• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Thèse de Doctorat
DOI
10.11606/T.5.2019.tde-18022019-163613
Document
Auteur
Nom complet
Denise Brandão de Assis
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2018
Directeur
Jury
Levin, Anna Sara Shafferman (Président)
Abdala, Edson
Cardo, Denise Mary
Corrêa, Luci
Titre en portugais
Avaliação do impacto de medidas de intervenção em unidades de terapia intensiva do estado de São Paulo
Mots-clés en portugais
Infecções relacionadas a cateter
Intervenções
Prevenção de doenças
Taxas razões e proporções
Unidades de terapia intensiva
Vigilância epidemiológica
Resumé en portugais
Introdução: As infecções relacionadas à assistência a saúde (IRAS) são adquiridas durante o atendimento ao paciente para tratamento clínico ou cirúrgico e são o evento adverso mais frequente em serviços de saúde. Pacientes internados em unidades de terapia intensiva (UTI) apresentam maior risco de infecção e as infecções de corrente sanguínea ICS associadas a cateter venoso central (CVC) podem ser consideradas uma importante complicação em pacientes críticos e estão relacionadas com aumento na mortalidade, morbidade, tempo de internação e custos. A implantação de medidas de prevenção é capaz de prevenir mais de 50% das ICS associadas a CVC, resultando não apenas em redução de custos diretos, mas, também, em melhora da qualidade da assistência. Objetivos: Implantação de medidas de intervenção e avaliação do impacto destas medidas na redução das taxas de infecção de ICS laboratorialmente confirmadas associadas a CVC em hospitais com UTI adulto do estado de São Paulo de abril a dezembro de 2011 e até 6 meses após este período. Métodos: Uma amostra de 56 hospitais do Estado de São Paulo participou do estudo. Os hospitais foram orientados a formar grupos de trabalho e a aplicar um questionário de conhecimento aos seus profissionais de saúde. Além disso, os hospitais realizaram observação de práticas de inserção e cuidados com CVC. Os dados foram compilados e divulgados às equipes durante uma reunião na qual foram definidas quatro estratégias de intervenção. Após a implantação das medidas de intervenção, os hospitais realizaram um segundo período de observação e as equipes se reuniram em mais duas ocasiões para discutir as dificuldades e os resultados. As taxas de ICS associada a CVC foram acompanhadas durante todo o período. Os modelos lognormal de efeitos mistos e modelos baseados em equações de estimação generalizada foram utilizados para selecionar variáveis associadas à redução de ICS associada a CVC. Resultados: Houve melhora nas práticas de cuidados com CVC dos profissionais de saúde após a implantação das medidas de intervenção. A redução das taxas de ICS associada a CVC foi mais significativa em hospitais com taxas iniciais maiores que 7,4 / 1000 cateteres-dias (p < 0,001) e naqueles que introduziram o uso de cateter central de inserção periférica (PICC) (p = 0,01). No modelo final de análise de dados a variação nas taxas pós / pré-intervenção foi estimada. Para os hospitais com taxas iniciais altas, mesmo sem a implantação do PICC ou de novos dispensadores de produto alcoólico para higiene das mãos, espera-se que as taxas diminuam em 36% (95% IC: 9- 63%) ao longo do tempo. Conclusões: A redução das taxas de ICS associada a CVC foi mais significativa em hospitais com taxas inicialmente altas e naquelas que implantaram PICC. O processo de avaliar práticas e discutir problemas, no entanto, pode ter tido um efeito adicional na redução de taxas
Titre en anglais
Evaluation of the impact of intervention measures in intensive care units in the State of São Paulo
Mots-clés en anglais
Catheter-related infections
Disease prevention
Epidemiological monitoring
Intensive care unit
Interventions
Rates ratios and proportions
Resumé en anglais
Background: Healthcare-associated infections (HAI) are the most frequent adverse event in health services. Intensive Care Unit (ICU) patients are at increased risk of infection and catheter-related bloodstream infections (BSIs) may be considered an important complication and are related to increased mortality, morbidity, time hospitalization, and costs. Several studies on the impact of interventions to reduce BSI have been published and show the feasibility and cost-effectiveness of these measures. Objectives: Implantation of intervention measures and evaluation of the impact of these measures in reducing the rates of BSI rates in adult ICUs in the state of São Paulo, Brazil, from April to December 2011 and up to 6 months after this period. Methods: 56 hospitals were requested to form work teams. Each hospital applied a questionnaire to their health care workers (HCW) and performed observation of practices. Data were compiled then fed back to the teams during a meeting in which 4 intervention strategies were defined. A 2nd observation period followed and teams met on 2 further occasions to discuss difficulties and results. BSI rates were registered. Log-normal mixed effects models and generalized estimating equation based models (GEE based models) were used to select variables significantly associated with the variation in BSI. Results: Interventions improved HCWs practices. Reduction of BSI rates was more significant in hospitals with initial BSI rates > 7.4/1000 catheter-days (p < 0.001) and those that introduced the use of peripherally-inserted central catheters (PICC) (p=0.01). A final model incorporing such findings was fitted and post/preintervention variation in rates were estimated. For hospitals with high BSI initial rates, without implementation of PICC or new alcohol hand rub dispensers, the rates are expected to decrease by 36% (95%CI: 9-63%) over time. Conclusions: Reduction of BSI rates was more significant in hospitals with initially high rates and in those implementing PICCs. The process of evaluating practices and discussing problems, however, may have had an additional effect
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
DeniseBrandaodeAssis.pdf (952.65 Kbytes)
Date de Publication
2019-02-19
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2019. Tous droits réservés.