• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2013.tde-27032013-103812
Documento
Autor
Nome completo
Paulo Afonso Martins Abati
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Segurado, Aluisio Augusto Cotrim (Presidente)
Castro, Marcia Caldas de
Gutierrez, Eliana Battaggia
Título em português
Análise do perfil sociodemográfico, clínico e laboratorial de pessoas com mais de 13 anos vivendo com HIV/AIDS no oeste do Pará e tendências de incidência de AIDS em Santarém
Palavras-chave em português
Brasil/epidemiologia
Cidades/epidemiologia
Epidemiologia/tendências
Incidência
Infecções por HIV/ epidemiologia
Síndrome de imunodeficiência adquirida/epidemiologia
Soroprevalência de HIV
Resumo em português
A infecção pelo vírus da imunodeficiência humana na Amazônia tem-se mostrado como um dos mais recentes desafios para o enfrentamento da epidemia de HIV/aids no Brasil. Estudos epidemiológicos baseados em dados de incidência mostram tendência de crescimento da epidemia na região Norte do país. O Serviço de Assistência Especializada de Santarém é referência em assistência às pessoas com HIV/aids de 25 municípios das mesorregiões do baixo Amazonas e sudoeste do Pará. Os objetivos do presente trabalho consistem em descrever as características sociodemográficas, clínicas e laboratoriais de pessoas vivendo com HIV à admissão nesse serviço de referência, comparando-as entre os períodos: 1999 a 2002(P1), 2003 a 2006(P2) e 2007 a 2010(P3) e analisar as tendências de incidência de aids em Santarém entre 1999 e 2010. As informações referentes às variáveis de interesse foram obtidas em revisão de prontuários. Foram calculados os coeficientes de incidência padronizados a partir dos casos notificados de aids em Santarém, obtidos em bases de dados nacionais e locais. A análise de tendência de incidência foi realizada por modelos de regressão polinomial. A maioria dos 527 sujeitos (62,4%) foi admitida em P3, com 24,1% e 13,5% em P2 e P1, respectivamente. Observou-se aumento significativo da participação de indivíduos não procedentes de Santarém em P3 em comparação a P1. Verificou-se diferença significativa entre os sexos com relação ao motivo de realização da testagem pelo fato do conhecimento da soropositividade do parceiro ter motivado a testagem entre as mulheres em P1 e P2. Enquanto a presença de sinais e sintomas sugestivos de HIV/aids motivou o teste em homens durante todo o período avaliado. Houve redução significativa das medianas de linfócitos T CD4+ à admissão em P3, em relação a P1 e P2. Foram notificados 336 casos novos de aids em Santarém no período de 1999 a 2010. Foi encontrada tendência significativa de crescimento da epidemia em Santarém em ambos os sexos, e nas categorias de exposição ao HIV heterossexual e homo/bissexual no sexo masculino. O crescimento da demanda assistencial no serviço de Santarém, com incremento do número de pacientes procedentes de municípios menores e, admitidos em estadios tardios da infecção, associada à tendência de crescimento de incidência de aids em Santarém no período estudado, sugerem que as intervenções programáticas implementadas na região podem ter contribuído para o reconhecimento de maior número de casos de aids, porém ainda não possibilitaram o diagnóstico mais precoce. Acredita-se que estratégias de vigilância epidemiológica de segunda geração poderiam subsidiar de modo mais eficiente as intervenções programáticas voltadas ao controle da epidemia em uma região caracterizada por apresentar fatores individuais, sociais e programáticos que conferem vulnerabilidade acrescida à infecção pelo HIV.
Título em inglês
Analysis of sociodemographic, clinical and laboratory features of people over 13 years old living with HIV / AIDS in western Pará and AIDS incidence trends in Santarém
Palavras-chave em inglês
Acquired immunodeficiency syndrome/epidemiology
Brazil/epidemiology
Cities/epidemiology
Epidemiology/trends
HIV infections/epidemiology
HIV seroprevalence
Incidence
Resumo em inglês
Infection with human immunodeficiency virus within the Amazon region has been shown as one of the latest challenges confronting the HIV/AIDS epidemic in Brazil. Epidemiological studies based on incidence data show an increasing trend in AIDS incidence in the Brazilian North region. The specialized HIV/AIDS outpatient clinic of Santarém is the reference healthcare setting that provides care for people living with HIV/AIDS (PLHA) from 25 municipalities of the Lower Amazon and southwestern Pará regions. The aims of this study are to describe socio-demographic, clinical and laboratory features of PLHA at time of admission to this reference clinic, comparing them among the following periods: 1999 to 2002 (P1), 2003 and 2006 (P2) and 2007 and 2010 (P3), and to analyze AIDS incidence trends in Santarém between 1999 and 2010. Information about variables of interest was obtained by review of medical records. Standardized AIDS incidence rates were calculated, based on cases reported in Santarém, using data obtained from national and local databases. Incidence trend analysis was performed by polynomial regression. Out of 527 records, 62.4% of patients were admitted to the clinic in P3, 24.1% and 13.5% in P2 and P1, respectively. A significant increase was seen in the participation of individuals from cities other than Santarém in P3, as compared to P1. There was a significant gender difference in the reason to be tested for HIV, as women were more likely to have been tested due to a seropositive partner in P1 and P2, whereas existing signs and symptoms of HIV/AIDS predominated among men as the reason for testing throughout the study period. A significant reduction in median CD4+ cell counts at admission was noticed comparing P3 to P1 and P2. 336 AIDS cases were reported in Santarém from 1999 to 2010. An increasing AIDS incidence trend was found for both genders, and for both heterosexual and homo/bisexual among males. The increasing local demand for HIV/AIDS care, with larger numbers of cases coming from smaller cities and admitted in later stages of HIV infection, taken together with the increasing AIDS incidence trend in Santarém during the study period suggest that even though programmatic interventions may have succeeded in identifying more AIDS cases, they were not able to lead to an earlier diagnosis. We believe that the implementation of second generation surveillance strategies in this region could guide programmatic interventions for the control of the epidemic more efficiently, in a context characterized by individual, social and programmatic factors related to a high vulnerability to HIV infection.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.