• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2009.tde-08092009-151608
Documento
Autor
Nome completo
Maria Cecilia Periotto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Reed, Umbertina Conti (Presidente)
Casella, Erasmo Barbante
Gonçalves, Vanda Maria Gimenes
Título em português
Distúrbios da linguagem falada no transtorno do déficit de atenção/hiperatividade
Palavras-chave em português
Atenção
Discurso narrativo
Distúrbios da fala
Fonoaudiologia
Transtorno da falta de atenção com hiperatividade
Transtornos do desenvolvimento da linguagem
Resumo em português
O TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO /HIPERATIVIDADE (TDA/H) afeta memória operacional, planejamento, auto-regulação de motivação e limiar para a ação dirigida, alterando funções executivas, inclusive linguagem. Crianças com TDA/H apresentam distúrbios da linguagem, mostrando baixo rendimento nos testes de vocabulário, sintaxe, fluência, memória operacional e discurso. OBJETIVOS: avaliar tipo e freqüência das alterações da linguagem oral em crianças com TDA/H; verificar a evolução desses distúrbios após dois meses de tratamento com metilfenidato; correlacionar produção do discurso do tipo recontagem com memória operacional. MÉTODOS: trinta e seis pacientes de sete a 14 anos de idade com diagnóstico de TDA/H pelos critérios do DSM-IV, QI 85, sem co-morbidades definidas, sem déficits sensoriais e com avaliação neuropsicológica prévia foram submetidos à seguinte avaliação fonoaudiológica: anamnese; avaliação clínica do sistema estomatognático; função respiratória; discriminação auditiva; praxias orais; teste de imitação do protocolo ABFW; teste de vocabulário Boston Naming test; discurso narrativo e análise da recontagem de estória (gramática da história, número de frases, freqüência e tipo de erros). A avaliação fonoaudiológica foi aplicada antes do início do tratamento com metilfenidato sendo que seus resultados foram comparados com o grupo controle. Após dois meses de tratamento medicamentoso as crianças foram reavaliadas e os resultados foram comparados com a avaliação inicial. Verificou-se evolução da linguagem falada após dois meses de tratamento com medicamento estimulante. RESULTADOS: Os pacientes mostraram comprometimento no sistema estomatognático, na respiração, na discriminação auditiva, no acesso lexical, na fluência, na compreensão e na organização do discurso narrativo em tarefa de recontagem de estória. Na reavaliação os resultados mostraram melhora significante nos seguintes aspectos da linguagem falada. CONCLUSÃO: nos pacientes com TDA/H, os distúrbios da linguagem falada são freqüentes, podendo estar diretamente associados às dificuldades de aprendizado, já que o desenvolvimento da linguagem falada é pré-requisito importante para a aquisição da linguagem escrita.
Título em inglês
Distúrbios da linguagem falada no transtorno do déficit de atenção/hiperatividade
Palavras-chave em inglês
Addresses
Attention
Attention deficit disorder with hyperactivity
Language development disorders
Speech disorders
Speech language and hearing sciences
Resumo em inglês
OBJECTIVE: ATTENTION-DEFICIT HYPERACTIVITY DISORDER (ADHD) exists alone in approximately 30-40% of the children diagnosed with it , and frequently are documented high rates of one or more comorbidities, pointing out the language disabilities. The patients present poor performance in tests of vocabulary, syntax, fluency, working memory and speech. The present study evaluate the type and incidence of oral language disabilities in children with ADHD. MATERIAL AND METHOD: Thirty and six children (aged 7-14) with ADHD, IQ 85, without psychiatric comorbid conditions or sensorial deficits are matched for age and level of education to thirty and four control subjects. The two groups were assessed by a speech pathology evaluation including: history, clinical examination of stomatognathic system; respiratory function; hearing discrimination; oral praxis; imitation for the protocol of the Test of Childlike Language ABFW; vocabulary for the Boston Naming Test; narrative speech in a task of recounting of story - analysis of the grammar of the history, of the number of sentences, of the frequency and of the types of mistake and, of the fluency for the ABFW. RESULTS: The children with ADHD showed compromising in the stomatognathic system, in the breathing, in the hearing discrimination, in the lexical access, in the fluency, in the understanding and in the organization of the narrative speech in task of recounting of story. Compared with the control group, the patients with ADHD perform significantly slower and were less efficient . CONCLUSION: The presence of faults in several areas of the language spoken in patients with TDAH is a frequent find and this fact can be straightly associate with learning disabilities, which are frequent in these patients, since the development of the well-known language is essential for fully acquiring written language.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
mariacperiotto.pdf (352.15 Kbytes)
Data de Publicação
2009-09-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.