• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2008.tde-05082008-145743
Documento
Autor
Nome completo
Ronie Leo Piske
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Aguiar, Paulo Henrique Pires de (Presidente)
Maldaun, Marcos Vinicius Calfat
Miura, Flávio Key
Scaff, Milberto
Veiga, José Carlos Esteves
Título em português
Avaliação radiológica imediata, aos seis meses e aos 18 meses, do uso do copolímero etileno vinil álcool (Onyx®) no tratamento endovascular de aneurismas saculares intracranianos de colo largo
Palavras-chave em português
Aneurisma intracraniano
Embolização terapêutica
Hemorragia subaracnóidea
Onyx®
Resultado de tratamento
Resumo em português
Introdução: A alta incidência de oclusão incompleta e recanalização dos aneurismas intracranianos de colo largo tratados por via endovascular levaram ao desenvolvimento de novas técnicas, entre elas o uso do Onyx ®. Objetivos: avaliar a eficiência do agente embólico líquido Onyx® em produzir oclusão completa dos aneurismas intracranianos de colo largo e avaliar a estabilidade do tratamento aos 6 meses e aos 18 meses, por meio de controles angiográficos. Casuística e métodos: Esta tese foi realizada na Seção de Neuroradiologia Intervencionista da Med Imagem, do Hospital São Joaquim da Real e Benemérita Associação Portuguesa de Beneficência de São Paulo, através da revisão de dados clínicos e radiológicos de 69 pacientes tratados pelo autor, com 84 aneurismas intracranianos de colo largo no período de julho de 2002 a fevereiro de 2006. Dez pacientes eram do sexo masculino e 59 do sexo feminino, com idade variando de 24 anos a 86 anos (mediana de 52 anos). Todos os aneurismas tinham origem lateral à artéria e apresentavam pelo menos um dos critérios usados para definir colo largo - colo maior que 4 mm de diâmetro e relação saco/colo menor que 1,5. Cinqüenta aneurismas eram pequenos, 30 grandes e quatro gigantes (diâmetro máximo menor que 12mm, de 12mm a 25mm e maiores que 25mm, respectivamente). As apresentações clínicas mais comuns foram: achado incidental em 34 pacientes, pós-hemorragia sub aracnóide e recanalização após tratamento com espirais destacáveis em 10. A maioria dos aneurismas era da artéria carótida interna (76 aneurismas). Controles angiográficos foram feitos ao final, aos seis meses e aos 18 meses do tratamento (controles I, II e III respectivamente), sendo analisados principalmente o grau de oclusão (completa ou incompleta), incidência de recanalização e complicações clínicas. Avaliação estatística foi feita pelo método de Kaplan-Meier para o percentual cumulativo de oclusão completa e percentual de recanalização e análise univariada e multivariada dos fatores preditivos de oclusão total imediata e tardia através de regressão logística. Resultados: O índice de oclusão completa foi de 65,5%, 84,6% e de 90,3% para todos os aneurismas, nos controles I, II e III respectivamente. Estes índices foram de 74%, 95,1% e de 95,2% para os aneurismas pequenos e de 53,3%, 70% e de 80% para os aneurismas grandes nos controles I, II e III respectivamente. Oclusão completa ocorreu em 50% dos aneurismas gigantes nos controles I e II, sem haver controle III neste grupo. Recanalização ocorreu em 3 aneurismas (4,6%). O porcentual cumulativo de oclusão completa foi de 97,63% (IC de 95% variando de 95,27 a 100) para os aneurismas pequenos aos 9 meses e de 83,86% (IC de 95% variando de 67,73 a 100) para os aneurismas grandes aos 21 meses. Três pacientes faleceram (4,3%), havendo relação com o procedimento em dois (2,9%). Morbidade permanente ocorreu em cinco pacientes (7,2%), sendo incapacitante em um (1,4%). Conclusões: 1. O uso do Onyx® foi eficiente na oclusão completa dos aneurismas intracranianos de colo largo. 2. O tratamento foi estável nos controles angiográficos aos 6 meses e aos 18 meses.
Título em inglês
Radiological evaluation on immediate, 6 and 18 month control on the use of Onyx® in the endovascular treatment of wide neck intracranial aneurysms
Palavras-chave em inglês
Intracranial aneurysm
Onyx®
Subarachnoid hemorrhage
Therapeutic embolization
Treatment outcome
Resumo em inglês
Introduction: The high rate of incomplete occlusion and intracranial large neck aneurysms recanalization lead to the development of new techniques, including the use of Onyx®. Purpose: to evaluate the efficacy of the liquid embolic system Onyx ® to produce completes occlusion of the intracranial large neck aneurysms and evaluates the stability of the treatment at 6 month and 18 month angiographic control. Materials and Methods: this thesis has been performed at Section of Interventional Neuroradiology of Med Imagem, at the Hospital São Joaquim da Real e Benemérita Associação Portuguesa de Beneficência de São Paulo, based on a review of clinical and radiological records of 69 patients treated by the author, harboring 84 large neck intracranial aneurysms between July 2002 and February 2006. Ten patients were male and 59 female, with age ranging from 24 to 86 years old. All aneurysms were lateral to the parent vessel and were wide neck (neck > 4 mm and/or domus to neck ratio < 1.5). Fifty aneurysms were small (<12 mm), 30 were large (12 to 25 mm) and 4 were giant (> 25 mm). Thirty four aneurysms were incidental, 10 were ruptured and 10 were recanalized after coil treatment and the majority was located in the internal carotid artery (76). Angiographic follow-up was done at the end of the procedure, at six month and at 18 month (controls I, II and III respectively), analyzing the rate of complete occlusion, recanalization and clinical complication. Statically analysis were done by Kaplan-Meier method for cumulative percentage of complete aneurysm occlusion and for recanalization, and univariate and multivariate analysis of predictive factors of immediate and late complete occlusion through logistic regression. Results: Complete aneurysm occlusion was achieved in 65.5% on immediate control, in 84.6% at 6 month, and in 90.3% at 18 month follow-up periods for all aneurysms. This rate was 74%, 95.1% and 95.2% for small and 53.3%, 70% and 80% for large aneurysms at the same follow-up periods. In the giant aneurysm group, two had complete and stable occlusion at six month follow-up angiography. Recanalization was seen in three aneurysms (4,6%). Kaplan Meyer's cumulative percentage of complete aneurysm occlusion was 97.63% (CI 95% ranging from 95,27 to 100) for small aneurysms at 9 months and 83.86% (CI 95% ranging from 67,73 to 100) for large aneurysms at 21 months. There were three deaths (4,3%), two procedure-related (2.9%). Overall morbidity was 7.2%, being disabling in one (1,4%). Conclusions: 1. The use of Onyx was efficient in the complete occlusion of wide neck intracranial aneurysms. 2. The treatment was stable at 6 month and 18 month angiographic controls.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ronielpiske.pdf (32.54 Mbytes)
Data de Publicação
2008-09-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.