• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2009.tde-08122009-182613
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda Martins Maia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Barbosa, Egberto Reis (Presidente)
Ferraz, Henrique Ballalai
Nitrini, Ricardo
Radanovic, Marcia
Teive, Hélio Afonso Guizoni
Título em português
Avaliação da geração de palavras, em indivíduos com doença de Parkinson, através de ressonância magnética funcional
Palavras-chave em português
Doença de Parkinson
Imagem por ressonância magnética
Linguagem
Resumo em português
INTRODUÇÃO: As alterações cognitivas na doença de Parkinson (DP) têm sido mais estudadas nos últimos anos, porém alterações de linguagem, embora detectadas clinicamente, permanecem pouco exploradas. Neste estudo, avalia-se a capacidade de pacientes com DP de gerar palavras, durante paradigma de ressonância magnética funcional (RMf), comparandose com voluntários sadios. MÉTODOS: Neste estudo, foram incluídos 17 pacientes com doença de Parkinson, em seguimento no ambulatório de Distúrbios do Movimento do Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e 20 voluntários normais, pareados quanto à idade e escolaridade. Todos foram submetidos à avaliação neurológica e neuropsicológica. Cada indivíduo realizou dois exames de RMf, sendo utilizado o paradigma de geração de palavras, constando de 70 letras cada, durante os quais dados comportamentais foram coletados. As imagens foram analisadas com testes não paramétricos e mapas de correlação entre os resultados de RMf e dados comportamentais (percentagem de acertos) foram construídos. RESULTADOS: Os grupos apresentavam perfis neuropsicológicos semelhantes, com diferenças somente em testes que envolviam velocidade motora. Nos indivíduos com DP, observou-se ativação das regiões frontal dorsolateral esquerda, giro do cíngulo anterior, área motora suplementar esquerda e do cerebelo à direita durante a geração de palavras, à semelhança do grupo controle. Na comparação entre grupos, notou-se maior resposta hemodinâmica nos pacientes com DP, em relação aos controles, em áreas do córtex frontal dorsolateral esquerdo. Observouse, ainda, no grupo com DP, menor atividade na porção anterior do cíngulo e área motora suplementar esquerda. Na análise comportamental, incluindo a classificação dos erros, não houve diferenças entre os grupos. Para explicar esses resultados, especula-se que as diferenças nas áreas subcorticais possam estar relacionadas com o aumento da atividade no córtex frontal dorsolateral, uma vez que a degeneração das vias mesolímbicas é descrita na DP, associada com disfunção no circuito dos núcleos da base, provavelmente envolvendo as alças do cíngulo e dorsolateral. Isso significaria uma manobra compensatória, garantindo um desempenho funcional normal nos pacientes com DP. CONCLUSÃO: Ativação do córtex frontal dorsolateral esquerdo, giro do cíngulo anterior, área motora suplementar esquerda e do cerebelo à direita foram observadas nos pacientes com DP durante paradigma de geração de palavras. Maior ativação do córtex frontal dorsolateral esquerdo ocorre nos pacientes com DP e menor atividade foi observada no cíngulo anterior e área motora suplementar esquerda, quando comparados a voluntários normais, durante paradigma de geração de palavras.
Título em inglês
Word generation in Parkinson's disease a functional magnetic resonance study
Palavras-chave em inglês
Language
Magnetic ressonance imaging
Parkinsons disease
Resumo em inglês
Cognitive disturbances have been studied in patients with Parkinson´s disease (PD) in the last years but language dysfunction, although observed in clinical practice, are just now being explored. In this study, we investigate PD patients ability to generate words using a functional magnetic resonance (fRMI) paradigm and compare these areas with healthy volunteers. We selected 17 PD patients from the Movement Disorders Clinics of Hospital das Clinicas, Universidade de São Paulo and 20 healthy volunteers, matched for age and years of formal education. Both groups were evaluated from neurological and neurophsychological perspective and showed similar profiles, with differences only in tests that involved motor speed. Each subject was scanned twice using an overt-speech block design fRMI paradigm with visual presentation of 70 stimuli during which behavioral data were collected. Images were analyzed using a non-parametric approach, and correlation maps between fRMI results and behavioral data (percentage of correct responses) were produced. PD patients showed activity on the left dorsolateral frontal cortex, anterior cingulate gyrus, motor supplementary areas and right cerebellum during the word generation paradigm, similar to the healthy volunteers group. PD patients had increased hemodynamic response in the left dorsolateral frontal cortex and a reduction was found at anterior cingulated gyrus and motor supplementary area compared to healthy volunteers. Behavioral analyses (including error classification) did not show any differences between groups. We speculate that the difference found in subcortical areas may be related to the increment observed in the frontal dorsolateral cortex, since degeneration of mesolimbic dopaminergic pathways is described in PD associated with dysfunction on basal ganglia circuitry, especially involving the cingulated and dorsolateral loop. A possible mechanism involves a compensatory maneuver, in a way to maintain a normal functional performance in PD patients. In conclusion, we observed the activation on the left dorsolateral frontal cortex, anterior cingulated gyrus, motor supplementary areas and right cerebellum during the word generation paradigm in PD patients. These patients had greater cortical activity on the left dorsolateral frontal cortex and less activity on the anterior portion of the cingulated gyrus and motor supplementary area when compared to normal controls.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
FERNANDAMARTINSMAIA.pdf (715.14 Kbytes)
Data de Publicação
2010-01-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.