• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Marcos Fortunato de Barros Filho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Lepski, Guilherme Alves (Presidente)
Godinho, Fabio Luiz Franceschi
Machado, Birajara Soares
Teixeira, Manoel Jacobsen
Título em português
Utilização de potenciais evocados a laser para avaliação da dor neuropática crônica durante a estimulação do gânglio da raiz dorsal
Palavras-chave em português
Estudos prospectivos
Gânglios espinais
Incapacidade relacionada a dor
Neuralgia
Neurocirurgia
Neuromodulação
Potenciais evocados por laser
Procedimentos cirúrgicos operatórios
Qualidade de vida
Testes sensitivos quantitativos
Resumo em português
Objetivos: A dor neuropática crônica origina-se em consequência direta de uma lesão ou doença que afete o sistema somato-sensitivo. Pacientes que são refratários ao tratamento conservador são considerados candidatos a procedimentos invasivos, principalmente de ordem neuro-modulatória. A estimulação do gânglio da raiz dorsal é uma técnica recente de neuromodulação utilizada para o tratamento das dores neuropáticas crônicas de diferentes etiologias. Apesar do sucesso clínico da estimulação do gânglio da raiz dorsal no tratamento de dor neuropática já ter sido relatado em diversos trabalhos da literatura, os mecanismos neurofisiológicos responsáveis pelo alivio da dor ainda permanecem pouco esclarecidos. O presente trabalho avalia o efeito da estimulação do gânglio da raiz dorsal no processamento cortical da dor através do método de potenciais evocados a laser (PELs). Métodos: Avaliamos prospectivamente por 3 anos 34 doentes com dor inguinal (grupo 1), 62 doentes com dores neuropáticas diversas (grupo 2) que foram submetidos a estimulação do gânglio da raiz dorsal. Nestes 2 grupos foram analisadas variáveis relacionadas a intensidade da dor, incapacidade relacionada a dor, níveis de depressão e pensamentos catastróficos relacionados a dor. Adicionalmente, um subgrupo de 12 pacientes submetidos à cirurgia de estimulação do gânglio da raiz dorsal para tratamento de dor neuropática crônica unilateral da região inguinal, joelho ou perna por lesão direta de nervo periférico após procedimento cirúrgico, síndrome do insucesso da cirurgia espinhal ou síndrome dolorosa regional complexa tipo II foi avaliado de forma prospectiva (grupo 3). O lado normal foi utilizado como controle. PELs foram evocados por meio de estimulação a laser de CO2 na área desaferentada e normal. Latências e amplitudes dos componentes N2 e P2 e amplitudes do complexo N2-P2 foram correlacionados à intensidade da dor antes da terapia e após 1 e 6 meses de tratamento com estimulação do gânglio da raiz dorsal. Testes sensitivos quantitativos, escalas de intensidade da dor, incapacidade relacionada a dor, qualidade de vida, e depressão foram avaliadas. Resultados: Houve aumento significante das amplitudes do complexo N2-P2, igualando-se ao lado normal, e em paralelo diminuição significativa da intensidade de dor e na incapacidade relacionada à dor após 1 e 6 meses de tratamento em comparação com o estado pré-tratamento. Houve melhora significativa em 2 dos 8 itens de qualidade de vida avaliados. Não houve alteração significativa nos testes sensitivos quantitativos e na escala de depressão. Conclusão: A estimulação do gânglio da raiz dorsal restabeleceu as amplitudes dos PELs oriundos do giro do cíngulo anterior, ínsula e áreas temporais mediais, restaurando o processamento cortical fisiológico de dor em pacientes com dor neuropática crônica
Título em inglês
Use of laser-evoked potentials for evaluation of chronic neuropathic pain during dorsal root ganglion stimulation
Palavras-chave em inglês
Ganglia spinal
Laser-evoked potentials
Neuralgia
Neuromodulation
Neurosurgery
Pain-related disability
Prospective studies
Quality of life,Quantitative sensory testing
Surgical procedures
Resumo em inglês
Objectives: Chronic neuropathic pain originates as a direct consequence of an injury or disease that affects the somatosensory system. Patients who are refractory to conservative treatment are considered candidates for invasive procedures, mainly of neuro-modulatory order. Dorsal root ganglion stimulation is a recent neuromodulation technique used for the treatment of chronic neuropathic pain of different etiologies. Although the clinical success of dorsal root ganglion stimulation in the treatment of neuropathic pain has already been reported in several studies in the literature, the neurophysiological mechanisms responsible for pain relief remain unclear. The present study evaluates the effect of dorsal root ganglion stimulation on cortical pain processing through the use of laser evoked potentials (LEP). Methods: We evaluated prospectively during 3 years 34 patients with groin pain (group 1), 62 patients with various forms of neuropathic pain (group 2) who underwent dorsal root ganglion stimulation. In these 2 groups, variables related to pain intensity, pain-related disability, depression levels and painrelated catastrophic thoughts were analyzed. In addition, we prospectively analyzed a subgroup of 12 patients treated with dorsal root ganglion stimulation for treatment of chronic unilateral neuropathic pain of the groin region, knee or leg caused by direct injury of the peripheral nerve after surgical procedure, failed back surgery syndrome or complex regional pain syndrome type II (group 3). The healthy side was used as control. LEPs were evoked by means of CO2 laser stimulation in the deafferented and normal areas. Latencies and amplitudes of the N2 and P2 components and amplitudes of the N2-P2 complex were correlated to the pain intensity before therapy and after 1 and 6 months of treatment with dorsal root ganglion stimulation. Quantitative sensory testing, pain intensity scales, pain-related disability, quality of life, and depression were assessed. Results: There was a significant increase in N2-P2 complex amplitudes, matching the normal side, and in parallel a significant decrease in pain intensity and pain-related disability after 1 and 6 months of treatment compared to the pre-treatment state. There was a significant improvement in 2 out of 8 quality of life domains evaluated. There was no significant change in quantitative sensory testing and depression levels. Conclusion: Stimulation of the dorsal root ganglion reestablished the amplitudes of the LEPs originated from the anterior cingulate gyrus, insula, and medial temporal areas, restoring physiological cortical pain processing in patients with chronic neuropathic pain
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.