• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Mario Silva Jorge
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Anghinah, Renato (Presidente)
Gomes, Sonia Maria Cesar de Azevedo Silva Moura Magalhães
Abraham, Ronaldo
Radanovic, Marcia
Yassuda, Monica Sanches
Título em português
Estudo do eletroencefalograma em indivíduos sem déficits cognitivos e com 90 anos ou mais
Palavras-chave em português
Coerência
Eletroencefalografia
Eletroencefalografia quantitativa
Idosos
Nonagenários
Ritmo alfa
Resumo em português
Este avaliou as características do EEG numa população de indivíduos nonagenários cognitivamente normais tanto através da analise visual como espectral. A amostra constituía de 42 sujeitos com idade que variava de 90 a101 anos (media de 92 DP 3,0 anos) clinica e cognitivamente saudáveis vivendo em seus lares e totalmente independentes oriundos do ambulatório do grupo de neurologia cognitiva do HC (acompanhantes) e da Casa Idoso. Eles foram submetidos a uma entrevista, exame neurológico, avaliação neuropsicológica e um EEG digital com programas capacitados a realizar analise espectral e de analise de coerência.Foi avaliado através da analise visual o PF (pico de freqüência) da banda alfa em áreas posteriores,a reatividade alfa a abertura ocular ,a presença de atividade lenta nas regiões temporais, a ocorrência de variantes benignas e de atividade epileptiforme espontânea. Através da analise espectral foi determinado o PF espectral da banda alfa nas regiões occipitais, e a coerência inter-hemisférica para a banda alfa entre os eletrodos P3P4 e O1O2. Os resultados deste estudo confirmam os vários trabalhos da literatura, que concluíram que em indivíduos idosos saudáveis a freqüência do ritmo alfa nas regiões posteriores do cérebro nunca foi menos que 8,0 Hz, e que as mulheres apresentam um pico de freqüência maior que os homens. A reatividade do ritmo alfa à abertura ocular foi observada em 41 sujeitos (97,61%) do total, e atividade lenta nas regiões temporais em 9 indivíduos (21,42%) com predomínio no hemisfério cerebral esquerdo. O valor médio para a coerência inter-hemisférica obtida para banda alfa em P3P4 e O1O2 foi respectivamente 0,61(DP 0,11) e 0,65( DP 0,13), e não foi detectado nenhuma diferença significa relacionada ao sexo, e nem uma redução deste valor com o envelhecimento. Conclusão: indivíduos idosos nonagenários cognitivamente normais apresentam um pico de freqüência para o ritmo alfa em áreas posteriores do encéfalo (eletrodos O1O2) igual ou maior que 8,0 Hz, e que valores abaixo desta faixa pode significar anormalidade e que as mulheres tem uma freqüência maior que os homens. A reatividade à abertura ocular do ritmo alfa permanece apesar da idade avançada e que sua ausência pode significar algum comprometimento funcional. A presença de alentecimento nas regiões temporais um achado que para muitos autores pode ser normal durante a senescência, foi observada neste estudo em somente 21% dos indivíduos, e não teve nenhuma correlação significativa com o perfil cognitivo e nem com o nível de escolaridade. A coerência para banda alfa em áreas posteriores (P3P4 e O1O2) não apresenta alteração importante durante o envelhecimento
Título em inglês
Electroencephalogram study in individuals without cognitive deficits and aged 90 years or older
Palavras-chave em inglês
Alpha rhythm
Coherence
Elderly
Eletroenchephalography
Nonagenarians
Quantitative electroenchephalography
Resumo em inglês
This study evaluated the characteristics of the EEG in a population of cognitively normal nonagenarian individuals both through visual and spectral analysis.The sample consisted of 42 subjects ranging from 90 to 101 years (median of 92 years), clinically and cognitively healthy living in their homes and totally independent. In the outpatient clinic of the cognitive neurology group of the HC (companions) and of the Elderly House (Casa do Idoso). They were submitted to an interview, neurological examination, neuropsychological assessment and a digital EEG with programs capable of performing spectral analysis and coherence analysis. Through the spectral analysis it was evaluated the PF (peak frequency) of the alpha band in posterior areas, the alpha reactivity to ocular opening, the presence of slow activity in the temporal regions, the occurrence of benign variants and spontaneous epileptiform activity. Through the spectral analysis the spectral PF of the alpha band was determined in the occipital regions, and the interhemispheric coherence for the alpha band between the electrodes P3P4 and O1O2. The results of this study confirm a various studies in the literature, which concluded that in healthy elderly individuals the frequency of the alpha rhythm in the posterior regions of the brain was never less than 8.0 Hz, and that women presents a higher frequency peak than men. Reactivity of the alpha rhythm to ocular opening was observed in 41 subjects (97.61%) of the total, and slow activity in the temporal regions in 9 individuals (21.42%) with predominance in the left cerebral hemisphere. The mean value for the interhemispheric coherence obtained for the alpha band in P3P4 and O1O2 was 0.61 (SD 0.11) and 0.65 (SD 0.13), respectively, and no difference was detected related to sex, nor reduction of this value with aging. CONCLUSION: Cognitively normal nonagenarians (90 to 101 years of age) have a peak frequency of alpha rhythm in posterior brain areas (O1O2 electrodes) equal to or greater than 8.0 hz, and values below this range may be abnormal, and that women have a higher frequency than men. Reactivity ocular opening of the alpha rhythm remains despite advanced age and that its absence may also mean some functional impairment. The presence of slowing in the temporal regions, a finding that for many authors may be normal during senescence, was observed in this study in only 21% of the individuals, and had no significant correlation with the cognitive profile nor with the schooling level. The coherence for alpha band in posterior areas (P3P4 and O1O2) does not present significant alteration during the aging
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-11-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.