 (CK-17), substância solúvel 100 (S100) e calretinina não se expressaram no endométrio durante os três períodos avaliados. Houve correlação entre as expressões protéicas de LIF, IGF-1 e PR. As proteínas LIF e BMP-4 foram diferencialmente expressos no endométrio nas fases lútea inicial, intermediária e final. As proteínas claudina-4 e PR não se expressam simultâneamente no endométrio durante a fase lútea. Conclusão: Baseados nos resultados deste estudo podemos sugerir que a presença das proteínas LIF, IGF-1 e PR durante a janela implantacional teria relevância como preditor do adequado desenvolvimento do endométrio.
Título em inglês
Endometrial protein expression during the luteal phase of the menstrual cycle
Palavras-chave em inglês
Endometrium
Growth factor receptors
Immunohistochemistry
Intercellular signaling peptides and proteins
Luteal phase
Menstrual cycle
Proteins
Resumo em inglês
Introduction: The objective of this study was to evaluate endometrial protein expressions from fertile and infertile women during the luteal phase of the menstrual cycle by immunohistochemistry in tissue microarrays (TMA). Method: The expression of ten proteins obtained from 52 endometrial samples in the initial, mid (window of implantation) and late (premenstrual) phases of the menstrual cycle were evaluated. Results: The proteins leukemia inhibitory factor (LIF), insulin like growth factor 1 (IGF-1), progesterone receptor (PR), claudin-4, vascular endothelial growth factor receptor 3 (VEGFR-3), and cytokeratin 7 (CK-7) were expressed in the endometrium in the three intervals of the luteal phase. Endometrial expression of the morphogenetic bone protein 4 (BMP-4) occurred during the initial and mid luteal phases. Cytokeratin 17, substance 100 and calretinin were not expressed in the luteal phase. There were positive correlations among endometrial expressions of LIF, IGF- 1, and PR. LIF and BMP-4 were differently expressed in the initial, mid and late phases of the luteal phase. Claudin-4 and PR did not express simultaneously during the different intervals of the luteal phase. Conclusion: These findings suggest that positively correlated endometrial expressions of LIF, IGF-1 and PR at the window of implantation could characterize an adequately developed and receptive endometrium.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
paulocserafini.pdf (2.69 Mbytes)
Data de Publicação
2008-03-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.