• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2007.tde-06022007-141742
Documento
Autor
Nome completo
Raquel Keller
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Belda Junior, Walter (Presidente)
Castro, Luiz Guilherme Martins
Velho, Paulo Eduardo Neves Ferreira
Título em português
Estudo clínico e histopatológico das cicatrizes de acne em pacientes fototipo II-V após irradiação com o laser Nd:Yag 1064 nm
Palavras-chave em português
Acne vulgar
Cicatriz
Colágeno
Lasers
Técnicas histológicas
Resumo em português
Introdução: As cicatrizes de acne representam um problema difícil para médico e paciente. Os tratamentos das cicatrizes atróficas, embora numerosos, têm sido dificultados pelas inadequadas respostas clínicas e prolongados períodos de pós-opératório. O tratamento com os lasers não-ablativos tem mostrado significante efeito na remodelação do colágeno com mínimos efeitos colaterais pós-tratamento. Objetivos: Avaliar a eficácia e segurança do laser Nd:Yag 1064 nm no tratamento das cicatrizes de acne. Casuística e Método: Doze patientes (fototipo II-V) apresentando cicatrizes de acne, moderadas a severas, foram submetidos a cinco sessões mensais com o laser Nd:Yag 1064 nm (120J/cm2, pulso triplo, 7.0/7.0/7.0 milisegundos de duração e intervalo entre os pulsos de 75 milisegundos). Os pacientes foram avaliados por três dermatologistas, através de fotografias digitais que foram tiradas antes, no meio do tratamento e 6 meses após o último tratamento realizado. Avaliações histológicas de biópsias cutâneas foram obtidas antes do tratamento e 1 mês após a última sessão. A quantificação das fibras colágenas e elásticas, por área, antes e depois do tratamento foi feita pela morfometria com a análise de imagens analisadas por computador (método digital). A satisfação do patiente usando uma escala de graduação foi obtida no final do estudo. Resultados: Melhora suave a moderada foi observada depois dos cinco tratamentos na maioria dos pacientes estudados. A avaliação objetiva comparando as fotografias antes e depois do tratamento revelou melhora cosmética visível em 11 dos pacientes. A quantificação das fibras colágenas pela morfometria mostrou aumento delas após o tratamento, com significância estatística. Os efeitos colaterais foram limitados a um eritema transitório e suave, além de um aumento na sensibilidade da pele logo após o procedimento. Conclusões: O laser Nd:Yag 1064 nm é uma técnica não-ablativa, segura e eficaz para o tratamento das cicatrizes de acne. Ele pode ser usado em peles escuras e se constitui numa alternativa para pacientes que não desejam passar por um longo período de recuperação e estão satisfeitos com resultados menores que os obtidos com as técnicas de resurfacing
Título em inglês
Non-ablative 1064 nm Nd:Yag in the treatment of facial atrophic acne scars in patients with skin types II-V: histological and clinical analysis
Palavras-chave em inglês
Acne vulgaris
Cicatrix
Collagen
Histological techniques
Lasers
Resumo em inglês
troduction: Post-acne scarring is a very distressing and difficult problem for both physicians and patients. Atrophic scar revision techniques, although numerous, have been hampered by inadequate clinical responses and prolonged postoperative recovery periods. Nonablative laser treatment has shown significant effect on dermal collagen remodeling with minimal posttreatment side effects. Objectives: To study the efficacy and safety of the nonablative 1064 nm neodymium: yttrium-aluminum-garnet (Nd:Yag) laser in the treatment of facial atrophic scars: a histological and clinical analysis. Casuistry and Method: Twelve subjects (skin phototypes II-V) with mild to severe atrophic facial acne scars received five-monthly treatment with 1064 nm Nd:Yag laser (120 J/cm², triple pulse, 7.0/7.0/7.0- millisecond pulse duration, 75-millisecond delay). Patients were evaluated by using digital photography that were taken before treatment, in the middle of the treatment and 6 months after the last treatment was performed. Histologic evaluations of cutaneous biopsies were obtained before treatment and 1 month after the last session.The quantification of collagen and elastic fibers, per area, was carried out through the use of morphometry before and after the treatment, with image analysis by computer (digital method). Patient satisfaction surveys and clinical assessment by three dermatologists using a standard grading scale were obtained at the end of the study. Results: Mild to moderate clinical improvement was observed after the series of five treatments in the majority of patients studied. Objective assessment of scar improvement by comparing baseline to posttreatment photographs reported visible cosmetic improvement in eleven patients. All patients were satisfied with the treatment. The collagen quantification, per morphometry, showed a statistically significant increase after treatment. Side effects were limited to mild transient erythema and an increase in skin sensibility after the procedure. Conclusions: The 1064 nm Nd:Yag laser is a safe and effective nonablative modality for the treatment of atrophic scars. It can be safely used in darker skin. It could be an alternative in pacients who do not want a long downtime recovery and are satisfied with less significant results than those obtained by the resurfacing techniques
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
RaquelKeller.pdf (3.72 Mbytes)
Data de Publicação
2007-02-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.