• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.1992.tde-26102005-155504
Documento
Autor
Nome completo
Nivaldo Alonso
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1992
Orientador
Banca examinadora
Pinto, Walter Soares (Presidente)
Gemperli, Rolf
Souza, Luiz Carlos Manganello de
Viterbo, Fausto
Zumiotti, Arnaldo Valdir
Título em português
Estudo comparativo entre enxertos autólogos de crânio e de crista ilíaca. Correlação entre dados macroscópicos e dados histológicos - estudo experimental em coelhos
Palavras-chave em português
COELHOS
CRÂNIO
ESTUDO COMPARATIVO
ÍGLIO
TRANSPLANTE AUTÓLOGO
Resumo em português
O autor estudou comparativamente, em coelhos, enxertos autólogos retirados do crânio e da crista ilíaca. Os animais foram divididos em dois lotes, crânio e crista ilíaca e a seguir distribuídos em três grupos diferentes, de acordo com o tempo de incorporação do enxerto ósseo. Foram correlacionados as medidas das dimensões e peso do enxerto com os achados histológicos realizados após o sacrifício do animal. O autor observou que o enxerto autólogo de crista ilíaca apresentou maior reabsorção que o de crânio aos sessenta dias. O enxerto autólogo de crânio iniciou a formação óssea mais precocemente que o enxerto de crista ilíaca
Palavras-chave em inglês
COMPARATIVE STUDY
ILIUM
RABBITS
SKULL
TRANSPLANTATION AUTOLOGOUS
Resumo em inglês
The author compared cranial and iliac crest autogenous bone grafts using an experimental model in rabbits. 57 animals were studied and divided in three different groups, according with the time of evaluation, of the bone graft, 18, 30 and 60 days after the first procedure. Before being positioned on the nasal bone and fixed with a screw, the bone grafts were measured and weighted. The same measures were done at the time of removal of the bone graft and all these datas were correlated with the information achieved with histomorphometric parameters of osteogenesis (bone volume, osteoid volume, osteoid surface, osteoblastic surface and osteoid thickness) and of bone resorption (osteoclastic surface and resorption surface). The author concluded: the relation final wight/inicial weight in the cranial bone grafts was greater than in the iliac crest bone grafts; the osteogenesis was smaller on the 18th day in the iliac crest bone grafts group than the control group; the osteogenesis was greater in the cranial bone grafts group than the iliac crest bone grafts group on the 18th and 30th day after bone grafting; the bone resorption was greater in the iliac crest bone grafts group than the cranial bone grafts group after 60 days; the presence of superficial osteogenesis was increased in the cranial bone grafts.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Nivaldoalonso.pdf (81.00 Mbytes)
Data de Publicação
2006-01-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.