• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2013.tde-31012014-121057
Documento
Autor
Nome completo
Gabriela Rodella de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Rezende, Neide Luzia de (Presidente)
Citelli, Adilson Odair
Martin, Vima Lia de Rossi
Salgueiro, Maria Amélia Dalvi
Tinoco, Robson Coelho
Título em português
As práticas de leitura literária de adolescentes e a escola: tensões e influências
Palavras-chave em português
Aluno - Formação
Ensino médio
Leitura - Estudo e ensino
Literatura - Ensino
Resumo em português
Esta tese tem por objetivo descrever, analisar e interpretar as práticas de leitura literária de adolescentes que frequentam a escola. Para tanto, optou-se por uma pesquisa de caráter exploratório realizada com alunos do primeiro ano do ensino médio matutino de quatro escolas paulistas, duas da rede pública estadual e duas da rede particular, três delas situadas na capital e uma delas pertencente à região metropolitana da cidade de São Paulo. A coleta dos dados, realizada nos estabelecimentos escolares no segundo semestre de 2011, se deu por meio da articulação entre questionários com perguntas fechadas e abertas respondidas por 289 alunos e entrevistas realizadas com 63 desses alunos em aproximadamente cinco horas de gravações. A análise dos dados evidencia: 1) o forte apelo da cultura de massa presente nas práticas de leitura literária de best-sellers que os adolescentes de todos os extratos sociais escolhem fazer por conta própria; 2) a tensão existente entre os estudantes e a leitura dos livros requisitados pela escola causada pela obrigatoriedade, pelas dificuldades encontradas de ordem linguística ou de intelecção e pelos prazos e avaliações implicados nessas leituras; 3) a desconsideração, por parte dos agentes escolares, das leituras que os alunos praticam espontaneamente; 4) a demanda por uma mediação adequada para a leitura dos livros indicados pela escola por parte dos alunos; 5) a influência do nível socioeconômico e de formação das famílias de origem dos estudantes no que tange aos espaços e tempos disponíveis para a prática da leitura e ao acesso tanto no que refere ao objeto livro de modo geral, como à literatura considerada legítima dentro do campo literário. Observa-se, assim, o modo como a escola interfere na formação de leitores literários, tendo sido possível vislumbrar caminhos para o ensino da leitura literária para os adolescentes de hoje. A análise dos dados relativos ao que prende esses jovens nas leituras que praticam por conta própria e ao que os distancia da leitura dos clássicos escolares foi realizada à luz de conceitos da Psicologia Social (S. Moscovici); da História Cultural do Livro e da Leitura (R. Chartier); da Sociologia da Leitura (P. Bourdieu, B. Lahire, C. Baudelot, M. Cartier e C. Detrez); da crítica literária (H. R. Jauss, W. Iser, U. Eco, S. Fish, J. P. Paes, M. Sodré e S. Reimão); e das pesquisas sobre ensino de literatura e de leitura literária (J. M. Goulemot, A. Rouxel, V. Jouve, M. Butlen, M. T. F. Rocco, A. Vieira, C. Leahy-Dios, W. R. Cereja, M. Z. Versiani Machado, M. P. Pinheiro, N. L. Rezende, entre outros).
Título em inglês
Literary reading practices by adolescents and the school
Palavras-chave em inglês
High school
Student education
Studying and teaching of reading
Teaching literature
Resumo em inglês
This dissertation aims at describing, analyzing and interpreting the literary reading practices by adolescents that are registered in schools. Therefore, an exploratory research was conducted with students from the first year of Ensino Médio High School in four schools in São Paulo, two at the public system and two private, three of them in the capital and one in the metropolitan area of São Paulo. The data collection was conducted in the schools during the second semester of 2011 and it was arranged through open-ended and closed questionnaires answered by 289 students and interviews made with 63 of those students including approximately five hours of recordings. The data analysis shows: 1) the strong appeal of mass culture present in the best-sellers in which adolescents from all social extracts choose to read on their own; 2) the existing tension between the students and the required reads demanded by the school caused by the obligation, the linguistic and comprehension difficulties and the deadlines and evaluations implied by these reading; 3) the disregard from the school agents of the readings made by the students; 4) the need of an adequate mediation for the reading of the required books for the students; 5) the influence of the socioeconomic level and the students families backgrounds regarding the spaces and time available for the practice of reading and access both as for the book as an object in general and as for what is considered legitimate literature inside the literary field. It is observed, thus, the way in which the school interferes in the training of readers, making it possible to see ways for the teaching of literary reading for the adolescents today. The analysis of the data related to what keeps the teenagers reading on their own and to what distances them from reading the school classics was carried out in the light of the concepts of social psychology (S. Moscovici); cultural history of the book and reading (R. Chartier); sociology of reading (P. Bourdieu, B. Lahire, C. Baudelot, M. Cartier and C. Detrez); literary criticism (H. R. Jauss, W. Iser, U. Eco, S. Fish, J. P. Paes, M. Sodré e S. Reimão); and research on the teaching of literature and literary reading (J. M. Goulemot, A. Rouxel, V. Jouve, M. Butlen, M. T. F. Rocco, A. Vieira, C. Leahy-Dios, W. R. Cereja, M. Z. Versiani Machado, M. P. Pinheiro, N. L. Rezende and others).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-02-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.