• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2009.tde-02092009-164126
Documento
Autor
Nome completo
João Paulo Consentino Solano
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Menezes, Paulo Rossi (Presidente)
Menon, Márcia Angélica
Soriano, Francisco Garcia
Título em português
Frequência de sintomas no último ano de vida de idosos: avaliação de necessidades em cuidados paliativos
Palavras-chave em português
Cuidados a doentes terminais
Cuidados paliativos
Idoso
Morte
Prevalência
Sinais e sintomas
Resumo em português
Este estudo objetivou entrevistar cuidadores de idosos falecidos, inventariando a presença, a gravidade e a duração de sintomas comuns no último ano de vida do idoso, e verificando a possibilidade de o idoso ter recebido tratamento paliativo para tais sintomas. Idosos foram arrolados por meio de inquérito domiciliar de base populacional no Butantã (São Paulo); idosos falecidos durante o período de seguimento (2 anos) eram elegíveis, desde que os cuidadores dos idosos fossem entrevistados entre três e 16 meses após o óbito; utilizou-se questionário sobre dor, ansiedade, depressão, choro, insônia, dispneia, astenia, anorexia, náuseas, obstipação, diarreia, incontinência urinária e fecal, e úlceras de pressão. Foram entrevistados 81 cuidadores; a idade média do idoso ao falecer foi 78 anos; as causas de óbito mais frequentes foram neoplasia, pneumonia, acidente vascular cerebral e insuficiência cardíaca congestiva; os sintomas mais frequentes no último ano de vida foram dor (78%), fadiga (68%), dispneia (60%), depressão e anorexia (58% cada); dor, dispneia e fadiga foram os mais intensos; dor, fadiga e depressão duraram 6 meses ou mais; na última semana de vida, os mais frequentes foram fadiga, incontinência urinária, anorexia, dispneia e dor; ficaram sem tratamento 79% dos idosos com depressão, 77% dos idosos com incontinência urinária e 67% dos idosos com ansiedade. É necessário melhor aplicar os conceitos e ações de cuidados paliativos para dar aos idosos brasileiros mais dignidade e qualidade ao final da vida.
Título em inglês
Frequency of symptoms in the last year of life of elders: a palliative care needs assessment
Palavras-chave em inglês
Aged
Death
Hospice care
Prevalence
Resumo em inglês
The present study aimed at interviewing family caregivers of deceased elders to investigate the presence, severity and duration of common symptoms, as well as whether they were managed during the last year of life. Elders were enrolled to a population-based study in Butantã (western São Paulo); after a two-year follow-up assessment, any death was eligible for the present study since the carers were interviewed between three and sixteen months after the death of the elder, and responded to a questionnaire on: pain, anxiety, depression, easycrying, insomnia, dyspnea, fatigue, anorexia, nausea, constipation, diarrhea, urinary and fecal incontinence, and pressure sores. Eighty-one carers were interviewed; mean age was 78 among the deceased elders; the most frequent causes of death were cancer, pneumonia, stroke and heart disease; the most frequent symptoms at the last year were pain (78%), fatigue (68%), dyspnea (60%), depression and anorexia (58% each); pain, dyspnea and fatigue were the most severe; pain, fatigue and depression lasted 6 months or more; the most frequent in the last week of life were fatigue, urinary incontinence, anorexia, dyspnea and pain; no treatment was received for depression, urinary incontinence and anxiety (respectively, 79%, 77% and 67% of the elders with the symptom). It is mandatory to implement the concepts and actions of palliative care to provide Brazilian elders with dignity and better quality at the end of life.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
joaopcsolano.pdf (2.18 Mbytes)
Data de Publicação
2009-09-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.