• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Priscila Aparecida Rodrigues
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Paiva, Wellingson Silva (Presidente)
Martins, Roberto Sergio
Oliveira, Raphael Augusto Gomes de
Ribeiro, Rafaela Larsen
Título em português
Avaliação dos efeitos da estimulação magnética transcraniana repetitiva sobre a ansiedade em pacientes com lesão axonial difusa traumática
Palavras-chave em português
Depressão
Estimulação magnética transcraniana
Função executiva
Neuropsicologia
Transtornos de ansiedade
Traumatismos craniocerebrais
Resumo em português
O traumatismo cranioencefálico (TCE) continua sendo um problema de saúde mundial, exercendo grande impacto socioeconômico em todo o mundo e o principal responsável pela mortalidade e sequela neurológica entre os indivíduos jovens. Alguns estudos já demonstraram a correlação entre lesão axonial difusa (LAD) e aumento de sintomas ansiosos e comprometimento de funções executivas. Entre as opções neuromodulatórias com potencial de melhorar as funções cognitivas póstraumatismos destaca-se a estimulação magnética transcraniana repetitiva (EMTr). Trata-se de uma opção terapêutica viável e com extensas potencialidades em diversas disfunções neuropsiquiátricas de alta prevalência, além de ser primordial para a compreensão dos processos de adaptação patológicos e neuropsicológicos que seguem após lesões adquiridas. O objetivo deste estudo foi analisar os efeitos nos sintomas ansiosos em pacientes com LAD submetidos a EMTr, após um ano do TCE, e correlacionar com os sintomas depressivos e com as funções executivas. Foram incluídos no estudo 30 pacientes vítimas de TCE com diagnóstico de LAD estabelecido por meio da história clínica (perda de consciência por mais de 6 horas após o traumatismo) e exames complementares (RM de 3 tesla) com achados típicos. Estudo do tipo prospectivo, comparativo, duplamente encoberto, com distribuição da amostra aleatorizada em dois grupos, em pacientes não internados. Foi utilizado um sistema de estimulação ativa e um sistema de bobina sham. Os pacientes foram submetidos à 10 sessões de estimulação de alta frequência a 80% do limiar motor de repouso e à avaliação neuropsicológica prévia, uma semana após o término das sessões de EMTr e três meses após. Os testes que compõem a avaliação neuropsicológica foram: IDATE Estado, BDI, Stroop versão Victoria e Symbol digit. Na avaliação inicial, a maioria dos pacientes apresentou sintomatologia ansiosa em nível moderado, sintomas depressivos em nível mínimo e alterações nas funções executivas. Não observou-se correlação entre os sintomas de ansiedade com os sintomas depressivos ou com os déficits de funções executivas. Também não houve diferença estatisticamente significante entre nossos achados, o que mostra que a utilização deste protocolo da EMTr não foi eficaz para melhora do humor e da cognição de vítimas de LAD traumática
Título em inglês
Assessment of repetitive transcranial magnetic stimulation effects on anxiety in patients with diffuse traumatic axonal injury
Palavras-chave em inglês
Anxiety disorders
Craniocerebral trauma
Depression
Executive function
Neuropsychology
Transcranial magnetic stimulation
Resumo em inglês
Traumatic brain injury (TBI) is the leading cause of mortality in young adults, making it a worldwide public health problem with great socioeconomic impact. Studies have shown that patients that suffered TBI with diffuse axonal injury (DAI) had increased anxiety symptoms and executive functions impairment. Repetitive Transcranial Magnetic Stimulation (rTMS) is a viable therapeutical option for several high prevalence neuropsychiatric dysfunctions with the potential to improve cognitive functions after TBI. Also, rTMS is primordial for the understanding of pathological and neuropsychological adaptation processes that follows after acquired lesions. The aim of this study was to analyze the effects of rTMS on anxiety symptoms in patients with more than one year of DAI. Secondarily, we correlate rTMS with depressions symptoms and executive functions. We included thirty TBI patients with DAI diagnosis established by clinical history (loss of consciousness for more than 6 hours) and complementary tests (MRI of 3 tesla) with typical findings. Our study was a prospective, comparative, double blind study with a randomized sample distribution in two groups in outpatients. Patients were submitted to 10 sessions of either active stimulation or sham. Patients in the active group received stimulation of high frequency at 80% of the resting motor threshold. We applied a neuropsychological evaluation prior to the stimulation, up to one week after the end of all sessions and a follow-up three months later. They neuropsychological evaluation consisted of the following tests: IDATE (State), Stroop (Victoria Version) and Symbol Digit. In the first evaluation, most patients presented moderate anxiety symptoms, minimum levels of depressive symptoms and alterations in the executive functions tests. We found no correlation between anxiety and depression symptoms or with anxiety and deficits in the executive functions. The rTMS protocol used in our study showed no improvement in the mood and cognition of DAI victims
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.