• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2014.tde-09022015-095036
Documento
Autor
Nome completo
Anna Carolina Arena Siqueira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Falcão, Marcia Thereza Couto (Presidente)
Figueiredo, Wagner dos Santos
Queiróz, Maria de Fátima Ferreira
Schraiber, Lilia Blima
Silveira, Cássio
Título em português
Masculinidades, trabalho e cuidado em saúde: representações de trabalhadores no contexto de modernização do Porto de Santos-SP
Palavras-chave em português
Gênero e saúde
Pesquisa qualitativa
Processo saúde-doença
Saúde do homem
Saúde do trabalhador
Trabalhadores
Resumo em português
Esta tese investigou os significados atribuídos por trabalhadores portuáriosdo Porto de Santos/SP ao processo de Modernização dos Portos Brasileiros, implementado a partir da promulgação da Lei 8630/93 e da implantação do OGMO, no tocante à identidade de trabalhador portuário, processo saúde-adoecimento-cuidado, gênero e masculinidades. Foi utilizada metodologia qualitativa, com trabalho de campo realizado entre os anos de 2009/2010, com os instrumentos de observação etnográfica (dos locais de escalação para o trabalho e faixa cais do Porto de Santos) e 39 entrevistas em profundidade com diferentes categorias de trabalhadores portuários na ativa. O material produzido na pesquisa empírica constituiu-se de diários de campo e um banco de narrativas, sobre os quais foi aplicada análise por triangulação de métodos, seguindo o referencial hermenêutico , e a análise temática de conteúdo. A discussão sobre os dados obtidos a partir da análise foi divida em 3 capítulos representativos das categorias temáticas fundantes, identificadas no processo de impregnação: o primeiro sobre a caracterização dos sujeitos de pesquisa e seu universo simbólico, o segundo específico sobre a temática da saúde dos trabalhadores, e o último referente às representações de gênero e masculinidades. De acordo com os trabalhadores portuários, a promulgação da Lei 8630/93 modificou drasticamente a organização do trabalho portuário no Porto de Santos, trazendo alguns ganhos nos aspectos de saúde do trabalhador, como aqueles relacionados à exigência do uso de EPIs, controle de acidentes e exames médicos periódicos. Em contraposição, a mesma lei acarretou muitas perda objetivas e subjetivas, no sentido do esvaziamento da identidade do grupo, anteriormente pautada nas noções de ofício, e quanto aos atributos da masculinidade, baseada em valores como 'ser trabalhador' e 'provedor da família'. No quesito da relação entre saúdeadoecimento e cuidado, verificou-se uma percepção de insalubridade relacionada ao exercício do trabalho no Porto de Santos, considerado um ambiente permeado por muitos riscos pelos portuários. Por outro lado, apresentaram resistência à procura por tratamentos médicos e um comportamento de aversão aos afastamentos por motivos de saúde, sendo sua interface com o cuidado em saúde restrita aos exames periódicos exigidos pelo OGMO
Título em inglês
Masculinities, work and health care: representations of workers in the context of modernization of the Port of Santos-SP
Palavras-chave em inglês
Gender and health
Men's health health-disease process
Occupational health
Qualitative research
Workers
Resumo em inglês
We aimed to study the meaning of impacts that a Brazilian law (Lei de Modernização dos Portos Brasileiros 8630/93) produced in port workers of Port of Santos/SP, in a way to acess their port worker identity, health-illness care process, gender and masculinities themes. The empirical research which ground the discussion, had a qualitative approach and was perform between 2009/2010. It used as instruments for obtaining data ethnography observations (at workers selection places and pier) and 39 in-depth port workers interviews. From this point, were produced field diaries and an interview database that were analysed by metodos triangulation tecnic, according to the conceptual framework of hermeneutical referencial and content analysis. We shared the discussion in 3 chapters that brought out the leading temathics of our investigation: subjects characterization, their symbolic universe, workers health, gender and masculinities representations. According to port workers, that law dramatically modified their work organization, with some winning points like EPIs requirement, accident control and periodic exams. Beside that, port workers related considerable losses in the way of their brotherhood identity, based on craft skills and masculinities concepts, like 'be a worker' and 'support a family'. Port workers showed a perception about health-illness care process based in the idea that Port of Santos was a hazardous work place. In the other side, they avoid to look for medical treatments or absence from work for health problems. Their health care interface was restricted to periodic exams required from OGMO
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-02-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.