• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2017.tde-11052017-144425
Documento
Autor
Nome completo
Marcia Martiniano de Sousa e Sá
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Novaes, Hillegonda Maria Dutilh (Presidente)
Martins, Vilma Regina
Diz, Maria Del Pilar Estevez
Eluf Neto, Jose
Título em português
Registros Hospitalares de Câncer de São Paulo: produção e utilização de informações
Palavras-chave em português
Epidemiologia nos serviços de saúde
Estatísticas de serviços de saúde
Neoplasias
Registros de doenças
Registros hospitalares
Sistema de informação em saúde
Resumo em português
Introdução - O Registro de Câncer foi proposto para coletar, gerir e analisar dados de pacientes com câncer, e é considerado parte essencial de qualquer programa de controle de câncer. Os dados têm potencial para serem utilizados em investigação etiológica, prevenção primária e secundária, planejamento de cuidados de saúde e assistência ao paciente, sendo proposto para acompanhar os pacientes nos hospitais em que realizam o tratamento. Objetivo - Estudar a produção de informações nos Registros Hospitalares de Câncer e as condições para a sua utilização na pesquisa e gestão nos serviços de oncologia no Município de São Paulo. Para isso, foi analisada a base de dados disponível na FOSP e foram realizadas entrevistas com gestores de registro de câncer do município de São Paulo. Resultados e Discussão - A análise dos indicadores produzidos pela FOSP mostram a qualidade dos dados e as principais tendências entre pacientes atendidos em hospitais com RHC. Quando os gestores foram questionados sobre o que poderia melhorar a qualidade do RHC, três pontos foram os principais: a formação dos registradores, a melhoria das informações clínicas no prontuário e a possibilidade de calcular a curva de sobrevida dos pacientes. Em relação à produção de indicadores, foi observada a pouca compreensão entre os gestores sobre as suas definições técnicas e que utilizam os dados disponíveis no sistema da FOSP, mas não de forma rotineira. Conclusão - Os RHC mostraram-se heterogêneos e há dificuldade na produção da informação. Demonstrar aos gestores as informações disponíveis no RHC por meio de relatórios periódicos contendo as análises dos casos e os indicadores de qualidade pode sensibilizar a gestão sobre a potencialidade do uso das informações, e, com isso, gerar ciclos de melhoria no próprio registro de câncer, e, a partir de então, propor melhorias no serviço de oncologia. Aumentar a visualização do RHC pode ser uma forma de aumentar a credibilidade do serviço, e, assim, aumentar sua utilização
Título em inglês
Hospital-based cancer registries of São Paulo: production and use of information
Palavras-chave em inglês
Diseases registries
Health information systems
Health services epidemiology
Health services statistics
Hospital records
Neoplasms
Resumo em inglês
Introduction - The Cancer Registry has been designated to collect, manage and analyze the data of patients with cancer and it is considered the essential part to any program of cancer control. Data have potential to be used in etiological investigation, primary and secondary prevention, planning of healthcare to patient, being proposed to assist the patients at the hospitals where they had the treatment. Objects - The purpose is to study the production of information at the Cancer Registry Hospital (CRH) and the conditions to its using at the research and the management at the oncology service at the municipality of São Paulo. Results and discussion - The analysis of the indicators produced by FOSP show the data quality and the main tendency between patients attended in hospitals with CRH. When the managers where questioned about what could improve the CRC´s qualities three points were the main one: register´s education, improvement of the clinical information in the charts and the possibility to calculate the patient´s survival curve. In relation to production indicators, a manager demonstrated total lack of knowledge about the subject, the others answered that they used those which are available in the FOSP´s system but not as a routine. When the managers where questioned about what could improve the CRC´s qualities three points were the main one: register´s education, improvement of the clinical information in the charts and the possibility to calculate the patient´s survival curve. Conclusion - The CRH has been shown as heterogeneous and there are difficulties in production of information. To demonstrate to managers the available information in RHC trough periodic reports containing the cases analysis and the quality indicator might sensitize the management about the potentiality of using of information and generate improvement cycle in its own cancer register and from then on to propose improvements in the oncology services. To raise the visualization of RHC might be a way to increase the credibility of the service and thus increase its use
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-05-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.