• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Marcia Mitie Nagumo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Amorim, Robson Luis Oliveira de (Presidente)
Silva, Katia Regina da
Paiva, Wellingson Silva
Whitaker, Iveth Yamaguchi
Título em português
Adaptação transcultural e propriedades psicométricas das versões brasileiras do Rivermead Post Concussion Symptoms Questionnaire e Neurobehavioral Symptom Inventory
Palavras-chave em português
Análise fatorial
Comparação transcultural
Estudos de validação
Inquéritos e questionários
Lesões encefálicas traumáticas
Psicometria
Qualidade de vida
Reprodutibilidade dos testes
Síndrome pós-concussão
Traduções
Resumo em português
Introdução: Indivíduos vítimas de traumatismo cranioencefálico (TCE) frequentemente apresentam sintomas pós-concussionais, que são manifestações somáticas, cognitivas, sensório-perceptivas, emocionais ou comportamentais. A síndrome pós-concussional (SPC) é caracterizada pela presença de três ou mais sintomas pós-concussionais, por período mínimo de três meses ou mais. Cerca de 30% dos pacientes que apresentam TCE leve e moderado desenvolvem a SPC. No Brasil, não existem instrumentos disponíveis para avaliar os sintomas pós-concussionais e diagnosticar a SPC. Objetivos: Este estudo teve como objetivo disponibilizar uma versão do Rivermead Post Concussion Symptoms Questionnaire e do Neurobehavioral Symptom Inventory para a cultura brasileira e avaliar suas propriedades psicométricas quando aplicados em pacientes que tiveram TCE leve ou moderado. Método: O processo de adaptação transcultural foi realizado de acordo com as etapas propostas na literatura: tradução, síntese das traduções, retrotradução, comitê de especialistas e pré-teste. As análises psicométricas compreenderam a avaliação da confiabilidade e validade. Uma amostra de 276 indivíduos de 19 a 87 anos, de ambos os sexos, que tiveram TCE leve ou moderado, respondeu os seguintes instrumentos: caracterização sociodemográfica e clínica, as versões brasileiras do Rivermead Post Concussion Symptoms Questionnaire (RPQ-Br) e do Neurobehavioral Symptom Inventory (NSI-Br), o Inventário de Depressão de Beck I (BDI I) e o questionário de qualidade de vida WHOQOL-bref. A confiabilidade foi verificada por meio da consistência interna, utilizando-se o alfa de Cronbach. A validade de conteúdo foi avaliada pelo grau de concordância nos comitês de especialistas, utilizando-se o Índice de validade de conteúdo e o Coeficiente de validade de conteúdo. Foi verificado a validade convergente por meio da análise de correlação dos escores dos instrumentos validados com o escore do BDI I e o WHOQOL-bref. A validade de constructo foi verificada por meio da realização da análise fatorial exploratória e semi-confirmatória. Resultados: As versões adaptadas apresentaram evidências de equivalências semântico-idiomáticas, culturais e conceituais, com elevada aceitabilidade. Os achados evidenciaram um coeficiente de alfa de Cronbach de 0,918 para o RPQ-Br e de 0,966 para o NSI-Br. Foram constatadas correlações significativas de moderada a muito forte entre os escores dos instrumentos adaptados na avaliação de sintomas depressivos e qualidade de vida. A análise fatorial exploratória demonstrou que a estrutura de fatores é diferentes do que foi encontrado nos instrumentos originais. Os instrumentos RPQ-Br e NSI-Br apresentaram estruturas compostas por dois e três fatores respectivamente, com saturações significativas ( > 0,40) e explicando respectivamente 56,5% e 65,3% da variância total do constructo. Os resultados relativos ao ajuste do modelo foram, de forma geral, satisfatórios (RPQ-Br: Goodness of Fit Index(GFI)=0,968, Adjusted for degree of Freedom(AGFI)=0,957, Root mean square error of aproximation(RMSEA) < 0,05, Bentler's Comparative Fit Index(CFI)=0,974; NSI-Br: GFI=0,992, AFGI=0,989, RMSEA < 0,05, CFI=1,016). Conclusão: As versões brasileiras do Questionário Rivermead de sintomas pós-concussionais e o Inventário de sintomas neuropsiquiátricos foram adaptados transculturalmente para o português brasileiro, apresentando medidas psicométricas confiáveis e válidas
