• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2007.tde-04102007-123401
Documento
Autor
Nome completo
Elisabeth Salvatori Ficker
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Vinagre, Carmen Guilherme Christiano de Matos (Presidente)
Chacra, Ana Paula Marte
Martinez, Tania Leme da Rocha
Rodrigues, Maria Rita
Trombetta, Ivani Credidio
Título em português
Efeitos do treinamento físico sobre a remoção plasmática de nanopartículas lipídicas que se ligam a receptores de LDL e sobre a oxidação da lipoproteína, em indivíduos hipercolesterolêmicos
Palavras-chave em português
Descritores: exercício físico
hipercolesterolemia
lipídeos
lipoproteínas: LDL
nanopartículas
oxidação
Resumo em português
A hipercolesterolemia é o maior fator de risco para doença arterial coronária e é responsável por um número significante de doenças e mortes. Há evidências que o exercício físico diminui o risco cardiovascular exercendo efeitos benéficos sobre os fatores de risco, incluindo o metabolismo lipídico. Mudanças que ocorrem no metabolismo da LDL podem não ser detectadas através das dosagens rotineiras de lípides plasmáticos. Portanto, avaliamos os efeitos do exercício físico no metabolismo de uma nanoemulsão lipídica artificial com comportamento metabólico semelhante ao da LDL. Foram avaliados 12 indivíduos hipercolesterolêmicos sedentários (H) e 12 indivíduos normolipidêmicos sedentários (N) que foram submetidos a treinamento durante 4 meses. Nos grupos controle, foram estudados 8 indivíduos hipercolesterolêmicos sedentários controle (HC) e 8 indivíduos normolipidêmicos sedentários controle (NC) que não realizaram exercício físico. A emulsão marcada com éster de colesterol -14C (EC-14C) foi injetada endovenosamente. Amostras de sangue foram coletadas em tempos prédeterminados (5 min, 1, 2, 4, 6, 8, 24 horas) após a injeção, para determinação da radioatividade, das curvas de decaimento plasmático e cálculo da taxa fracional de remoção (TFR) dos lípides marcados, por análise compartimental. As avaliações foram feitas antes e após o protocolo de treinamento físico e nos grupos controle foram realizadas 2 avaliações, sendo a segunda 4 meses após a primeira. No grupo H, as concentrações plasmáticas de colesterol total e LDL-c diminuíram (5%, p= 0,0334 e 14%, p= 0,0058), respectivamente, enquanto que, HDL-c, TFR-EC-14C e lag time aumentaram (13%, p= 0,0142; 36%, p= 0,0187; 37%, p= 0,0039), respectivamente após o treinamento físico. No grupo N, a concentração plasmática da HDL foi maior (15%, p= 0,0243), após o treinamento. Nos grupos HC e NC os parâmetros avaliados foram semelhantes. Portanto, o exercício físico acelera a remoção plasmática da LDL em indivíduos hipercolesterolêmicos, indicado pela maior TFR-EC-14C. Este efeito pode ser um dos mecanismos pelos quais o exercício previne a doença arterial coronária.
Título em inglês
Effects of exercise training on plasma removal of lipidic nanoparticle which binds to LDL receptors and on lipoprotein oxidation, in hypercholesterolemic individuals
Palavras-chave em inglês
Exercise training
Hypercholesterolemia
Lipids
Lipoproteins: LDL
Nanoparticles
Oxidation
Resumo em inglês
Hypercholesterolemia has become one of the major risk factors for arterial coronary disease. As such, it is also responsible for a significant number of diseases and deaths. Evidence suggests that physical exercise can, in fact, decrease the risk of cardiovascular diseases by exerting beneficial effects upon the risk factors, including lipid metabolism. The changes that do occur in LDL metabolism are generally not detected by routine clinical laboratory plasma lipid exams. In the present study, the effects of physical exercise on the metabolism of an artificial lipidic nanoemoulsion with similar LDL metabolic behavior were analyzed. 12 hypercholesterolemic sedentary individuals (H) and 12 normolipidemic sedentary individuals (N) were studied. These 24 participants were submitted to a routine training program during a 4-month period. The control group was divided into two groups: one of 8 hypercholesterolemic sedentary individuals (CH) and the other with 8 normolipidemic sedentary individuals (CN) which did not partake in any exercise program. An emulsion labeled with 14Ccholesteryl ester (14C-CE) was endovenously injected into all 4 groups. Blood samples were collected at pre-determined periods (5 min, 1, 2, 4, 6, 8 and 24 hours) after the injection of the emulsion, in order to determine the radioactivity of the plasma decay curves and calculate the fractional clearance rate (FCR) of the labeled lipids for compartimental analysis. Evaluations were made before and after the exercise training protocol. The control groups under went 2 evaluations, the second one 4 months after the first evaluation. In the H group, total cholesterol and LDL-c plasma concentrations decreased (5%, p=0.0334 and 14%, p=0.0058), respectively. HDL-c, 14C-CE-FCR and lag time, on the other hand, increased (13%, p=0.0142; 36%, p=0.0187; 37%, p=0.0039) after exercise training. HDL plasma concentration for the N group was higher (15%, p=0.0243), after exercise training. In groups CH and CN the parameters evaluated were similar. Therefore, exercise accelerates the removal of LDL plasma in hypercholesterolemic individuals as indicated by a higher 14C-CE-FCR. This effect can thus be one of the mechanisms by which exercise can prevent arterial coronary disease.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-10-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.