• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2005.tde-19032007-093446
Documento
Autor
Nome completo
Ana Paula Gomes Meski
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Cuce, Luiz Carlos (Presidente)
Belda Junior, Walter
Kadunc, Bogdana Victoria
Título em português
Estudo comparativo da pele pré- e pós-quimioabrasão para tratamento de rítides da região perioral: avaliação clínica e imuno-histoquímica
Palavras-chave em português
Abrasão química/métodos
Ácido tricloroacético/uso terapêutico
Dermabrasão/métodos
Envelhecimento da pele
Face/cirurgia
Imunohistoquímica/métodos
Resumo em português
Atualmente existem vários tratamentos para melhorar a aparência da pele com fotoenvelhecimento. A quimioabrasão é uma dessas técnicas, consiste na associação de esfoliação química com ácido tricloroacético a 35%, seguida por dermabrasão. O ácido tricloroacético facilita a dermabrasão por promover coagulação das proteínas da pele, tornando-a mais friável. Além disto, produz um branqueamento na pele que está relacionado ao seu grau de penetração, auxiliando a uniformização da profundidade atingida com a dermabrasão. A técnica de dermabrasão utilizada neste estudo, foi manual com lixas d?água, por ser indicada para tratamento de regiões da face, como a perioral, pois não evidencia os limites entre as regiões tratadas ou não. Trata-se de um lixamento graduável, sendo mais profundo sobre as rítides e mais superficial na periferia da região tratada. Foram estudadas 12 pacientes submetidas à quimioabrasão para o tratamento de rítides periorais. Após 30 dias, observou-se atenuação das rugas e melhora da textura da pele, em todas as pacientes. Após um ano, os resultados se mantiveram ou ficaram clinicamente melhores. Foi realizado um estudo comparativo da quantificação das células de Langerhans e expressões da molécula de adesão intercelular-1, do antígeno da classe II do complexo principal de histocompatibilidade (HLA-DR), dos linfócitos CD4+ e CD8+ na pele, antes e 30 dias após a realização da quimioabrasão. Todas as pacientes apresentaram redução da quantidade das células de Langerhans, após 30 dias (p=0,002). Não se observou diferença estatisticamente significante para os outros elementos celulares estudados. A diminuição da quantidade das células de Langerhans justificaria o desenvolvimento de infecção por herpes simples, em três pacientes, mesmo sem apresentarem antecedente pessoal para a doença. Este trabalho mostra que as células de Langerhans, mesmo com a reepitelização completa da pele, mantêm-se em menor número, 30 dias após a realização de quimioabrasão.
Título em inglês
Chemabrasion for perioral wrinkles treatment: clinical and immunohistochemical an alysis of the skin
Palavras-chave em inglês
Chemexfoliation/methods
Dermabrasion/methods
Face/surgery
Imunohistochemistry/methods
Skin aging
Trichloroacetic acid/therapeutic use
Resumo em inglês
At the latest years, the interest in improving the appearance of the photoaged skin has increased considerably. Chemabrasion is an effective procedure that alleviates many facial cutaneous disorders like photodamage and wrinkled skin. This is a combined procedure of 35% trichoroacetic acid chemical peel associated with manual dermabrasion with drywall sanding screen. The trichoroacetic acid coagulates skin proteins and promotes a more uniform depth of the dermabrasion. The technique of manual dermasanding takes little skill factor, causes no splatter, provides uniformly pleasant results, and leaves no sharp lines of demarcation. It is indicated for the treatment of subunits of the face. Twelve patients with actinic damage of the perioral skin have undergone chemabrasion. Improvement in rhytides and skin texture were observed in all patients after 30 days and one year. This study also evaluated the expression of CD1-a positive Langerhans cells, ICAM-1, HLA-DR and CD4+ and CD8+ cells, before and one month after the surgery. Significant difference in the expression of anti-CD1a was detected between the two comparison groups, before and after chemabrasion. After 30 days, the Langerhans cells were reduced in all patients (p=0,002). The results of the expression of HLA-DR, ICAM-1, CD4+ and CD8+ cells before and after the surgery had no statistically different significance. After chemabrasion, three patients had herpes virus infection. The resurfacing techniques can cause immunological impairment, which justifies the high incidence of bacterial and virus infections in the skin, after these treatments.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AnaPaulaGMeski.pdf (1.16 Mbytes)
Data de Publicação
2007-04-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.