• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2006.tde-30012013-135022
Documento
Autor
Nome completo
Vivian Batista da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Catani, Denice Barbara (Presidente)
Barbosa, Raquel Lazzari Leite
Gatti Junior, Decio
Nóvoa, António Manuel Seixas Sampaio da
Sousa, Cynthia Pereira de
Título em português
Saberes em viagem nos manuais pedagógicos: construções da escola em Portugal e no Brasil (1870-1970)
Palavras-chave em português
Difusão mundial da escola
Educação comparada
História da educação brasileira
Leituras para professores
Manuais pedagógicos
Resumo em português
Nesta tese de doutorado foram tomados como objeto de análise os livros usados pelos normalistas quando eles estudaram as questões relativas ao ofício de ensinar. Chamados aqui de manuais pedagógicos, esses textos começaram a ser publicados em períodos muito próximos em Portugal e no Brasil. A primeira edição encontrada datou de 1870 e outras foram sendo produzidas durante um século, aproximadamente, quando os livros passaram por transformações significativas em seu conteúdo e materialidade. Nesse período, eles apresentaram uma síntese do que se considerou ser o melhor da bibliografia usada pelos educadores. Isso porque seu intuito foi iniciar os estudantes no trabalho docente, reunindo, de forma fácil e acessível à leitura realizada pelos futuros professores, as referências nucleares para realizar tal atividade. Assim organizados, esses conhecimentos fundamentaram os modos pelos quais a escola foi concebida, pois explicaram as características dos vários elementos de sua cultura, compreendendo não só o papel do professor, como também a estrutura organizacional da escola, as tarefas do aluno e os métodos para conduzir a aula. Esses aspectos formaram uma espécie de gramática do ensino, difundida nas mais diversas partes do mundo e que não foi pensada como a modalidade mais apropriada, mas sim como a única forma imaginável de escolarização. Uma expansão como essa articulou-se à circulação intra e internacional de conhecimentos produzidos em diversos espaços, épocas e áreas de saber, os quais foram usados pelos profissionais da educação para construírem as suas proposições sobre o ensino. As lógicas desse processo de produção e apropriação de idéias foram examinadas aqui a partir da metáfora da viagem feita pelas referências usadas em diferentes lugares e momentos. Em outras palavras, isso assinalou que os conhecimentos viajaram através dos manuais pedagógicos, quando eles citaram idéias de outros autores, encontradas em outras obras, feitas em vários países do globo. Por isso, a tese examinou e comparou as referências mencionadas nas produções portuguesas e brasileiras, com o objetivo de conhecer quais informações foram selecionadas e como as mesmas foram articuladas ao se construírem as representações sobre a escola. Assim, a história dos manuais pedagógicos elaborada na presente tese atentou para os modos pelos quais eles produziram saberes e colaboraram para difundir o modelo de escolarização entre os professores.
Título em inglês
Journey made by knowledge in pedagogic manuals: constructions of school in Portugal and Brazil (1890-1970)
Palavras-chave em inglês
Compared education
history of Brazilian education
History of teachers' readings
Pedagogic manuals
Worldwide expansion of school
Resumo em inglês
The aim of this doctoral thesis is to analyze textbooks used in teacher education that dealt with issues of teaching. They are referred here as pedagogic manuals and began to be published in the same period in Portugal and Brazil. The first edition found is from 1870 and other were produced during the next century, when these books had significant changes in their content and materiality. In this period the manuals presented a synthesis of the best of the bibliography used by educators. Their goal was to initiate students in the teaching job, gathering, in an easy and accessible way, the fundamental references to the work. Organized in this way, this knowledge supported the ways in which school was conceived, because it explained the characteristics of the various elements of its culture, including not only the role of the teacher, but also the organization of the school, students tasks and the methods of conducing a classroom. These aspects became a kind of teaching grammar, that spread to many regions of the world. This grammar was thought as the only imaginable way of schooling. Such an expansion was linked to the national and international circulation of knowledge, which was produced in several areas and times, and was used by the education professionals to build their own propositions on teaching. The logics of these processes of production and appropriation of ideas were examined here using the metaphor of the journey made by the references, when they were used in different places and moments. In another words, we show that the knowledge traveled through the pedagogic manuals when they quote authors and ideas found in another countries. That's the reason why, in this thesis, the references found in the manuals from Portugal and Brazil were examined and compared: trying to understand which information was selected and how they were used to build representations on the school. So, the history of pedagogic manuals built in this work dealt with the ways they produced knowledge and contributed to diffuse the schooling model among teachers.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
VIVIANBATISTA.pdf (2.53 Mbytes)
Data de Publicação
2013-01-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.