• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2013.tde-14082013-143839
Documento
Autor
Nome completo
Fabiana Cruz Gomes da Fonseca
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Machado, Luis dos Ramos (Presidente)
Abraham, Ronaldo
Callegaro, Dagoberto
Título em português
Análise de anticorpos antiparasitários dosados em soro sanguíneo e sua relação com a presença de bandas oligoclonais em pacientes com esclerose múltipla
Palavras-chave em português
Bandas oligoclonais
Esclerose múltipla
Hipótese da higiene
Taenia/imunologia
Resumo em português
Introdução: A frequência de detecção de bandas oligoclonais (BOC) em doentes com esclerose múltipla (EM) na cidade de São Paulo é significativamente mais baixa do que em outras cidades do Brasil e de outros países, principalmente da Europa e da América do Norte. Não se conhece o motivo pelo qual isso ocorre. Uma das hipóteses mais interessantes relacionada à imunopatogenia da EM é a chamada Hipótese Higiênica, que postula uma relação inversamente proporcional entre a prevalência de infecções por parasitas e a frequência da EM. Objetivo: verificar se há relação entre a ocorrência de anticorpos contra parasitas no soro sanguíneo e a detecção de BOC em pacientes diagnosticados com EM na cidade de São Paulo. Métodos: Foram estudados 164 pacientes do Ambulatório de Doenças Desmielinizantes da Divisão de Neurologia Clínica e da Divisão de Anestesia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo dos quais foram obtidas as amostras de LCR e de soro em que foi realizado este estudo. Esses pacientes foram separados em 4 grupos (EM, CIS, Grupo Controle com Pacientes de DNI e Grupo Controle com Pacientes sem Queixas Neurológicas) nos quais foram identificadas as presenças de BOC e de anticorpos parasitários. Para a detecção de anticorpos parasitários, foi utilizada a técnica de eletroforese unidimensional de proteínas em gel de poliacrilamida em sistema descontínuo, com antígenos LV-Tcra (líquido vesicular de Taenia crassiceps) e ES-Tcra (líquido excreção/secreção de Taenia crassiceps). Resultados: Dos 164 pacientes estudados, separados em seus respectivos grupos, foram pesquisados anticorpos antiparasitários de baixo e de alto peso molecular. Esses anticorpos foram observados em 103 pacientes nos quais não havia 13 BOC. Destes, 2 apresentaram anticorpos de baixo peso molecular e 59 anticorpos de alto peso molecular. Dos 61 pacientes em que havia BOC, foram encontrados anticorpos de baixo peso molecular em um; 16 apresentaram anticorpos de alto peso molecular. Conclusão: Em doentes com EM clinicamente definida anticorpos anti-Taenia foram detectados com a mesma frequência em pacientes com BOC e em pacientes sem BOC
Título em inglês
Analysis of antiparasitic antibodies measured In Blood serum and their selationship with the presence of oligoclonal bands in patients with multiple Sclerosis
Palavras-chave em inglês
Hygiene hypothesis
Multiple sclerosis
Oligoclonal bands
Taenia/immunology
Resumo em inglês
Introduction: The frequency of oligoclonal bands (OCB) detection in patients with multiple sclerosis (MS) in the city of São Paulo is significantly lower than in other cities of Brazil and other countries, mainly Europe and North America. To date, the reason for its occurrence is still unknown. One of the most interesting hypotheses related to the immunopathogenesis of MS is the so-called Hygiene Hypothesis, which postulates an inverse relationship between the prevalence of parasitic infections and the frequency of MS. Objective: This study examined whether there is a relationship between the occurrence of antibodies against parasites in blood serum and the detection of OCB in patients diagnosed with MS in the city of São Paulo. Methods: We have studied 164 patients from the Demyelinating Diseases Clinic of the Division of Clinical Neurology and Division of Anesthesia Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo from whom CSF and serum samples were obtained and which were used to conduct the present study. These patients were divided into 4 groups: MS, Clinically Isolated Syndrome (CIS), control group with patients with Inflammatory Neurologic Diseases (IND) and Control Group with patients without neurologic complaints, in whom the presence of OCB and anti- parasitic antibodies was identified. For the detection of parasitic antibodies, the unidimensional electrophoresis of proteins in polyacrylamide gel in a batch system with LV-Tcra antigens (Taenia crassiceps vesicular fluid) and ES-Tcra (net excretion / secretion of Taenia crassiceps) was used. Results: Of the 164 patients studied, separated into their respective groups, anti- parasite antibodies of low and high molecular weight were analyzed. A total of 103 patients presented no OCB, and of these, 2 had antibodies of low molecular weight and 59 presented antibodies of high molecular weight. Of the 61 patients with OCB positive, one showed antibodies of low molecular weight and 16 antibodies of high molecular weight. Conclusion: This study showed that in patients with clinically established MS. anti-Taenia antibodies occurred with the same frequency in patients with OCB and in patients without OCB
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-08-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.