• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Emerson Vasconcelos de Andrade Lima
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Benard, Gil (Presidente)
Festa Neto, Cyro
Criado, Paulo Ricardo
Kadunc, Bogdana Victoria
Santos, Omar Lupi da Rosa
Título em português
Avaliação do teste T-SPOT.TB no diagnóstico de infecção tuberculosa latente em pacientes com psoríase
Palavras-chave em português
Fator de necrose tumoral
Imunossupressão
Psoríase
Terapêutica
Tuberculose latente
Resumo em português
Introdução: A terapêutica da psoríase foi modificada pela introdução dos imunobiológicos, que permitem melhor controle da doença e melhor qualidade de vida aos pacientes, mas promovem aumento do risco de tuberculose latente, exigindo diagnóstico antecedendo seu início. Objetivo: Avaliar o desempenho do teste T-SPOT.TB no diagnóstico de infecção tuberculosa latente em pacientes com psoríase. Métodos: Em estudo experimental, prospectivo, analítico, com comparação de grupos,de prevenção primária, para validade de teste diagnóstico, 33 pacientes com psoríase (grupo psoríase) e 30 pacientes com outras doenças dermatológicas (grupo base), atendidos nos Ambulatório de Dermatologia Geral ou de Psoríase do Centro de Estudos Dermatológicos do Recife, da Santa Casa de Misericórdia, entre fevereiro e novembro de 2009, foram submetidos aos testes do PPD e T-SPOT.TB. Para ambos os grupos, admitiu-se inclusão com idade mínima de 18 anos e critérios de exclusão doenças ou condições fisiológicas que comprometessem a competência imunológica, exceto psoríase, para o grupo psoríase. Adotou-se a técnica de Mantoux para o teste do PPD e uma variante simplificada da técnica Enzyme-Linked Immunospot para a determinação de células T efetoras, secretoras de IFN-g em resposta à estimulação pelos antígenos específicos do M. tuberculosis para o teste T-SPOT.TB. As variáveis dependentes foram os resultados do teste T-SPOT.TB contra antígenos ESAT-6, CFP-10, e os resultados do teste do PPD, considerando enduração de 0-4 mm: não reator; 5-9 mm: reator fraco; ≥ 10 mm: reator forte. As variáveis independentes foram: idade, sexo, cor da pele, tempo de evolução da psoríase, ocupação, história de contato intradomiciliar e renda, alcoolismo e gravidade da doença. Foram submetidos a teste Qui quadrado ou exato de Fisher, em nível de significância de 0, 05, assim como ao teste de Mantel-Haenszel, três modelos comparando o teste T-SPOT.TB com teste do PPD, contato intradomiciliar e associação teste do PPD e contato intradomiciliar. A pesquisa foi aprovada pelos Comitês de Ética da Universidade Federal de Pernambuco e Universidade de São Paulo. Resultados: O grupo psoríase diferiu do grupo base quanto a razão de sexo com predomino do masculino (razão=0,7:1; p=0,047); maior idade média 42,1±1,9 anos (contra 34,1±1,4 anos no grupo base, p=0,023); fototipos I e II (p=0,020); menor nível de instrução e renda média mensal e contato intradomiciliar com tuberculose menos freqüente (p=0,001). Os grupos também diferiram quanto à positividade do teste do PPD (maior no grupo base; p=0,001). O teste T-SPOT.TB apresentou sensibilidade e especificidade de 9,1% e 95,5%, no modelo 1, 27,3% e 60%, no modelo 2, e valores de 60% e 53,3%, respectivamente no modelo 3. Foi no modelo 1 do grupo psoríase que o teste TSPOT. TB mostrou a maior concordância e o maior valor de Odds Ratio ponderado pelo teste de Mantel-Haenszel, tendo esses dois parâmetros significância estatística, quando comparados aos outros dois modelos. Conclusões: O teste T-SPOT.TB apresentou maior capacidade de diagnosticar casos negativos para tuberculose latente, constituindo-se numa opção para triagem de pacientes na instituição de terapêutica com imunobiológicos.
Título em inglês
Assessment of T-SPOT-TB test for the diagnosis of latent tuberculosis infection in patients with psoriasis
Palavras-chave em inglês
Immunossupression
Latent tuberculosis
Psoriasis
Therapeutic
Tumoral necrosis factor
Resumo em inglês
Introduction: The therapy for psoriasis was modified by the introduction of immunebiological products that allow better disease control and better quality of life for patients, but promotes increased risk forf latent tuberculosis, requiring diagnosis shortly before its establishment. Purpose: To assess the performance of T-SPOT.TB test for the diagnosis of latent tuberculosis infection in patients with psoriasis. Methods: Within a experimental, prospective, analytic, clinical assay type study, with comparison of groups, to validate a diagnostic test, 33 patients with psoriasis (psoriasis group) and 30 patients with other dermatological diseases (basis group), attempted at General Dermatology and Psoriasis Out-patients Departments of Recife's Dermatological Studies Center of Santa Casa de Misericórdia, from February to November 2009, were submitted to PPD and TSPOT. TB tests. For both groups, we admitted 18 years as minimal age for inclusion. The exclusion criteria included disease ou physiological conditions that compromised immunological competence, except psoriasis to psoriasis group. We used Mantoux technique for PPD test and a simplified variant of Enzyme-Linked Immunospot technique to determine effector T cells, secretors of IFN-g in response to M. tuberculosis specific antigens, to T-SPOT.TB test. Dependent variables were the results of T-SPOT.TB test against ESAT-6 and CPF-10 antigens, and the results to PPD test, considering enduration of 0-4 mm as non reactor; 5-10 mm weak reactor and ≥ 10 mm, strong reactor. Independent variables were age, sex, skin color, psoriasis evolution time, occupation, history of intradomiciliar contact and income, alcoolism and disease grade. Three models, comparing T-SPOT.TB test to PPD test, intradomiciliar contact and both, were submitted to Qui Squared test or Exact Fisher Test, at significance level of 0.05, as well as to Mantel- Haenszel test. The research has been approved by Ethics Committee of Universidade Federal de Pernambuco e Universidade de São Paulo. Results: Psoriasis group differed from base group on sex ratio with predominance of male gender (rate=0.7:1; p=0,047), major mean age (42,1 ± 1.9 years against 34,1 ± 1.4 years in basic group, p = 0,023) phototypes I and II (p = 0,020); lower scholarship, income and less frequent intradomiciliar contact with tuberculosis (p = 0,001). The groups also differed on the positivity of PPD test (greater in base group; p = 0,001). T-SPOT.TB test had sensibility and specificity of 9,1% and 95.5%, in model 1; 27,3% and 60%, in model 2, and values of 60% and 53,3% respectively in model 3. Model 1 showed greater concordance and highest value of Odds Ratio test weighted by Mantel-Haenszel test, having these two parameters statistical significance when compared to the other two models. Conclusions: T-SPOT.TB test had great ability to diagnose negative cases for latent tuberculosis, and constitutes an option for screening patients to immunobiological therapy administration.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-08-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.