• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2009.tde-08092009-152727
Documento
Autor
Nome completo
Marisa Croccia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Cohn, Amelia (Presidente)
Malik, Ana Maria
Nakamura, Eunice
Título em português
A representação do "trabalho" na vida do agente comunitário de saúde
Palavras-chave em português
Agente comunitário de saúde
Atenção primária à saúde
Pessoal de saúde
Programa de Saúde da Família
Satisfação no emprego
Resumo em português
O Programa de Saúde da Família (PSF) foi implantado no Brasil como uma estratégia de reorientação da Atenção Primária à Saúde com suas principais ações focadas no Agente Comunitário de Saúde (ACS). Esta pesquisa exploratória de abordagem qualitativa, por meio de entrevistas individuais semiestruturadas, foi realizada com 15 ACS de duas unidades de Programa de Saúde da Família (PSF) da zona leste do município de São Paulo, tendo como objetivo analisar o lugar e o significado de ser ACS, no percurso de vida desses profissionais. Após assunção da função de ACS, houve uma mudança significativa em suas vidas, a qual passou a ser marcada por condições que se contrapõem: a perda da privacidade com a aquisição de popularidade e o ganho de identidade profissional em detrimento da identidade pessoal. Os achados indicaram que os Agentes Comunitários de Saúde vivenciam uma dificuldade de delimitações de suas tarefas na prática, embora suas atribuições estejam definidas por lei. Somando-se a isso, os fatores que provocam insatisfação na função também contribuem para que os ACSs busquem outras oportunidades de trabalho. Observou-se, ainda, que os ACSs não manifestaram intenção de continuar na função por muito tempo, tendo seu olhar voltado para outros objetivos, inclusive a continuidade dos estudos, tanto para seguir na área da saúde como para a área social, sendo a atividade um meio para ascensão social e profissional e de garantia de subsistência.
Título em inglês
The work representation for community health agents life
Palavras-chave em inglês
Community health agent
Family Health Program
Health personnel
Job satisfaction
Primary health care
Resumo em inglês
The Family Health Program (FHP) emerged in Brazil as a strategy of Primary Health Care reorientation with the main action focused on the Community Health Agent. It is a qualitative research using open-ended interviews with 15 CHA of two Family Health Units, Jardim Robrú and Jardim Campos, situated at East Side of São Paulo city, which objective was to analyze the position and the meaning of being CHA in the passage of life of these professionals. After assuming their function, the CHAs experienced significant changes in their lives, marked by opposed conditions: the loss of their privacy and the popularity acquisition; and profit of professional identity in detriment of personal identity. The findings indicate that the Community Health Agents experienced deeply a delimitation difficulty of their tasks in practice, even their attributions are defined by law. In addition, dissatisfaction factors also contribute to lead CHA to seek for other work opportunities. These agents reveal no intention to continue in their function for longer time, as they wish to continue their studies, both in the health area or in other social one, being the activity a way for social and professional ascension and subsistence guarantee.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
marisacroccia.pdf (1.55 Mbytes)
Data de Publicação
2009-09-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.