• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2017.tde-06012017-093421
Documento
Autor
Nome completo
Tania Marie Ogawa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Scholz, Jaqueline Ribeiro (Presidente)
Laurindo, Francisco Rafael Martins
Almeida, Marcia Furquim de
Franken, Roberto Alexandre
Título em português
Internação e mortalidade por doença cardiovascular e cerebrovascular no período anterior e posterior à lei antitabaco na cidade de São Paulo
Palavras-chave em português
Acidente vascular cerebral
Admissão do paciente
Infarto do miocárdio
Leis
Meio ambiente
Mortalidade
Política anti fumo
Resumo em português
Introdução - As leis de restrição ao fumo têm sido amplamente difundidas pelo mundo principalmente na última década. Estudos prévios e meta análises têm demonstrado uma redução nas taxas de infarto do miocárdio após a vigência dessas leis. Entretanto, para a população latino-americana, as informações ainda são escassas. Na primeira fase deste estudo foi demonstrada a implementação bem sucedida da lei anti fumo na cidade de São Paulo, com uma redução expressiva nos níveis de monóxido de carbono em restaurantes, bares e casas noturnas. Objetivo - Avaliar se a implementação da lei anti fumo na cidade de São Paulo em 2009 foi associada a uma redução nas taxas de mortalidade e internação hospitalar por infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral. Métodos - Foi realizado um estudo de séries temporais mensais entre janeiro de 2005 e dezembro de 2010. Os dados foram provenientes do DATASUS, o principal sistema de informação pública de saúde disponível no Brasil e do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM). A análise foi realizada utilizando o método Auto-regressivo, Integrado e de Médias Móveis com variáveis exógenas (ARIMAX), modelado por variáveis ambientais e poluentes atmosféricos para avaliar as taxas de mortalidade e internação hospitalar antes da lei e prever os eventos após a lei. Também foi realizada análise utilizando o método de Análise de Séries Temporais Interrompida (ITSA), em conjunto com o ARIMAX, para comparar o período anterior à lei, o momento em que entrou em vigor e o período após a lei. Resultados - Foi observada uma redução nas taxas de internação hospitalar (-5.4% nos primeiros 3 meses após a lei) e mortalidade (-11.9% nos primeiros 17 meses após a lei) por infarto do miocárdio com o método ARIMAX e uma redução na taxa de internação hospitalar (-7,4% entre o 7º e o 12º mês após a lei) e mortalidade (-5,3% nos primeiros 17 meses após a lei) por acidente vascular cerebral, com a mesma metodologia. Conclusão - As taxas de internação hospitalar e mortalidade por infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral foram reduzidas após o início da vigência da lei anti fumo
Título em inglês
Hospital admission and mortality rate for acute myocardial infarction and stroke before and after the enactment of the smoking ban law in São Paulo city
Palavras-chave em inglês
Environment
Laws
Mortality, Patient admission
Myocardial infarction
Smoke-free policy
Stroke
Resumo em inglês
Background - Smoking restriction laws have spread worldwide during the last decade. Previous studies and meta-analyses have shown a decline in the community rates of myocardial infarction and/or heart attack after enactment of these laws. However, data are scarce about the Latin American population. In the first phase of this study, we reported the successful implementation of the law in São Paulo city, with a decrease in carbon monoxide rates in places like restaurants, bars, and nightclubs. Objective - To evaluate whether the 2009 implementation of a smoking ban law in São Paulo city was associated with a reduction in rates of mortality and hospital admissions for myocardial infarction and stroke. Methods - We performed a time series study of monthly rates of mortality and hospital admissions for acute myocardial infarction and stroke from January 2005 to December 2010. The data were derived from DATASUS, the primary public health information system available in Brazil and from Mortality Information System (SIM). Adjustments and analyses were performed using the Autoregressive Integrated Moving Average with exogenous variables (ARIMAX) method modeled by environmental variables and atmospheric pollutants to evaluate the mortality and hospital admission rate before the law and forecast events after the law. We also used Interrupted Time Series Analysis (ITSA) in conjunction with ARIMAX to compare the period before the law, the moment of implementation of the law, and the period after the law. Results - We observed a reduction in hospital admission rate (-5.4% in the first 3 months after the law) and mortality rate (-11.9% in the first 17 months after the law) for myocardial infarction with ARIMAX method. We observed a reduction in hospital admission rate (-7,4% between the 7th and the 12th month after the law) and mortality rate (-5,3% in the first 17 months after the law) for stroke with ARIMAX method. Conclusions - Hospital admission rate and mortality rate for myocardial infarction and stroke were reduced after the smoking ban law was implemented
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-01-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.