• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2009.tde-02092009-163316
Documento
Autor
Nome completo
João José Batista de Campos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Elias, Paulo Eduardo Mangeon (Presidente)
Aguiar, Adriana Cavalcanti de
Cordoni Junior, Luiz
Marsiglia, Regina Maria Giffoni
Martins, Milton de Arruda
Título em português
O ensino da saúde coletiva na graduação médica: estudo de caso em três universidades do Paraná
Palavras-chave em português
Currículo/tendências
Educação de graduação em medicina
Educação médica
Educação superior
Pesquisa qualitativa
Saúde coletiva
Resumo em português
Historicamente, as diferentes concepções de Saúde Coletiva influenciaram tanto no ensino específico deste campo do saber como na formação geral do médico. Partindo deste pressuposto, o presente trabalho teve como objetivo estudar o ensino da Saúde Coletiva na graduação médica, buscando apreender suas configurações e as conseqüentes implicações nas propostas curriculares de três universidades do Paraná (Brasil): Universidade Estadual de Londrina (UEL), Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Universidade Positivo (UnicenP). Constituíram-se também em eixos de investigação, além das concepções de Saúde Coletiva, a relação ensino-aprendizagem, as ênfases assumidas pelo programa e os vínculos com os serviços de saúde. A pesquisa qualitativa foi realizada com base na análise documental dos projetos pedagógicos (os cursos instituídos) considerando como eles são efetivamente vividos, de acordo com a ótica dos agentes envolvidos. Para tanto, foram feitas entrevistas com 11 gestores, 18 professores, e foram constituídos 4 grupos focais de estudantes, considerados atores-chave nos três cursos de Medicina. Os resultados evidenciaram a inserção de 5% a 20% da área de Saúde Coletiva nos currículos, dependendo das estratégias de ensino, mas sempre em abordagens acadêmicas fortemente vinculadas aos serviços de saúde, uma realidade que é fortalecida pelo grau de consolidação do SUS em ambas as cidades (Curitiba e Londrina). Independentemente da natureza da universidade, da configuração organizacional e acadêmica do curso e dos diferentes modos de inserção docente, a Saúde Coletiva se faz presente e se assume com considerável relevância para a formação médica. Ainda que não se constitua um eixo articulador da graduação em dois casos estudados, a área traz à dimensão técnica do saber médico o equilíbrio necessário representado pela consciência dos desafios e o compromisso com a realidade. De modo inverso, em função da complexidade da formação, a presença maciça da Saúde Coletiva ao longo de um curso não garante necessariamente o ideal da profissionalização médica.
Título em inglês
Teaching public health in medical schools: a case study in three universities in Paraná
Palavras-chave em inglês
Curriculum
Education higher
Education medical
Education public health
Health education
Medical undergraduate
Resumo em inglês
Historically, different concepts of Public Health have influenced the specific teaching of this field of knowledge as well as medical education. The objective of this paper is to study the teaching of Public Health in medical schools, focusing on its structure and implications in curriculum design in three universities in Paraná - Brazil: State University of Londrina (UEL), Federal University of Paraná (UFPR) and the Positivo University (UnicenP). The research questions focused on the content of Public Health selected in their respective curricula, the teaching-learning relationships, program emphasis and the partnerships established with public health services. Qualitative research data collection from the perspective of key informants was carried out based on the analysis of pedagogical projects and on how they were effectively experienced. Eleven managers and 18 teachers were interviewed and 4 focus groups with students were developed in the three universities. Outcomes showed the presence of between 5% to 20% of Public Health themes in the course syllabi, depending on the teaching strategies used. However, they always appeared associated with academic issues strongly linked to health services, which were strengthened by the local development of the Comprehensive Health Care System in the two cities, Curitiba and Londrina in which studies were carried out. Public Health is present and very relevant in the curriculum required for doctors qualification regardless of the characteristics of the university studied, the bureaucratic and academic course structures and the different methods for hiring teachers. Besides not being a main articulator axis in two of the medical courses studied, Public Health provides the necessary balance for the technical dimension of medical knowledge, represented by the awareness of the challenges and commitment to the reality. On the contrary, because of the complexity of medical education, the strong presence of Public Health in the other medical course studied not necessarily guarantees the ideal qualification of the medical professional
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Joaojbdecampos.pdf (3.83 Mbytes)
Data de Publicação
2009-09-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.