• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2015.tde-08122015-100629
Documento
Autor
Nome completo
Isabel Aragão Maia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Amato, Valdir Sabbaga (Presidente)
Andrade Junior, Heitor Franco de
Medeiros, Eduardo Alexandrino Servolo de
Título em português
Avaliação da função pulmonar por espirometria na leishmaniose visceral
Palavras-chave em português
Espirometria
Leishmanias
Leishmaniose visceral
Medidas de volume pulmonar
Pulmão
Resumo em português
Introdução: Das formas clínicas das leishmanioses, a forma clássica da leishmaniose visceral (LV) é a forma mais grave da doença, afetando órgãos como baço, fígado e linfonodos. Como a doença apresenta um comprometimento intersticial secundário à infecção pela Leishmania, existe o envolvimento de outros órgãos. No pulmão, o envolvimento se manifesta pela pneumonite intersticial. Essa alteração foi provada por estudo anatomopatológico em hamsteres, cães e homens. Embora as pesquisas pulmonares na doença avaliem as alterações ultraestruturais provocadas pela leishmaniose, não existem estudos que avaliem o impacto dessas sobre a função pulmonar. Objetivo: Caracterizar o distúrbio ventilatório em pacientes internado com LV por espirometria. Métodos: Foram avaliados transversalmente 20 pacientes com diagnóstico confirmado por Kalazar detect, mielograma e/ou sorologia. Os parâmetros medidos foram a capacidade vital forçada (CVF), volume expiratório forçado do primeiro segundo (VEF1), índice de Tiffeneau e fluxo expiratório forçado (25-75%). Posteriormente, foram utilizados, na análise estatística, o teste não paramétrico de Mann-Whitney, teste exato de Fisher, não paramétrico de Wilcoxon e o coeficiente de correlação de Speraman. Nível de significância com p < 0,05. Resultados: A espirometria mostrou-se alterada em 14 pacientes (70%). O padrão de distúrbio ventilatório apresentado foi somente restritivo. Em relação aos dados laboratoriais, os pacientes com hipoalbuminemia apresentaram espirometria alterada. Não foi achada correlação estatisticamente significativa entre tempo de medicação, consumo de tabaco, infecção, sintomas respiratórios, ocupação, tempo de sintomas. Conclusão: Os achados da espirometria evidenciaram volumes pulmonares reduzidos, com diminuição da CVF e, em 55% dos pacientes com VEF1, também diminuído. Neste estudo, demonstrou-se que a alteração da função pulmonar está, provavelmente, relacionada à fibrose pulmonar que ocorre na LV, como descrito
Título em inglês
Pulmonary function evaluation by spirometry in visceral leishmaniasis
Palavras-chave em inglês
Leishmanias
Lung
Lung volume measurements
Spirometry
Visceral leishmaniasis
Resumo em inglês
The clinical forms of leishmaniasis, the classic form of visceral leishmaniasis (VL) is the most severe form of the disease, affecting organs such as the spleen, liver and lymph nodes. As the disease presents an interstitial deterioration secondary to the infection by Leishmania, there is the involvement of other organs. In the lung, the involvement is manifested by the interstitial pneumonitis. This alteration has been proved by anatomopathological studies in hamsters, dogs and men. Although the researches concerning this lung disease assess the ultrastructural alterations caused by leishmaniasis, there are no studies evaluating the impact of these on lung function. Objective: To characterize the ventilatory disorder in patients hospitalized with VL by spirometry. Methods: 20 patients were transversely evaluated with diagnosis confirmed by Kalazar Detect, myelogram and / or serology. The measured parameters were the forced vital capacity (FVC), forced expiratory volume in one second (FEV1), Tiffeneau index and forced expiratory flow (25-75%). Thereafter, the non-parametric Mann-Whitney test, Fisher's exact test, non-parametric Wilcoxon and Spearman correlation coefficient were used in the statistical analysis. Significance level of p < 0.05. Results: The spirometry was altered in 14 patients (70%). The presented ventilatory disorder pattern was only restrictive. Regarding the laboratory data, patients with hypoalbuminemia presented altered spirometry findings. It was not found statistically significant correlation between time of medication, smoking, infections, respiratory symptoms, occupation, time of symptoms. Conclusion: The findings of spirometry showed reduced lung volumes, with decreased FVC and in 55% of patients with FEV1 also decreased. In this study it was shown that the change in lung function is probably related to pulmonary fibrosis that occurs in the VL as described in anatomicopathological studies conducted earlier
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
IsabelAragaoMaia.pdf (1.68 Mbytes)
Data de Publicação
2015-12-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.