Título em inglês
Cross-cultural adaptation and psychometrics properties of the Brazilian version of the Rivermead Post Concussion Symptoms Questionnaire and Neurobehavioral Symptom Inventory
Palavras-chave em inglês
Brain injuries traumatic
Cross-cultural comparison
Factor analysis
Post-concussion syndrome
Psychometrics
Quality of life
Reproducibility of results
Statistical surveys and questionnaires
Translations
Validation studies
Resumo em inglês
Introduction: After a traumatic brain injury (TBI) post-concussion symptoms (somatic, cognitives, emotional or behavioral) are commonly reported by patients. Post-Concussion Syndrome (PCS) is the term to describe the presence of three or more post-concussion symptoms for periods of minimum three months. Around 30% of patients with mild and moderate TBI have persistent symptoms. Currently, there is no instrument that has been created, adapted or validated for the Brazilian context that evaluates post-concussion symptoms. Objective: This study aimed to tcross culturally, and assess the psychometrics properties of the Brazilian versions of Rivermead Post Concussion Symptoms Questionnaire and Neurobehavioral Symptom Inventory in patients post mild and moderate TBI. Method: The cross-cultural adaptation consisted of the following steps: translation, synthesis of translations, back translation, expert committee, pre-test. The analysis of psychometric properties were reliability and validity. A sample of 276 patients, between 19 to 87 years, from both sexes, who suffered mild or moderate TBI, answered the following instruments: sociodemographic and clinical instrument, the Brazilian version of the Rivermead Post Concussion Symptoms Questionnaire (RPQ-Br) and the Neurobehavioral Symptom Inventory (NSI-Br), Beck Depression Inventory (BDI I) and the World Health Organization's quality of life questionnaire WHOQOL-bref. The reliability was verified through internal consistency, using the Cronbach's alpha. The content validity was evaluated by the degree of agreement of the expert committee using the Content Validity Index, and the Content Validity Coefficient. The convergent validity was verified using the analysis of scores of the translated instruments with BDI I and WHOQOL-bref score. The construct validity was verified using the exploratory factor analysis and semi-confirmatory factor analysis. Results: The brazilian versions presented evidences of semantic-idiomatic, cultural and conceptual equivalences, with high acceptability. The results showed a Cronbach's alpha coefficient of 0.918 (RPQ-Br) and 0.966 (NSI-Br). There were a significant moderate to very strong correlations between the scores of the adapted instruments with the evaluation of depressive symptoms and quality of life. The factor analysis showed structure of factors different from the original instruments versions. The RPQ-Br and NSI-Br instruments had structures composed of two and three factors, respectively, with significant saturations ( > 0.40) and explaining respectively 56.5% and 65.3% of the total construct variance. The results regarding the fit of the model were generally satisfactory (RPQ-Br: Goodness of Fit Index(GFI)=0.968, Adjusted for degree of Freedom(AGFI)=0.957, Root mean square error of aproximation(RMSEA) < 0,05, Bentler's Comparative Fit Index(CFI)=0.974; NSI-Br: GFI=0.992, AFGI=0.989, RMSEA < 0.05, CFI=1.016). Conclusion: The cross-cultural adaptation was successfully performed and the Brazilian versions of the Rivermead Post Concussion Symptoms Questionnaire and the Neurobehavioral Symptom Inventory presented reliable and valid psychometric measures for use in the Brazilian culture
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MarciaMitieNagumo.pdf (3.74 Mbytes)
Data de Publicação
2019-05-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.